PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BANNERS-novembro-4.gif

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Recuperação asfáltica e implantação de semáforos não diminuíram números de acidentes na estrada da Bela Vista, em Bacabal

Antonio Izídio faria 70 anos em dezembro desse ano.
A avenida Francisco Dias, popularmente conhecida como Estrada da Bela Vista, foi recentemente umas das vias públicas beneficiadas pelo programa Mais Asfalto, do Governo do Estado, tendo também sido implantado pelo município semáforos em um dos seus cruzamentos mais movimentados, que liga os bairros Pedro Brito e Areia a Vila Coelho Dias. No entanto, nada disso tem contribuído para a diminuição do número de acidentes, muitos fatais, que são registrados constantemente.

Só nó último domingo (23), por exemplo, aconteceram dois. Por volta das 5 horas da manhã o idoso identificado como Antonio Izídio dos Santos, de 69 anos de idade, morador do residencial Terra do Sol V, foi atropelado quando caminhava pela lateral da pista.
Quando a guarnição policial do 15º BPM chegou ao local a vítima já estava sem vida. De acordo com informações colhidas no local, o veículo causador do acidente seria um Gol, de cor preta, que seguia em direção ao residencial Terra do Sol, mas que teria feito o retorno após o acidente.
Maria Diva, esposa de Antonio Izídio, relata que a vítima havia saído de casa para ir buscar mangas em um sitio próximo assim que o dia clareou.

No dia 26 de dezembro desse ano ele completaria 70 anos.

Outra ocorrência
Já por volta do final da tarde, outro grave acidente aconteceu,  desta vez envolvendo um Honda/CG Fan, de cor preta, placa PSA-2293, Bacabal-MA, e uma caminhonete S10, de cor verde, placa HPH-8108, Bacabal-MA.

A motocicleta era conduzida por Antonio Carlos Pereira Silva, de 46 anos, morador da rua 14 de Julho, bairro da Areia, que sofreu fratura em uma das pernas.

Devido a paralisação dos servidores do SAMU ele teve que aguardar por mais de meia hora deixado no chão até que a única ambulância do 6º Batalhão do Corpo de Bombeiros chegasse para prestar socorro e o encaminhar ao Hospital Regional Laura Vasconcelos.
A batida ocorreu justamente no cruzamento onde existem os semáforos veiculares.

O condutor da S10, que não quis se identificar, permaneceu no local e disse à imprensa que o motoqueiro surgiu de repente em sua frente e, mesmo tendo pisado no freio, o choque foi inevitável. 
Fotos: André Lima/Reprodução: TV Difusora.
Com informações de Romário Alves.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...