PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-3.gif

terça-feira, 17 de outubro de 2017

VÍDEO: Assassino de irmãos maranhenses diz que matou porque estava sendo traído



O assassino dos irmãos maranhenses Darc Souza Queiroz, de 24 anos, e Abner Calebe de Souza Nascimento, de 20, mortos por dezenas de facadas, no município de Patos de Minas, onde estudavam após deixar Grajaú, contou em entrevista como cometeu os crimes e alegou ter sido traído por Darc, sua ex-esposa.

Pedro Queiroz Gonçalves, de 29 anos, tem uma filha de dois anos e nove meses com a vítima.
Os irmãos maranhenses foram morar em Patos de Minas para estudar no Centro Universitário. Darc Souza (recebeu 26 facadas), cursava psicologia, enquanto Abner Calebe de Souza Nascimento (recebeu 24 facadas), era aluno de engenharia elétrica. A terceira vítima da tragédia, Damáris Nascimento (recebeu 20 facadas), que segue internada, cursa engenharia ambiental na mesma instituição.

ENTENDA O CASO:

Irmãos que sairam do Maranhão para estudar em Minas Gerais são esfaqueados por mais de sessenta vezes; dois morreram e criminoso confessou autoria em grupo de WhatsApp

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...