PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-1.gif

terça-feira, 25 de abril de 2017

Presa dupla que cometeu latrocínio em 2015, em Bacabal; a vítima foi morta por causa de um celular


São tantos os crimes que ocorrem em Bacabal que, na maioria das vezes, alguns caem no esquecimento da sociedade e causam sensação de impunidade, porém, a polícia não descansa até resolve-los.

Um exemplo foi o caso da morte de Adonias Gonçalves dos Santos, 34 anos, vítima de latrocínio ocorrido no dia 1º de dezembro de 2015, na Trav. Frederico Figueiras, no bairro Ramal, próximo ao Colégio Reis Magos.

Adonias estava, por volta das 21 horas, sentando conversando na porta da residência de um amigo quando foi atingido por dois disparos de arma de fogo. Informações da época davam conta que dois homens em uma motocicleta tentaram roubar o aparelho celular de vítima que teria reagido.

Socorrido por uma pessoa que passava pelo local, Adonias deu entrada no Pronto Socorro Municipal ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele residia no bairro Santos Dumont e trabalhava em uma academia de ginástica.

Na época uma pessoa inocente chegou a ser apontado como sendo um dos assaltantes, entretanto, foi instaurado no 1º Distrito Policial de Bacabal, sob a titularidade do delegado Bruno Figueiredo Aguiar, inquérito policial com a finalidade de apurar o delito.

Apesar de toda sociedade bacabalense já apontar possíveis autores, as informações coletadas não confirmaram as suspeitas, de modo que as investigações continuaram. No final do ano de 2016 informações essenciais foram colhidas com a ajuda da sociedade e colaboradores, entre eles Sargento Brito, tendo a autoridade policial representado pelo mandado de prisão temporária dos suspeitos Weslley Harison Lima de Souza e Samuel de Sousa Vieira, ambos de 22 anos, bem como pelo mandado de busca e apreensão na residência do genitor de Samuel, onde possivelmente estariam a motocicleta e arma de fogo utilizadas no crime.
 
Assim que os mandados foram deferidos iniciou-se intenso monitoramento (EPC Daniel Antunes e IPCs Anderson Lauro e Valdir Braga) no intuito de localizar os suspeitos, de modo que Samuel foi preso na noite desta segunda-feira (24) na cidade de Lucas do Rio Verde, no Estado do Mato Grosso, e Weslley preso na tarde desta terça-feira (25), na cidade de Palmeirândia, interior do Maranhão, com o apoio das equipes do delegado Walter de Melo Fonseca Júnior e da delegada Karla Daniele, respectivamente.

Samuel e Weslley serão recambiados para Bacabal.

TV Difusora

A equipe de reportagem da TV Difusora esteve acompanhando o desenrolar dos fatos e nesta quarta-feira (26), a partir das 6h15, serão exibidos todos os detalhes no programa Bandeira 2, apresentado por Romário Alves, e, ao meio-dia, no programa Na Hora D, com Randyson Laércio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...