SE MORRER ENTERRA! Diz mãe que esfaqueou filho que lhe negou dinheiro para beber cachaça, em Bacabal

05/12/2016

Francisco Rosa de Sousa, de 22 anos, conhecido como “Gordinho”, foi vítima de uma facada desferida em seu peito por sua própria mãe, a idosa Marina Sousa, de 51 anos.A tentativa de homicídio ocorreu no sábado (3) no bairro Novo Bacabal, onde os dois moram com outros familiares.

Na delegacia a mãe disse não se arrepender e “se morrer enterra”. Ela disse que o filho estava ouvindo som em alto volume e quando ela reclamou Francisco teria tentado bater na sua cara e, por isso, se defendeu.

Já a esposa da vítima Karleane Ventura da Silva negou a tentativa de agressão física por parte do esposo e contou que a sogra cometeu o crime porque o mesmo lhe teria negado dinheiro para ela continuar ingerindo bebida alcoólica.

Karleane também revelou que todas as vezes que se embriaga a sogra se torna agressiva. “O que ela fez hoje com meu marido foi demais”, lamentou.

Francisco Rosa foi atendido no Hospital Regional Laura Vasconcelos e não corre risco de morte. Dona Marina Sousa prestou depoimento e , em seguida, foi liberada a pedido do próprio filho.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: