GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

BACABAL: Veja a tendência do voto de cada vereador na eleição da Câmara


César Brito e Edvan Brandão.
O vereador eleito César Brito (PPS), antes mesmo de tomar posse, já dava como certa sua vitória na eleição da câmara que elegerá a nova mesa diretora da Casa para o biênio 2017/2018. Ele contava com isso assumir a prefeitura interinamente e, consequentemente, se candidatar ao cargo de chefe do executivo numa provável eleição suplementar em que os eleitores bacabalenses terão que voltar às urnas.

Para tanto, há dias negocia o apoio dos colegas, o que fez surgir especulações dando conta de valores vultosos em troca do voto de cada um deles. Fala-se de R$ 50 a R$ 200 mil.

Para reforçar o cerco aos vereadores, César Brito tem um verdadeiro exército em seu favor: o atual prefeito Zé Alberto; os ex-prefeitos Dr. Lisboa (Bacabal) e Marcos Miranda (Bom Lugar); o engenheiro e ex-vereador Nonato Chaves; além de empresários fornecedores e prestadores de serviço para prefeituras da região, como Rongey Mourão.

A investida é pesadíssima e criou-se com isso um clima de “já ganhou”, que, no entanto, tem mudado nas últimas horas com o surgimento de uma chapa concorrente encabeçada pelos vereadores Edvan Brandão (PRB) e Melquiades Neto (PMDB), que conta hoje com pelo menos 9 votos - inclusive do atual presidente da câmara Manuel da Concórdia que abriu mão de concorrer a reeleição - quantidade suficiente para vencer a eleição.

Demonstração de força

Essa nova chapa para ser criada teve, dentre outros, a habilidade política de Dr. Almir Júnior - candidato a vice-prefeito de Roberto Costa – que já durante a campanha eleitoral desse ano demonstrou sua força e capacidade de reverter situações complicadas, como foi a tentativa de toma-lo o comando do diretório municipal do PSDB em Bacabal, orquestrada pelo deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) com a cumplicidade do vice-governador Carlos Brandão (Presidente estadual do Partido da Social Democracia Brasileira).

O golpe foi desfeito pela alta cúpula nacional do PSDB que devolveu a Dr. Almir Júnior o comando da legenda em nosso município. 

Ainda em relação a  disputa da presidência da câmara, por enquanto nenhum dos dois postulantes definiu, ou pelo menos anunciou publicamente, a relação de todos os integrantes das suas respectivas chapas, o que pode ocorrer até durante a sessão deste domingo (1º), às 19 horas.

Veja abaixo a tendência do voto de cada vereador:

01-Alex Abreu (PSC) – César Brito

02-Alberto Sobrinho (PRP) – César Brito

03-César Brito (PPS) – César Brito

04-Coronel Egídio (PMDB) – Edvan Brandão

05-Dr. Lula (PHS) – César Brito

06-Edvan Brandão (PRB) – Edvan Brandão

07-Irmão Leal (PMDB) – Indeciso

08-Joãozinho Algodãozinho (SD) – Edvan Brandão

09-Jeferson Santos (PCdoB) – César Brito

10-Melquiades Neto (PMDB) – Edvan Brandão

11-Manuel da Concórdia (PTN) – Edvan Brandão

12-Natália Duda (PMDB) – Edvan Brandão

13-Reginaldo do Posto (PRP) – Edvan Brandão

14-Professor Maninho (PRB) – César Brito

15-Regilda Santos (REDE) – César Brito

16-Serafim Reis (PMDB) – Edvan Brandão

17-Venâncio do Peixe (PDT) – Edvan Brandão

Como dito várias vezes, o presidente eleito do legislativo passará também a responder pelo executivo bacabalense e ficará nesta função até que o Tribunal Superior Eleitoral defina se será necessária uma nova eleição; se assume Zé Vieira (PP), candidato mais votado, mas com registro ainda indeferido; ou até quem sabe Roberto Costa (PMDB) que ficou em segundo lugar.

Se definir por um novo pleito, o TSE também marcará a data, que deverá ser no transcorrer de 2017.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...