PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-1.gif

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Florêncio Neto tomará posse como prefeito, mas nega conversa com senador João Alberto. "mentira das grandes!", disse



Indefinição é a palavra que atualmente define a política bacabalense. Sem prefeito de direito desde a última sexta-feira (27) quando o presidente do legislativo municipal, vereador Edvan Brandão (PRB), declarou a vacância do cargo, a cidade vive um clima de apreensão quanto ao seu futuro administrativo.

Enquanto os seus opositores comemoram, o grupo de Zé Vieira (PP), por considerar a decisão monocrática arbitrária, tenta reverte-la através do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). A expectativa era que isso ocorresse ainda no final de semana no plantão da Justiça estadual, período em que são recebidas apenas demandas urgentes, nas esferas cível e criminal, incluindo pedidos de habeas corpus, mandados de segurança, medidas cautelares (por motivo de grave risco à vida e à saúde das pessoas), decretação de prisão provisória, entre outros.

Como isso não aconteceu os holofotes se voltaram para a Câmara Municipal onde logo mais, a partir das 10 horas, deverá ser realizada Sessão Extraordinária para dar posse ao vice-prefeito Florêncio Neto (PHS) que, ainda no sábado (28), quando foi convocado pela primeira vez, disse, através do blog, ser contrário a decisão do presidente Edvan Brandão.

Depois disso o vice-prefeito não foi mais visto e nem se comunicou publicamente, fato que levantou a hipótese que ele, enfim, assumiria o cargo de prefeito.

Agora há pouco, o Blog do Sérgio Matias conseguiu manter contato com Florêncio Neto que confirmou que comparecerá para tomar posse, mas, afirmou com todas as letras, jamais ter conversado com o senador João Alberto (PMDB) para tratando dessa questão. “Essa matéria do jornalista Abel Carvalho citando que houve uma conversa minha com o senador é puro engodo, mentira das grandes”, disse.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...