PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Teresina lamenta morte de bacabalense vítima de afogamento; Mizael de Brito era famoso pelo trabalho irreverente que fazia no comércio local

Figura bastante conhecida em Teresina, especialmente por quem passava diariamente pelo cruzamento das ruas Barroso e Coelho Rodrigues, no centro da capital, o divulgador Mizael Barroso de Brito, de 41 anos, faleceu na última quarta-feira (7) ao se afogar no Rio Poti. A vítima, natural de Bacabal, passou a morar na capital piauiense aos 14 anos de idade e trabalhava no mesmo cruzamento há 17.

Mizael era reconhecido pela forma bem humorada que abordava as pessoas que passavam pelo cruzamento para anunciar as ofertas de uma ótica do centro de Teresina.

Segundo a irmã, Mizael estava nas proximidades do Rio Poti, na região da Zona Leste de Teresina, quando bebia com uns amigos. Ela relatou que o irmão banhava nas águas do rio com um amigo quando eles começaram a se afogar. Conforme ela, seu irmão foi o primeiro a ser salvo, mas mesmo assim voltou para a água na tentativa de ajudar outro colega e acabou sumindo nas águas.

"A família está muito triste e abalada. Até porque todo mundo aqui no bairro gostava dele e da alegria dele. Ele era maravilhoso. Contagiava todo mundo e agora ele nos deixou. Deus está com ele. É uma dor bem grande mesmo, que só mesmo quem passa é que sente. Minha mãe está arrasada", disse a irmã Teresinha.
Quem também lamentou a notícia da morte do amigo foi Michele Giordane, de 30 anos, que trabalha na mesma ótica com Mizael. Ela contou que teria sido a última pessoa da empresa a conversar com ele. Michele disse ainda que o amigo havia dito que tiraria o feriado para descansar. Para ela, a morte de Mizael foi "repentina e inesperada".

"De cara, quando recebemos a notícia não acreditamos. Chegamos para trabalhar hoje pela manhã e vimos um bilhete deixado por debaixo da porta dando a notícia de que ele teria morrido. Está todo mundo em estado de choque. Era uma pessoa que queria muito viver, não falava sobre morte e toda vez que o assunto entrava na roda de conversa, ele pedia para mudar de assunto. Ele queria viver 150 anos", disse.

O velório da vítima aconteceu em sua residência, no bairro Planalto Ininga, zona leste de Teresina, em seguida o corpo de Mizael de Brito foi trazido para o Maranhão, onde foi sepultado no município de Bom Lugar.

A morte de Mizael foi destaque em toda imprensa de Teresina e bastante lamentada nas redes sociais.
(Com informações dos portais G1PI, Meio Norte e 180graus).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...