‘Neto Robocop’ é preso em Bacabal com caminhonete clonada; ele já responde por outros crimes

04/07/2017

Júlio Compasso de Sousa Neto, vulgo ‘Neto Robocop’, 45 anos de idade, que diz residir no bairro Cohab, em Bacabal, foi preso na noite desta terça-feira (4) conduzindo um veículo clonado.

Ele já estava sendo investigado e foi abordado pela equipe comandada pelo delegado Elson Ramos,  titular da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, quando se encontrava na rua Jorge José de Mendonça (rua do Cajueiro).

O delegado revelou que o conduzido resistiu à prisão e foi necessário o uso da força, inclusive, efetuando um disparo de advertência. “Ele é uma pessoa agressiva, a gente pôde constatar isso. Foi preciso usar a força para algemá-lo”, disse Elson Ramos.

‘Neto Robocop’ afirmou que adquiriu a caminhonete Toyota Hilux, de cor prata, ano 2013/2013, placa OUB-5660, Teresina-PI, há seis meses por R$ 60 mil (sessenta mil reais), e, que, não tinha conhecimento que se tratava de um veículo clonado. A respeito da pessoa com que fez o negócio ele disse conhecer apenas de vista.

‘Robocop’ não demonstrou preocupação com sua prisão. “Cadeia é para homem, eu entro e saio pela justiça. Vou puxar cadeia perpetua?”, indagou aos repórteres.

A princípio, ele foi autuado por receptação e uma fiança foi arbitrada.
Num rápido levantamento foi possível identificar que Júlio Compasso de Sousa Neto tem uma antiga e extensa folha corrida. Em outubro de 2005, por exemplo, ele foi preso no interior de um salão de beleza, em Bacabal, acusado de fazer parte de assaltos cometidos a agências bancárias nos municípios de Buriti Bravo, Tuntum, Presidente Dutra, Grajaú e Lago da Pedra.

TV Difusora

O repórter Romário Alves acompanhou o caso e conversou com o delgado regional e o conduzido. As entrevistas irão ao ar nesta quarta-feira (5),  a partir das 6h15, no programa Bandeira 2, e, ao meio-dia, no Na Hora D, com Samuel David.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: