PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banner-OUTUBRO-valendo-1.gif

domingo, 1 de janeiro de 2017

Vereador Edvan Brandão desbanca César Brito e vence eleição da Câmara Municipal de Bacabal


Edvan Brandão e sua esposa Neide Farias.

O processo para a escolha do novo presidente da Câmara Municipal de Bacabal que há dias estava tumultuado, complicou de vez neste domingo (1º) quando da solenidade de posse dos vereadores.

Sabedor que não venceria a disputa com Edvan Brandão, César Brito patrocinou a maior lambança que o poder legislativo local já viveu. (Caso de Polícia! Diplomas de vereadores desaparecem misteriosamente do prédio da Câmara de Bacabal).

Em uma votação realizada na casa de eventos Real Place, onde aconteceu a solenidade de posse, os nove vereadores que davam apoio a candidatura de Edvan Brandão o elegeram como novo presidente.

Inconformado por não ter conseguido concretizar o desejo de assumir o comando da câmara, César Brito se reuniu com os demais vereadores e realizou uma eleição paralela onde, obviamente, foi aclamado vencedor.

Edvan Brandão

O bacabalense Edvan Brandão de Farias completará 45 anos no próximo dia 06 de março. Casado, nasceu e ainda hoje reside no povoado Bela Vista, zona rural do município.

Filho do casal Maria do Socorro e Veridiano Amaro Farias, o saudoso líder comunitário “Seu Veras”, o novo presidente da Câmara Municipal tem 10 irmãos, entre ele, Ely Brandão – ex-vereador e ex-secretário municipal.

Edvan Brandão é evangélico da Igreja Assembleia de Deus e se elegeu em 2012 para exercer seu primeiro mandato, na época, filiado ao Partido Progressista, obtendo 899 votos.

Na eleição de 2016  Edvan voltou a se eleger.

Concorrendo pela Coligação “Bacabal no Rumo Certo” ele garantiu um novo mandato com 1. 272 votos.

Na disputa pela presidência do poder legislativo ele desbancou o favoritismo do empresário César Brito (PPS) que antes mesmo da eleição já contava a vitória como certa.

Edvan teve como companheiro de chapa o peemedebista Melquiades Neto, e sua conquista se deu, além da sua conduta ilibada e da confiança dos colegas, também pelo apoio incondicional que recebeu de Dr. Almir Júnior - candidato a vice-prefeito de Roberto Costa - pessoa escolhida pelo grupo de vereadores para coordenar a articulação política em torno da candidatura de Edvan.

Não podemos esquecer que o apoio do senador João Alberto e dos deputados Roberto Costa (estadual) e João Marcelo (federal) foi de extrema relevância em todo o processo.

Outro nome importante para a vitória de Edvan Brandão é o de Manuel da Concórdia (PTN), então presidente que abriu mão de concorrer a reeleição e empunhou a bandeira da chapa do “tostão contra o milhão”.

Na votação realizada na manhã deste domingo (1º) Edvan obteve 9 votos contra nenhum de César Brito.

Veja como votou cada vereador:

01-Alex Abreu (PSC) – abstenção

02-Alberto Sobrinho (PRP) – abstenção

03-César Brito (PPS) – abstenção

04-Coronel Egídio (PMDB) – Edvan Brandão

05-Dr. Lula (PHS) – abstenção

06-Edvan Brandão (PRB) – Edvan Brandão

07-Irmão Leal (PMDB) – abstenção

08-Joãozinho Algodãozinho (SD) – Edvan Brandão

09-Jeferson Santos (PCdoB) – abstenção

10-Melquiades Neto (PMDB) – Edvan Brandão

11-Manuel da Concórdia (PTN) – Edvan Brandão

12-Natália Duda (PMDB) – Edvan Brandão

13-Reginaldo do Posto (PRP) – Edvan Brandão

14-Professor Maninho (PRB) – abstenção

15-Regilda Santos (REDE) – abstenção

16-Serafim Reis (PMDB) – Edvan Brandão

17-Venâncio do Peixe (PDT) – Edvan Brandão

Liminar

Se cair a liminar que sustenta Zé Vieira (PP) no comando do município, será Edvan Brandão que assumirá o posto até que o Tribunal Superior Eleitoral convoque eleição suplementar para prefeito ou defira o pedido de registro de candidatura do pepista que, neste caso, assumiria definitivamente até o término do mandato, em 31 de janeiro de 2020.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...