GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

domingo, 20 de novembro de 2016

Manifestantes interditaram trecho da rodovia BR-316, em Bacabal, por mais de 24 horas


Informações atualizadas às 23h45

Por volta das 14h30 deste domingo (20), a tropa de choque da Polícia Rodoviária Federal, finalmente, liberou o trecho da BR-316, em Bacabal, que estava interditado desde a amanhã deste sábado (19), quando moradores do povoado Piratininga fecharam a pista, no km 377, com pneus velhos e pedaços de madeira, além de atear fogo, impedindo que os veículos seguissem viagem nos dois sentidos da rodovia.

 
Ao repórter Romário Alves (TV Difusora), o delegado da PRF, Rayfran, disse que desde o sábado foi tentado um acordo com os lideres da manifestação, porém, os mesmo se mantiveram irredutível, só aceitando conversar com a presença de algum representante do Dnit.

Indagado sobre as razões que levaram a desativação do posto da PRF em Bacabal, o delegado alegou falta de efetivo.
Cobertura Exclusiva

A equipe de reportagem da TV Difusora/Bacabal foi a única a está presente no momento em que a pista foi liberada. As imagens exclusivas feiras pelo repórter cinematográfico André Lima, serão exibidas no programa Ronda, apresentado por Randyson Laércio, a partir do meio-dia, nesta segunda-feira (21).
Entenda o caso

24 horas após ter sido interditado pelos moradores do povoado Piratininga, em Bacabal, o trecho da rodovia BR-316, km 377, próximo a Unidade Prisional de Ressocialização, continuava com pneus e pedaços de madeira no meio da pista impossibilitando a passagem de veículos.

As centenas de pessoas prejudicadas e que passaram a noite ao relento ou dentro de ônibus, vans, caminhões e etc., reclamavam do pouco caso das autoridades e da ausência de representantes do Dnit e da PRF.
Os moradores cobram a recolocação de dois quebra-molas que foram retirados há quatro meses pelo Dnit e, segundo eles, evitavam acidentes, principalmente com crianças que necessitam atravessar a pista diariamente para ir à escola.

Nesta manhã, quando se esperava que a pista fosse liberada, uma nova barricada foi feira com pneus, próximo ao posto de combustível Paizão, já no km 366 da rodovia.

Um internauta que esteve no local registrou essas imagens abaixo.
À noite, os moradores ameaçaram fazer tudo novamente, porém, preferiram aguardar uma decisão do Dnit nesta segunda-feira (21).

Apesar de cavarem uma vala na pista, a passagem de veículos está liberada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...