PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-3.gif

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Deputado Roberto Costa volta a perder as estribeiras e o seu “só sei que nada sei” não cola mais



Desde o afastamento de Zé Vieira (PP) do cargo de prefeito de Bacabal, ocorrido na última sexta-feira (10), a assessoria do deputado estadual Roberto Costa (PMDB), candidato derrotado pelo pepista na eleição municipal, insiste em desmentir, por meio de blogs da capital, que ele esteja por trás da armação orquestrada com o objetivo de causar instabilidade administrativa, como atrasos de salários, bloqueios de contas bancárias e, consequentemente, tornar inviável o retorno do prefeito legitimamente eleito pela vontade popular.

Revelação

No entanto, nesta terça-feira (14), uma publicação do site Atual 7 escancarou o que quase todo mundo sabia e a oposição tentava esconder. A matéria que teve como base o Diário de Justiça Eletrônico do TSE diz que “A coligação do deputado estadual Roberto Costa (PMDB) encartou petições no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em que informa o trânsito em julgado de um recurso especial no Superior Tribunal de Justiça (STJ), contra o prefeito afastado de Bacabal, Zé Vieira (PP)”.

Em outra publicação o deputado estadual Roberto Costa (PMDB) aparece em um flagra, na manhã desta terça-feira (14), dando uma dura no colega de plenário, Edilázio Júnior (PV), que é genro da desembargadora Nelma Sarney.
Roberto teria cobrado de Edilázio os motivos que levaram a sogra desembargadora a recolocar o prefeito Zé Vieira no comando da Prefeitura de Bacabal. “De que lado vocês estão? Sei que essa decisão teve uma intervenção sua”, teria dito o peemedebista e o que mais uma vez comprova que o real interessado em destronar Zé Vieira do cargo cada dia mais perde as estribeiras quando se vê diante de situações que não lhes são favoráveis.

Roberto também tem tido reações reprováveis até quando tem motivos para comemorar, como na última sexta-feira, quando o parlamentar estadual usou grupos de WhatsApp para atacar moralmente Zé Vieira e a primeira-dama Patrícia Vieira.
Roberto Costa também destilou seu veneno na direção de um vereador aliado do prefeito.
Correndo atrás

Horas após o fato ganhar repercussão extremamente negativa, seus assessores trataram, sem sucesso, reverter a situação alegando que Roberto havia apenas devolvido os insultos. Obviamente que, ainda assim, não se justificam tamanhas grosserias. Pegou mal!

Glória efêmera

As investidas judiciais de Roberto Costa contra Zé Vieira afastaram o prefeito do cargo, mesmo que temporariamente, entretanto, não têm tido nenhum efeito concreto para o parlamentar já que é o vice-prefeito Florêncio Neto (PHS) quem ocupa atualmente o cargo e, mesmo diante de especulações, tem sido categórico ao afirmar: “Zé Vieira é e continuará sendo meu grande líder. Não haverá mudanças de secretários e nem de diretrizes. O governo de ordem e respeito segue em frente, mesmo contrariando a oposição derrotada nas urnas”, disse Florêncio.

Devaneios

Nos devaneios de Roberto Costa até instituições tidas como apartidárias acabam, mesmo que indiretamente, sendo envolvidas, como a Câmara Municipal de Bacabal e a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil.

No primeiro caso o vereador Edvan Brandão (PRB), presidente do legislativo bacabalense, faz daquele poder uma extensão da cozinha de Roberto Costa e, onde, ele é o que menos manda.

Já no que tange a OAB em Bacabal, a falta de empatia entre dois advogados que defendem os interesses do deputado peemedebista e um apresentador de TV, foi transformada em uma celeuma desnecessária e teatral, tendo, inclusive, ido parar na delegacia.

Na audiência marcada para acontecer entre as partes, na tarde da última segunda-feira (13), advogados que prestam serviço, já prestaram e/ou são correligionários do grupo político que Roberto Costa integra, também estiveram reunidos na sala do delegado com o pretexto de prestar apoio aos colegas Dr. Walber Neto e Drª Anna Cibele.

LEIA TAMBÉM:

Apresentador Israel Braga rebate nota da Subseção da OAB e alerta advogados sobre possível uso da entidade para fins políticos


Em entrevista especial ao Jornal Pequeno, Zé Vieira diz que é vítima de perseguição em Bacabal


Imprensa da capital denuncia ida de André Campos à sede do TJMA para negociar nova decisão desfavorável a Zé Vieira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...