Publicidade

Banner-728-x-90.gif
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNERS-fevereiro-2018-4.gif

CAFÉ COM SABOR AMARGO: Em pé de guerra, grupo de Roberto Costa troca acusações enquanto alimenta falsas esperanças



Sob o pretexto de comemorar o aniversário de um dos presentes, o grupo político do candidato a prefeito derrotado Roberto Costa (PMDB) se reuniu para um café na manhã deste sábado (30).

Em clima de euforia, eles na verdade comemoravam as últimas decisões desfavoráveis na justiça  ao prefeito de Bacabal, como a cassação de seu diploma. Muito embora Zé Vieira (PP) permaneça no cargo a intenção de Roberto Costa é convencer seu séquito que, caso o Tribunal Regional Eleitoral mantenha a decisão da Drª Daniela de Jesus Bonfim Ferreira, Juíza da 13ª Zona Eleitoral do Maranhão, ele assumirá por ter sido o segundo colocado, possibilidade que há muito tempo o próprio TSE fez questão de descartar.

Ciente

Roberto Costa não é tolo, ele não alimenta mais essa esperança, seu intuito é tão somente evitar que seus correligionários que ainda restam escapem por entre os dedos e, pelo que se tem visto nas últimas semanas, ele terá que agir muito rápido.

Boicote

No café da manhã deste sábado a maioria dos vereadores que fazem parte do bloco oposicionista na câmara e que, ate onde se sabe, ainda são seus aliados, não se fez presente e nem mandou justificativa.

Todos na verdade estão em pé de guerra, uns com os outros, e com o próprio Roberto Costa.

Entenda o caso

Tudo começou na sessão realizada na quarta-feira (27) quando a maioria absoluta dos vereadores de oposição aprovou projeto de lei enviado ao legislativo pelo prefeito Zé Vieira. Isso foi o bastante para Coronel Egídio Amaral e Manuel da Concórdia, os únicos que foram contra, detonarem com os colegas no parlamento e nas redes sociais.

No mesmo dia, Coronel Egídio se utilizou de um blog para taxar como “ato covarde” a atitude dos colegas de bancada. “O pior ainda estava por vir. O vereador ainda no plenário Jocimar Alves de Sousa foi informado que a sua fala dificilmente será reprisada pela emissora  TV Difusora, que aliás, pertence ao grupo do deputado estadual Roberto Costa, o que caiu como uma bomba, uma vez ser a TV Difusora um canal que “faz oposição”  a atual gestão municipal”, diz um trecho da publicação.

Fogo amigo

Leal à Roberto Costa, a vereadora Natália Duda (PMDB) também foi alvo de críticas e acusações de aliados. Além de alguns afirmarem em grupos de WhatsApp ter havido o pagamento de propina, a vereadora foi atacada pelo cabeleireiro Ivan Delgado, simpatizante de Roberto Costa, que, em um vídeo postado na internet, disse: “eu fiquei mais assustado quando eu vi a vereadora Duda votar a favor dessa lei, que decepção. Vereadora, logo a senhora, que decepção para Bacabal ter uma vereadora como a senhora fazendo um ato criminoso como esse, a propina deve ter sido muito alta”.
Já o vereador Serafim Reis (PMDB) tido por eles como o mais combatente de todos, baixou a guarda e não esconde de ninguém sua insatisfação. Tem dito a aliados que se sentiu desamparado pelo grupo quando era atacado pela população nos canais de TV.

Essa situação foi só uma pequena parte de toda a confusão que ainda rola, principalmente nos bastidores.

Conclusão

Roberto Costa, que, inclusive, já desistiu de concorrer a reeleição de deputado estadual, terá, se quiser ser prefeito de fato, além de disputar no voto o cargo novamente (isso caso a Justiça Eleitoral decida pela realização de um novo pleito), juntar os cacos do seu grupo, que apesar de minúsculo, se transformou numa espécie de “gaiola das loucas” ou se preferir, “torre de babel”.
Compartilhar:

DE VOLTA PRO ACONCHEGO: Vídeo despretensioso postado por internauta em rede social mostra a nova realidade de Bacabal



Ruas e avenidas do centro de Bacabal
livres dos buracos.
É bem provável que boa parte da população dos mais de 5 mil municípios brasileiros sinta dificuldades quando a questão é trafegabilidade por ruas e avenidas, pois, em muitos casos, as vias são tomadas por buracos, como já foi o caso de Bacabal.

A realidade começou a mudar, e nem faz muito tempo, já quando o prefeito Zé Vieira assumiu o mandato há apenas 8 meses.

Durante esse período muito se tem visto falar das melhorias e, de fato, estão acontecendo. As ruas e avenidas do centro da cidade, por exemplo, hoje têm outro aspecto.

Além do que a imprensa já tem divulgado, um vídeo despretensioso gravado por um professor de educação física, de dentro do seu veículo, quando retornava de viagem, comprovou que os buracos no centro são mesmo coisa do passado.

As imagens começaram a ser feitas perto do Centro Cultural, mais precisamente no início da rua Osvaldo Cruz. O passeio estava tão tranquilo que o professor arriscou cantarolar trechos da música que tocava ao fundo. “De Volta Pro Aconchego”, interpretada por Elba Ramalho e Dominguinhos, foi a trilha da transmissão feita ao vivo pelo Facebook, por volta das 7h40, da última quarta-feira (27).

O vídeo é longo, são quase 10 minutos, e, enquanto o veículo cruzava a cidade de uma ponta a outra, não foi possível observar nas ruas um único buraco sequer. Da rua Osvaldo Cruz, passando pelo bairro Ramal, retornando ao centro pela rua Dias Carneiro, até chegar ao Recanto das Palmeiras (próximo a avenida João Alberto) tudo estava, como se diz, “só o tapete”, o que obviamente contribuiu para que o motorista curtisse com toda a tranquilidade e segurança o final da viagem.
Compartilhar:

Juíza eleitoral acata denúncia da coligação de Roberto Costa e cassa diploma de Zé Vieira; defesa garante que prefeito de Bacabal permanece no cargo



Na tarde desta sexta-feira (29) o grupo político que faz oposição ferrenha e doentia a Zé Vieira (PP), prefeito de Bacabal, voltou a ficar eufórico em virtude da Drª Daniela de Jesus Bonfim Ferreira, Juíza da 13ª Zona Eleitoral do Maranhão, julgar procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral e declarar a inelegibilidade do atual secretário municipal de educação, Carlos Gusmão; do ex-prefeito José Alberto Veloso; e dos atuais prefeito e vice-prefeito de Bacabal, Zé Vieira e Florêncio Neto, decretando sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos próximos 8 anos subsequentes à eleição municipal que aconteceu em outubro de 2016.

No caso do prefeito e do vice-prefeito, a juíza também cassou seus diplomas, fato, que, os advogados e a própria sentença esclarece que cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral. Outro detalhe que a defesa faz questão de salientar é que Zé Vieira e Florêncio Neto permanecerão nos seus respectivos cargos até que a questão tenha seu desfecho em instâncias superiores.

Para que não haja dúvidas, vale ressaltar que esse caso não está diretamente ligado ao recurso eleitoral que tramita no Tribunal Superior Eleitoral e que trata do indeferimento da candidatura do prefeito eleito. São casos distintos, pois, essa Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi ajuizada pela coligação "Bacabal Rumo ao Futuro", que teve como candidato a prefeito o deputado estadual Roberto Costa (PMDB).

A coligação autora, por meio de seu representante, alega o cometimento de atos de abuso de poder político, praticados durante a campanha eleitoral por Carlos Gusmão e, indiretamente, pelo prefeito José Alberto Veloso, à época secretário de educação e prefeito de Bacabal, em favor das candidaturas de Zé Vieira e Florêncio Neto.

A alegação da coligação de Roberto Costa é que no dia 17 de julho de 2016, o secretário convocou os servidores lotados na pasta da educação para uma reunião extraordinária a portas fechadas, supostamente, autorizada pelo então prefeito, a qual foi gravada por um dos presentes. Diz que na reunião o secretário ordenou aos servidores que comparecessem à convenção do partido político ao qual José Alberto Veloso era filiado, e avisou que caso não acatassem a decisão do prefeito em apoiar à candidatura de Zé Vieira, seriam desvinculados da secretaria.

Defesa

Zé Vieira e Florêncio Neto argumentaram ena defesa que a gravação ambiental clandestina em que se fundamenta a presente ação de investigação judicial é prova ilícita e não se presta à comprovação de ilícito eleitoral, pois foi realizada sem prévia autorização judicial e sem o conhecimento prévio daqueles que foram gravados sem saber, o que viola diretamente suas intimidades. Dizem que a presente ação está baseada unicamente nesse áudio, prova ilícita não admitida pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Os dois alegam que não houve o cometimento de qualquer ilícito e que o próprio secretário em sua fala deixa claro que, em um programa de televisão local, o prefeito à época deu uma declaração afirmando que os funcionários da prefeitura teriam plena liberdade para escolha dos candidatos em disputa, o que mostra que não houve direcionamento político por parte da administração municipal, no sentido de apoiar este ou aquele candidato.

Asseguram que o secretário, durante a reunião, apenas manifestou o quadro eleitoral em disputa na cidade e que não houve nenhuma orientação da administração municipal tendente a quebra da igualdade entre os candidatos. Sustentam que há inconsistência quanto à data dos fatos, pois segundo a coligação representante, a reunião aconteceu no dia 17 de julho de 2016, mas nessa data Zé Vieira e Florêncio Neto sequer haviam sido escolhidos em convenção partidária, e o próprio prefeito José Alberto Veloso, ainda cogitava lançar-se para a reeleição, conforme matérias de sites jornalísticos anexadas aos autos pelos investigados.

Ainda assim, como já foi dito, a Juíza achou por bem julgar procedente a denúncia da coligação do candidato a prefeito derrotado, deputado estadual Roberto Costa.

Zé Vieira, prefeito eleito pela vontade soberana do povo, afirma que confia na justiça dos homens e, sobretudo, de Deus, e que continuará firme exercendo com muita garra o mandato que lhe foi confiado, pela terceira vez, diga-se de passagem.

No final da tarde desta sexta-feira (29) a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bacabal emitiu nota sobre a decisão da Juíza da 13ª Zona Eleitoral.

NOTA

Em relação a decisão proferida pela Drª Daniela de Jesus Bonfim Ferreira, Juíza da 13º Zona Eleitoral de Bacabal, que julgou procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Bacabal informa que, assim que forem notificados da decisão monocrática de primeira instância, o prefeito e o vice-prefeito que tiveram seus diplomas cassados, irão recorrer, nos respectivos cargos, junto às instâncias superiores (TRE / TSE).

Que, o prefeito Zé Vieira e o vice-prefeito Florêncio Neto se mantêm firmes, tranquilos e certos que a justiça será feita em favor da garantia dos direitos democráticos que norteiam a Constituição Federal e que diz que o poder emana do povo.

Israel Diego Oliveira Braga
Assessor de Comunicação
Prefeitura Municipal de Bacabal.

LEIA TAMBÉM:

Roberto Costa desiste de disputar a reeleição para deputado estadual



Vereadores de Bacabal deixam de realizar sessão na Câmara para irem à Brasília acompanhar julgamento no STJ




Compartilhar:

Fogo em terreno próximo a lojas do centro assusta comerciantes de Bacabal



A ação rápida e eficiente da equipe do 6º Batalhão de Bombeiros Militar conseguiu evitar que algumas lojas do centro de Bacabal fossem atingidas pelas chamas que tiveram início, na manhã desta sexta-feira (29), em um terreno que na avenida Francisco Marques (Bambu) e que vai até por trás do Boticário e outros estabelecimentos comerciais, na praça Silva Neto.

A fumaça forte atingiu grande altura e chamou a atenção de comerciantes e clientes que chegaram a temer pelo pior, mas, felizmente, o fogo foi controlado e não oferece mais perigo.
A causa ainda está sendo apurada.

O registro  acima foi feito por Cleber Lima que gentilmente cedeu ao blog.
Compartilhar:

Irmãs são flagradas com peças de roupas furtadas em loja


As irmãs Andreza Moura da Conceição, de 23 anos, e Lilyana Moura da Conceição, de 19, moradoras do povoado Alto Fogoso, zona rural de Bacabal, foram flagradas com peças de roupas que haviam acabado de furtar de uma loja de departamentos, na rua Getúlio Vargas.

Elas foram abordadas pelos seguranças quando deixavam o estabelecimento. As duas foram entregues à polícia e apresentadas na Delegacia do 1º Distrito Policial.

As 3 blusas furtadas foram recuperadas.
O repórter Romário Alves esteve na permanência e conversou com elas,  que disseram ter vindo à sede do município para receber o benefício do Bolsa Família e, então, resolveram fazer umas “compras”.
Compartilhar:

Polícia Militar detém homem que praticou furto em comércio e que já havia cometido o mesmo crime no SAMU de Bacabal



Gilmar Felix de Sousa, de 29 anos, morador do bairro Presídio, foi detido por uma guarnição da Polícia Militar, por volta das 6h15 da manhã desta sexta-feira (29), após furtar vários produtos da Val Sat, uma loja de material para informática localizada na rua 28 de Julho, centro, em Bacabal.

Para ter acesso ao estabelecimento, Gilmar pulou muros de alguns quintais da rua Dr. Paulo Ramos, que fica praticamente por trás. Ele foi encaminhado para a Delegacia do 1º Distrito Policial e o material que havia sido furtado foi todo recuperado.
Há exatamente uma semana, Gilmar havia sido detido dentro do prédio do SAMU, na rua Florêncio Monteiro, suspeito de furtar pertences de funcionários (reveja abaixo). Na ocasião ele ainda chegou a ser agredido por populares.

As informações foram repassadas ao blog pelo cinegrafista Erik Sousa (TV Nova Esperança) e pelo apresentador Samuel David (TV Difusora).
Compartilhar:

Educação e justiça fundamentam curso na Uema, em Bacabal


A Escola de Direito, do Instituto Valor e Verdade, abre inscrição para a primeira turma do curso Educação e Justiça, que será realizado no campus de Bacabal, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). A data do curso será marcada, logo após o fechamento das vagas.

Para se inscrever mande um whatsapp para (98) 99152–1058.

Voltado para estudantes e profissionais do direito, pedagogia, administração e áreas afins, o minicurso tem como objetivo mostrar as relações entre a justiça, a educação e o cotidiano. O curso, que terá carga horária de 5 horas, será conduzido pelo jurista, professor e pesquisador Michael Lima.

Segundo ele, a justiça não é somente alcançada numa última instância dos tribunais. “Devemos reconhecer que a justiça também acontece mediante o viver correto cotidiano dos indivíduos. Esse viver correto não vem do acaso, mas está ligado diretamente com a formação de cada indivíduo, com a educação”, afirma.

O minicurso que tem previsão para ocorrer em outubro integra o programa de estudos jurídicos da Escola de Direito, do Instituto Valor e Verdade. Ainda este ano será realizado o curso Justiça e prática jurídica. “Neste segundo curso, falaremos de como a prática jurídica atualmente, que se utiliza de uma verdade instrumental, trazendo descrédito e lentidão aos órgãos que dizem o que é ‘justo’ dentro da sociedade”, explica o professor.

Diretor do Instituto Valor e Verdade, Michael Lima é jurista e professor. Atualmente, conclui o mestrado em Direito e Instituições do Sistema de Justiça pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Com formação em Filosofia (Mackenzie), ele é ainda especialista em Direito Constitucional, Filosofia e Teoria do Direito, atuando nas áreas de Filosofia do Direito, Hermenêutica e Política Jurídica.

O Instituto Valor e Verdade (IVV) é uma entidade de pesquisa e estudos nas áreas de ciências jurídica, filosófica e literária, que atua em São Luís, Maranhão. Iniciado em 2007 como um grupo de estudos, consolidou-se como um instituto em julho de 2016. O Instituto tem a missão de pesquisar e promover os conteúdos investigados, através de publicações e diálogos.
Compartilhar:

Radialista Osvaldo Maya passal mal e permanece internado em São Luís



O radialista Osvaldo Maya se sentiu mal na manhã desta quinta-feira (28) quando estava em casa e, por precaução, foi à Unidade de Pronto Atendimento, no bairro Vinhais, em São Luís, onde reside atualmente.

Devido as dores no peito e o gosto amargo na boca, a suspeita era que o radialista estivesse sofrendo um princípio de infarto, o que foi descartado após exames, porém, ele deverá ser submetido a um cateterismo, procedimento utilizado para diagnosticar ou tratar doenças cardíacas.

Informações já da manhã desta sexta-feira (29) dão conta que o radialista permanece internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Vinhais, em São Luís, mas deverá ser transferido nas próximas horas para a Clinica Pro Cardio, onde será submetido a um cateterismo.

Osvaldo Maya ainda chegou a apresentar pela manhã o programa ‘Passando a Limpo’, na Rádio Difusora AM.

Bacabalense, por muitos anos atuou no jornalismo local trabalhando em praticamente todas as emissoras de rádio e TV.
Compartilhar:

Rapaz é encontrado morto próximo a lixão e com três perfurações de faca, em Bacabal



O corpo de um homem foi encontrado por populares, na tarde desta quinta-feira (28), próximo a um lixão, na área na Vila da Paz, em Bacabal.

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local averiguando o caso e identificou a vítima como sendo João Fabrício Cardoso de Sousa, de 28 anos, morador do mesmo bairro, e que seria usuário de drogas.

Foram constatadas pelo menos três perfurações de faca pelo corpo. Uma pessoa que mora nas proximidades relatou que chegou a ouvir gritos pedindo socorro, mas até o momento não se sabe quem cometeu o crime e por quais razão.
No dia 13 de agosto deste ano a vítima havia se envolvido em uma confusão quando acabou sofrendo algumas lesões de faca sem gravidade, desferidas por um desafeto que, de acordo com o próprio João Fabrício, lhe devia a quantia de R$ 30,00 (trinta reais) e se aborreceu ao ser cobrado.

Na oportunidade, João Fabrício chegou a ser conduzido para a delegacia e lá concedeu entrevista ao repórter Romário Alves. Reveja abaixo.
Todos os detalhes sobre o caso você terá nesta sexta-feira (29), a partir das 6h15, no programa Bandeira 2, com Romário Alves, e, ao meio-dia, no Na Hora D, com Samuel David (TV Difusora).
Compartilhar:

NOTA DA PREFEITURA DE BACABAL


Por ser praticamente impossível conter os boatos gerados em decorrência da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), desfavorável ao atual prefeito de Bacabal, José Vieira, a Prefeitura Municipal de Bacabal vem a público se manifestar para esclarecer alguns pontos, que, inclusive já foram divulgados pela imprensa, e com isso evitar a instabilidade política no município bem como a desenfreada euforia da oposição atual governo que insiste em usar questões jurídicas e partidárias para inviabilizar as ações administrativas do governo municipal.

1- O processo julgado na tarde de quarta-feira (27) não tira o prefeito Zé Vieira do cargo, muito menos influencia negativamente no processo de mérito no TSE, que decidirá sobre a questão eleitoral que envolve o prefeito de Bacabal.

2- Esse mesmo acórdão cabe recursos no próprio STJ, e a declaração de transitado e julgado só será feita caso o Supremo Tribunal Federal confirme as decisões anteriores sobre o caso de suposta improbidade administrativa.

3- O vice-prefeito não assumirá a Prefeitura de Bacabal.

4 - O caso de Bacabal só será decido quando o pleno do Tribunal Superior Eleitoral julgar o mérito do caso.

O prefeito de Bacabal Zé Vieira reitera a sua convicção de que permanecerá no cargo por ter sido eleito democraticamente pela maioria dos votos e por ter certeza que nunca cometeu nenhum ato ilícito que possa lhe tirar o direito de colocar seu nome a disposição da apreciação popular, como foi feito.

A Prefeitura de Bacabal segue funcionando normalmente e todas as suas secretarias municipais atuando no sentido de cumprir as metas do governo de cuidar das pessoas e trazer dias melhores à sociedade bacabalense.

Israel Diego Oliveira Braga
Assessor de Comunicação
Prefeitura Municipal de Bacabal.
Compartilhar:

Deputado Carlinhos Florêncio visita a Secretaria de Assistência Social em Bacabal


Na manhã desta segunda-feira (25) o deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) visitou os colaboradores da Secretaria Municipal de Assistência Social em Bacabal, ele foi recebido pela secretária Fábia Braga, e pôde conhecer o trabalho desenvolvido pela pasta.

Durante o encontro, Carlinhos Florêncio se inteirou sobre a situação da Assistência Social do Município, obtendo informações sobre os programas que vem sendo aplicados pela gestora da Semas.

Hoje vários projetos estão sendo realizados, onde vem garantindo os direitos sociais dos bacabalenses, com ações constantes nos centros de referência, presentes em vários bairros, com o apoio do prefeito Zé Vieira e dos governos do Estado e Federal. 

Na oportunidade, o deputado destacou o trabalho desenvolvido pela prefeitura de Bacabal através da secretária Fábia Braga. “Hoje estamos visitando a Secretaria de Assistência Social a convite da nossa amiga, secretária Fábia Braga, e pude perceber o empenho dela e de toda a equipe para oferecer aos bacabalenses os programas que ajudam a melhorar os índices de desenvolvimento do nosso município, todos estão de parabéns pelo excelente trabalho”, Disse Carlinhos.
Compartilhar:

Polícia Civil estoura 'boca de fumo' em Lago Verde



Denúncias anônimas de populares motivaram a operação policial onde investigadores da 16ª Delegacia Regional de Bacabal conseguiram estourar mais uma ‘boca de fumo’, desta vez em Lago Verde.

No final da tarde desta quarta-feira (27) eles estiveram na rua Padre Vieira, centro daquele município e, na residência de Cristiane Nascimento Sousa, de 39 anos, que funciona como ponto de venda, foram apreendidas 21 pedras de crack, 1 pequena porção de maconha e a quantia de R$ 635,50 (seiscentos e trinta e cinco reais e cinquenta centavos).

No local foi detido Marcos Paulo, filho da proprietária que, segundo informações, é a responsável pela droga. Ela não foi encontrada.
Marcos Paulo e tudo que foi apreendido na operação foram trazidos para Bacabal e todos os detalhes você terá nesta quinta-feira, a partir das 6h15, no programa Bandeira 2, e, ao meio-dia, no Na Hora D, com Samuel David (TV Difusora).
Compartilhar:

Resultado desfavorável no STJ não tira Zé Vieira do cargo; é mais um blefe da oposição



O Superior Tribunal de Justiça (STJ) finalmente analisou nesta quarta-feira (27) embargos de divergências que consideraram transitada em julgado ação em que Zé Vieira foi condenado por improbidade administrativa e que, no entanto, teve em decisão posterior seu efeito suspenso.

O recurso foi julgamento e, por unanimidade, o Pleno decidiu por revogar a suspensão, fato que logo em seguida já foi parar nas redes sociais. Como sempre, através do grupo político derrotado na última eleição para prefeito e que deste então vem implantando inverdade na tentativa de ludibriar a população bacabalense. Os mais empolgados chegam até, pasmem, a afirmar coisas como “ZÉ VIEIRA CAIU”, “GANHAMOS NO STJ”, “DEVE SER AFASTADO”, algo que não se sustenta, pois ainda caberá recurso ao próprio STJ e também ao Supremo Tribunal Federal (STF).

E MAIS: Não tem efeito no que tange o cargo ocupado por Zé Vieira, ou seja, ele continuará a exercer o mandato dado democraticamente pelo povo. 
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o é a única instância que terá o poder de decidir se o resultado da última eleição para prefeito será mantido ou se haverá de ter novo pleito.

Compartilhar:

Policial militar de folga evita assalto a micro-ônibus e bandido é morto ao resistir à prisão


Policial militar (foto de arquivo) e o assaltante
morto ao reagir.
O Comando do 15º BPM tem louvado a ação do policial militar, SD PM Genilson da Conceição Lima, por ter no último sábado (23), por volta das 14 horas, mesmo estando de folga, evitado mal maior, quando no momento em que estava se deslocando para São Luís, para assumir seu serviço, estando em um micro-ônibus, próximo ao povoado Matinha, zona rural do município de Alto Alegre do Maranhão, na rodovia BR-316, embarcaram dois indivíduos que, com armas de fogo em punho, prontamente anunciaram o assalto.

Muito exaltados, violentos e aparentemente drogados, ambos chegaram, inclusive, a lesionar a cabeça de dois passageiros.

O Soldado Genilson, vendo a situação e mesmo com o risco de perder a própria vida, deu voz de prisão a dupla, que reagiu efetuando disparos na sua direção. Ao revidar, o soldado acabou acertando um dos assaltantes enquanto o outro empreendeu fuga.
Nenhuma passageiro se feriu com gravidade.
Marcas de tiros ficaram nos vidros do veículo.
O assaltante ferido ainda tentou correr, mas acabou tombando à alguns metros e já fora do veiculo. Ele, posteriormente, foi identificado como Elilson dos Santos Lira, que, segundo a polícia, era de alta periculosidade, assaltante contumaz, homicida bastante conhecido no eixo São Mateus-Alto Alegre.

No momento em que foi morto, Elilson dos Santos usava uma tornozeleira eletrônica. Sua arma foi apreendida

Reconhecimento

Os passageiros relataram que o militar “foi um anjo que estava no ônibus”.

O Comandante do 15º BPM e seus Oficiais também louvaram o ato heroico do Soldado e destacaram que providenciarão seu devido reconhecimento, pois mesmo sendo novo na profissão militar, agiu de forma sabia, prudente, audaz e legal.
Arma de fogo usada pelo assaltante que acabou
sendo morto.
Não podemos transformar nossos policiais em pessoas acuadas e com medo de agir, com medo de responder perante a justiça, destaca-se seu ímpeto em agir diante da situação delituosa, de se expos às ruas e a seus conflitos, o Militar Genilson agiu quando a prudência normal e comum recomendam não agir, demonstrou ser um bravo guerreiro, mesmo recém ingresso nas fileiras da corporação, agiu de forma sapiente, utilizando os ensinamentos adquiridos durante sua formação militar, agiu em nome da Lei, do Estado, da Polícia Militar do Estado do Maranhão. Diante do fato, mesmo estando de folga, mostrou-se comprometido com a sociedade e com o bem comum, mesmo colocando em risco sua própria vida, não se eximiu do seu dever; ao contrario, não mediu esforços para lograr êxito na ação. Isso demonstra que o soldado é um profissional responsável, dinâmico e competente, e que não foge da luta, merecedor de reconhecimento e admiração por seus pares e subordinados, conquistando respeito de seus superiores. Desta forma, fazendo-se merecedor da presente referência elogiosa, como incentivo para que prossiga em sua carreira desenvolvendo seu trabalho com esmero e afinco, sempre guiado pela luz da legalidade. Pois o comando deste batalhão sempre prega a legalidade e justiça”, destaca o coronel Eurico Alves (comandante 15º BPM, em Bacabal).
Compartilhar:

Diretoria do SAAE de Bacabal firma parceria com SEBRAE para capacitação de servidores


Desde que assumiu o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal (SAAE) o diretor Ramon Braga tem se empenhado ao máximo para ofertar a população um atendimento satisfatório em todos os aspectos, muito embora, isso nem sempre seja possível em decorrência de muitos fatores. No caso do fornecimento de água, atualmente o órgão tem enfrentado sérias dificuldades com a escassez das chuvas e a consequente diminuição do volume d’água do Rio Mearim, de onde é feita a captação.

Por essa razão, o SAAE vem informando que essa baixa vazão fez com que os reservatórios do sistema atingissem níveis baixos de operação e que essa situação é mais crítica em setembro, outubro e novembro, pois são os meses mais secos do ano. Uma das orientações é para que a população tenha em suas residências reservatório de água.

Capacitação

Outra grande preocupação da gestão Ramon Braga/Zé Vieira tem sido quanto à questão da valorização dos servidores. Entre outras iniciativas, capacita-los para melhor atender aos usuários é uma constante e, após firmar parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), boa parte está participando do curso de "Excelência em Atendimento ao Cliente", com duração de uma semana.

Essa é uma iniciativa que promove desenvolvimento de eficiência para o atendimento ao consumidor, capacitando e, consequentemente, valorizando o quadro de funcionários de nossa empresa, algo que de minha parte é pura satisfação, pois tenho sido incansável para fazer o melhor por eles e pela população. Essa missão me foi dada pelo prefeito Zé Vieira”, disse Ramon Braga.

LEIA TAMBÉM:
Gestão Ramon Braga devolve o respeito ao SAAE que voltou a ser uma grande família


SAAE realiza campanha contra ligações clandestinas


Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Rádio Timbira

Arquivo

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCERIA

PARCERIA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE