PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Taxista é preso suspeito de participação em assalto, mas se diz vítima de sequestro relâmpago em Bacabal

Alissson se diz inocente e alega ter sido sequestrado.
O taxista Alisson Fernando Santos da Conceição, de 28 anos de idade, foi preso no início da noite desta sexta-feira (16) na companhia de J. W. S., que alega ser menor de 17 anos.

Ambos, juntamente com mais dois indivíduos, são apontados como sendo os autores de um assalto praticado, por volta das 8 horas, contra um comércio de produtos alimentícios localizado na rua São Raimundo, bairro Coelho Dias, em Bacabal, de onde subtraíram alguns objetos.

O veículo utilizado na ação criminosa – Chevrolet/Classic, placa vermelha NWZ-7501 – era conduzido por Alisson, mas pertencia a outra pessoa que havia cedido o veículo e a vaga no Terminal Rodoviário para que ele trabalhasse.

O blog apurou que Alisson foi visto pelos colegas de profissão pela última vez às 22 horas da noite anterior quando saiu do posto para fazer uma corrida e não mais retornou. Tendo passado toda a sexta-feira sem dar notícias e sequer aparecer em sua residência.

No final da tarde desta sexta-feira, já preocupado com o que poderia ter acontecido, o proprietário do veículo esteve na delegacia para registrar o fato, quando, coincidentemente, se deparou com Alisson dirigindo o taxi em frente ao distrito policial e, de acordo com ele, na companhia de outras três pessoas.

De imediato o proprietário, que não quis se identificar, passou a persegui-lo em outro carro. Nas proximidades da praça do bairro Juçaral, um dos indivíduos efetuou disparos de arma de fogo em sua direção. Temendo ser atingido, resolveu parar e acionar a polícia que, minutos depois, chegou ao local e passou dar continuidade a perseguição que só terminou nas imediações do povoado Zuru, zona rural do município de São Luís Gonzaga do Maranhão.

O menor de idade que estava no banco de passageiro reagiu e foi atingido por um tiro na perna efetuado pela polícia e encaminhado ao Pronto Socorro Municipal, enquanto Alisson foi levado para a delegacia do 1º Distrito Policial. Já as duas outras pessoas que também estariam no veículo, teriam descido ainda no bairro Juçaral, próximo ao cemitério e, até o momento, não foram identificadas.
A placa do veículo foi retirada.

Sequestro relâmpago

Na delegacia, Alisson deu sua versão para o ocorrido: teria ele sido vítima de um suposto sequestro relâmpago quando fez uma corrida para o bairro Novo Bacabal na noite da quinta-feira. Que daí em diante teria passado todo tempo em poder dos três bandidos que o obrigaram, inclusive, a participar do assalto cometido nesta sexta-feira pela manhã.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

O menor baleado na perna foi transferido para o Hospital Geral de Peritoró.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...