Corpo encontrado em matagal era do jovem Daniel, de 29 anos, morador de São Luís Gonzaga

16/10/2017
Daniel ao lado da mãe.
Antônio Daniel Oliveira da Silva, de 29 anos, morador do bairro Trizidela, em São Luís Gonzaga do Maranhão, teria sido visto vivo pela última vez, na segunda-feira (9), em uma localidade conhecida como Prainha, naquele município, quando, segundo informações, foi colocado dentro de uma caminhonete Toyota/Hilux, de cor preta.

Quatro dias depois, por volta das 8 horas, moradores do povoado Baixinha se depararam com o corpo da vítima já em decomposição, em um matagal.
Devido o estado do corpo não foi possível tirar nenhuma conclusão sobre a causa da morte, e o mais surpreendente é que, de acordo com informações, a vítima foi sepultada sem que fosse feita a autópsia, procedimento médico que consiste em examinar um cadáver para determinar a causa e modo de morte e avaliar qualquer doença ou ferimento que possa estar presente.

Daniel, como era mais conhecido, fazia uso de remédio controlado e também era usuário de drogas, porém, populares ouvidos pelo blog o classificaram como uma pessoa de bem.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: