PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banner-OUTUBRO-valendo-1.gif

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Homem mata ex-mulher com tiro na cabeça em Imperatriz


Peritos do IML recolhem o corpo de Elizelda Vieira (detalhe à esquerda),
vítima do ex-marido, à direita (Foto: Divulgação)
Um homem identificado como Clodoaldo da Silva Alves, de 36 anos, matou com um tiro na cabeça a sua ex-companheira, Elizelda Vieira de Paulo Alves, de 29 anos. O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), na cidade de Imperatriz, região tocantina do estado.
Após o delito, Clodoaldo Alves fugiu em um veículo modelo Toyota Corolla. A polícia já iniciou as investigações para localizar e prender o suspeito, mas até o iníco da manhã desta terça-feira ele ainda não havia sido localizado.
Execução

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da cidade de Imperatriz. De acordo com o delegado Eduardo Galvão, da Delegacia Regional, Clodoaldo Alves e Elizelda Vieira estavam separados há cerca de um mês.

Na manhã de ontem, o executor estava em um hotel na Rua Leôncio Pires Dourado, no bairro Bacuri, quando a sua ex-companheira chegou ao local e, após uma discussão, Clodoaldo da Silva empunhou uma arma de fogo e disparou contra a mulher.

Após o crime, o autor do disparo fugiu. Um inquérito já foi instaurado pela polícia para esclarecer as circunstâncias do crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado. No entanto, a vítima já estava sem vida quando a ambulância chegou. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Imperatriz e em seguida foi liberado para a família.

Tentativa em São Luís

Já no bairro da Santa Efigênia foi registrada uma tentativa de homicídio. A vítima foi identificada como Valterlir Moreira Cordeiro e a autora foi a sua companheira, Graciele Castro de Jesus. O caso foi registrado na Rua 14 naquele bairro, no domingo do Natal.

Uma patrulha do 6º BPM foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e, chegando ao local, encontrou a vítima agonizando no chão com uma perfuração de faca no pescoço.

Valterlir Moreira foi socorrido e levado para o Hospital Socorrão II.

Rondas foram feitas pela localidade e Graciele Castro, encontrada pela polícia algumas ruas depois Após ser presa, a suspeita foi levada para o Plantão da Cidade Operária, onde foi autuada em flagrante.­­ 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...