PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-3.gif

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Consumo excessivo de droga e álcool é preponderante para aumento da violência em Bacabal



Com informações do 15º BPM
A violência que campeia os grandes centros também toma conta de cidades de menor porte, como, lamentavelmente, é o caso de Bacabal, que, nos últimos dias, tem registrado aumento no número de crimes. São homicídios, tentativas de homicídios, furtos, roubos, além de outras práticas delituosas.

Na grande maioria das vezes o consumo de drogas e do álcool está entre as motivações ou, pelo menos, é fator preponderante para que os crimes aconteçam.
Na noite desta segunda-feira (30) o acerto de contas entre jovens e adolescentes resultou em duas tentativas de mortes. Uma registrada na rua Paulo Campos, bairro Almiro Paiva, onde a vítima foi Antonio Charles dos Santos Silva, de 20 anos, e, posteriormente, na rua Amazonas, bairro Pedro Brito, onde Wesley da Silva Moura, de 18 anos, também foi ferido.

Os dois foram encaminhados ao Hospital Regional Laura Vasconcelos e não correm risco de morte.

Homicídio

No sábado (28) Siqueira Campos de Oliveira de Araújo, de 43 anos de idade, morador da rua Maranhão Sobrinho, foi assassinado a golpes de faca, por volta das 17 horas, em um bar localizado no cruzamento das ruas 10 de Novembro com Filomeno Parga, bairro Esperança, em Bacabal.

Segundo informações repassadas pela polícia, Siqueira bebia em companhia de um irmão de nome Luís. No local também bebia o acusado, identificado como Wildson Leitão Gomes, de 30 anos, morador da rua José Bonifácio, bairro  Esperança, quando, repentinamente, houve um desentendimento e Luís, irmão de Siqueira, teria agredido Wildson com uma faca.

Wildson teria reagido e conseguido tomar a faca de Luís e após desarmá-lo, investiu contra Siqueira, aplicando no mesmo uma profunda facada na parte abdominal.
Siqueira morreu no local e sua cintura foi encontrada uma faca.

Ao ver o irmão morto, Luís teria corrido para pedir auxílio a parentes, enquanto Wildson tratou de fugir do local, mesmo ferido. Devido aos ferimentos Wildson acabou caindo na 2ª Travessa Tavares de Moura, sendo socorrido por populares que acionaram o SAMU e a Polícia Militar.

Segundo informações, quando os parentes da vítima tiveram conhecimento que o acusado estaria caído na citada rua, foram até o local, porém, a Polícia Militar já se fazia presente, evitando qualquer ação dos parentes.
A viatura do SAMU foi escoltada até o Hospital Regional Laura Vasconcelos, onde Wildson foi atendido e constatado que não corria risco de morte. Ele foi detido pela guarnição da Polícia Militar e apresentado na Delegacia do 1º Distrito Policial para os trâmites que o caso requer.

Todas as informações estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

Participaram da ação o Sargento PM Valdeci, os Cabos PM Lucena e Vieira e o Soldado PM Alves.

Idoso agredido

Na manhã de domingo (29) o caso mais grave teve como vítima um idoso de 77 anos, identificado como Francisco, agredido a socos e pontapés por dois meliantes que invadiram sua residência, na rua Santa Teresinha, bairro da Areia, para subtrair seus pertences.
O aparelho de TV do idoso foi levado pelos criminosos.

A Policia Militar fez incursões pela área na tentativa de localiza-los, porém, não obteve êxito.

LEIA TAMBÉM:

Homem mata vizinho, tenta fugir, mas é agarrado e agredido por populares em Bacabal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...