PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 28 de março de 2017

BACABAL: Decisão do STJ não tira Zé Vieira do cargo e julgamento no TSE não tem data para acontecer


Na última quinta-feira (23) as redes sociais, sobretudo grupos do aplicativo WhatsApp com participantes de Bacabal, foram inundadas com a informação dando conta de decisão do ministro Napoleão Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferindo embargos da defesa do prefeito de Bacabal considerando transitada em julgado ação em que ele foi condenado por improbidade administrativa.

No entanto, foram acrescidos detalhes inverídicos no intuito de confundir a opinião pública e causar alvoroço.

Reproduzido também em alguns blogs, o texto fabricado pela assessoria do candidato a prefeito derrotado Roberto Costa (PMDB) diz em um dos trechos: “Por enquanto, assume o vice-prefeito, Florêncio Neto (PHS), pelo menos até uma decisão sob o ponto de vista eleitoral”.

Chamou a atenção o fato de decisão tão relevante não ter sido destacada na grande imprensa, mas também pudera. A parte que induz o leitor/eleitor a acreditar que Zé Vieira “caiu” não se sustenta na verdade, é engodo semelhante ao que garantia que o peemedebista assumiria como segundo colocado, condição que deixou de ser difundida depois de ser descartada pelo próprio Tribunal Superior Eleitoral.

Na realidade, Zé Vieira permanece no cargo e só em caso da confirmação do seu indeferimento pelo pleno do TSE é que ele deixará o cargo para que seja marcada uma nova eleição.


O julgamento do recurso ainda não tem data para acontecer e até lá tudo segue seu curso normal, ou seja, o município sendo administrado por quem venceu a disputa no voto. O mais é choro de mau perdedor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...