PUBLICIDADE

Super_Banner_Blog_Sergio_Matias_900x430_v1
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNER-outubro-2.gif

Tribunal do Júri condena réus por crimes praticados em 2007 e 2008, em Bacabal


A 1ª Vara de Bacabal está divulgando os resultados de duas sessões do Tribunal do Júri realizadas na unidade judicial. Os réus foram Jurandir Bispo da Silva (júri realizado no dia 12), e Leandro Teixeira Sotero (júri realizado dia 13). De acordo com informações da secretaria judicial, os dois casos foram de tentativa de homicídio, mas no segundo júri foi desclassificado para lesão corporal grave. As sessões foram presididas pela juíza Vanessa Ferreira Lopes.

No primeiro caso, Jurandir Bispo estava sendo acusado de tentar contra a vida de Lourival de Jesus Garros Silva, em crime ocorrido na data de 15 de agosto de 2008. O acusado disparou três tiros contra Lourival, acertando somente um. Jurandir estava bebendo em um bar quando a vítima passou em uma bicicleta, levando uma criança na garupa.

O acusado levantou-se e, sem motivo aparente, apontou a arma para Lourival de Jesus e efetuou os disparos. Jurandir Bispo da Silva foi considerado culpado pelo conselho de sentença e recebeu a pena de 8 anos e 4 meses de prisão, a ser cumprida em regime fechado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

O outro julgamento teve como réu Leandro Teixeira Sotero. Ele estava sendo acusado de tentativa de homicídio, depois desqualificado para crime de lesão corporal, praticado contra João Pereira, em 27 de março de 2007. Ele assumiu que atingiu João com uma facada, no meio de uma briga. Leandro recebeu a pena de 2 anos de reclusão, a ser cumprida em regime aberto.

Nos julgamentos, o Ministério Público foi representado pela promotora de Justiça Ana Carolina Cordeiro de Mendonça Leite, e a defesa de ambos os acusados foi feita pelo Defensor Público Davi Passos Lucena.
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Arquivo

Rádio Timbira

ESPAÇO PSICOPEDAGOGO

ESPAÇO PSICOPEDAGOGO

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BANDEIRA 2

BANDEIRA 2

AGORA BACABAL

AGORA BACABAL

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ALUGADORA VISUAL

ALUGADORA VISUAL

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE