Publicidade

Banner-728-x-90.gif
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNERS-GERAL-abril-1.gif

Menor que já havia confessado matar desafeto com cerca de trinta facadas, é suspeito de cravar punhal nas costas de outra vítima em Bacabal


'Doquinha' concedendo entrevista exclusiva ao repórter Romário Alves
na oportunidade que se apresentou na delegacia e confessou o crime
contra o flanelinha Domingos Correia, em maio de 2017.
Um crime ocorrido na noite desta terça-feira (15) só chegou ao conhecimento da Polícia Militar, por acaso, nesta quarta-feira, quando uma guarnição esteve no Hospital Regional Laura Vasconcelos para tratar de questões reverentes a outro caso.

Foi aí que os policiais ficaram sabendo que no dia anterior o elemento identificado por Michael Galvão Ericieira, havia dado entrada após o mesmo discutir com o menor de idade conhecido como ‘Doquinha’.

Michael recebeu um golpe de punhal nas costas, ficando a arma cravada em seu corpo. O crime aconteceu na rua do Sol, bairro Setúbal, em Bacabal, e a vítima foi socorrida por populares.

Apesar da gravidade, o fato não foi comunicado a autoridade policial.

‘Doquinha’, de 17 anos de idade, também é suspeito da autoria do crime de homicídio que teve como vítima o flanelinha Domingos Correia de Sousa (foto abaixo), 20 anos, ocorrido no dia 27 de maio desse ano, na rua Antonio Rodrigues, bairro Setúbal. Ele, inclusive, esteve no 2º Distrito Policial de Bacabal onde confessou ter desferido as cerca de trinta punhaladas que ceifou a vida de Domingos.
Na oportunidade disse ao delegado Jéferson Serra que estaria sendo ameaçado de morte pela vítima que já tinha tentado contra sua vida por duas vezes. ‘Doquinha’ inocentou outro menor, da alcunha ‘vovozinho’ que também estava no local do crime, mas não teria tido participação.

Segundo o menor, a vítima teria ainda tentado estuprar a sua atual namorada.

Em entrevista exclusiva concedida ao repórter Romário Alves (TV Difusora), o menor deu detalhes de como praticou o homicídio. Chegou a pedir desculpa à mãe da vítima e confessou que só resolveu se apresentar após assistir a entrevista que ela [a mãe] deu ao próprio Romário Alves pedindo justiça e lamentando a perda do filho amado. REVEJA.
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Arquivo

Rádio Timbira

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

FESTA DO TRABALHADOR

FESTA DO TRABALHADOR

ALUGADORA VISUAL

ALUGADORA VISUAL

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BANDEIRA 2

BANDEIRA 2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DA HORA

NOTÍCIAS DA HORA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE