PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-1.gif

segunda-feira, 6 de março de 2017

Banco da Amazônia e Bacabal


Por Junior Pacifico de Paula
Empresário e engenheiro

A história econômica de Bacabal tem uma interação total com o Banco da Amazônia, fundado em nossa cidade em 14/09/1956, foi a primeira agência bancária de Bacabal e a quinta do banco em todo Brasil.

O Basa participou de toda história econômica da nossa cidade, desde o ciclo do arroz quando Bacabal foi o maior produtor de arroz do nordeste, passou pela época das grandes indústrias de produção de óleo de babaçu, quando o Basa era financiador oficial da SUDAM (superintendência de desenvolvimento da Amazônia) até os dias de hoje, quando a nossa região se tornou uma das maiores produtoras de pecuária extensiva do estado.

O Banco da Amazônia de Bacabal, tem números superlativos, sua jurisdição atende a 25 municípios, a saber: Altamira do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão, Bacabal, Bernardo do Mearim, Bom Lugar, Brejo de Areia, Conceição do Lago-Açu, Esperantinópolis, Igarapé Grande, Lagoa Grande do Maranhão, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lago Verde, Marajá do Sena, Olho d’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Poção de Pedras, São Francisco do Maranhão, São Luís Gonzaga do Maranhão, São Mateus do Maranhão, Satubinha, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto e Vitorino Freire, possui mais de 3.000 beneficiários do INSS, tem mais de 6.000 clientes ativos / correntistas e aplica na nossa região cerca de R$ 20 milhões de reais.

Acontece que no mundo corporativo de hoje, os bancos têm que apresentar resultados grandiosos principalmente porque precisam apresentar aos seus acionistas resultados fantásticos para que suas ações sejam mais valorizadas na bolsa de valores, tanto que o Brasil possui cerca de 160 bancos e apenas cinco deles, Itaú / Unibanco (hoje o maior banco nacional), Banco do Brasil, Caixa

Econômica Federal e Santander e Bradesco representam 70% do mercado bancário do Brasil (captação de recursos, empréstimos e lucros).

Em um universo bancário onde os resultados dizem tudo, é evidente que neste sistema só sobrevivam os mais eficientes os lucros e outros indicadores financeiros determinam quais agências bancárias fecharão ou ficaram abertas, porém temos que refletir usando outros parâmetros, o Banco da Amazônia é um banco estatal, portanto antes de ser um banco comercial é um banco de fomento para o desenvolvimento regional, como conceber o fechamento de uma agência bancaria de um banco de desenvolvimento em um estado como o nosso, que junto ao estado de Alagoas, tem os piores indicadores sociais do Brasil.

É muito estranho o fechamento de agências do Basa no estado, em uma semana em que o presidente do banco o Sr. Marivaldo Gonçalves de Melo fêz o anuncio, com toda pompa que o momento exigia, que o banco da Amazônia iria disponibilizar para este ano no estado do Maranhão quantia de R$ 385 milhões, na realidade o banco da Amazônia não é apenas um banco é sim uma agência de desenvolvimento regional, uma instituição pública de fomento.

Urge então a união de todos os bacabalenses, em torno da preservação da unidade do Basa em nossa cidade, senhores políticos esqueçam suas diferenças façam uma corrente suprapartidária para pressão junto a diretoria do banco, afinal se trata de um banco estatal onde a sua presidência e toda diretoria, são nomeadas politicamente.

LEIA TAMBÉM:

PRESENTE DE GREGO! Banco da Amazônia confirma fechamento de agência em Bacabal


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...