PUBLICIDADE

domingo, 3 de julho de 2016

BACABAL: Homem recebe paulada na cabeça e vários golpes de faca pelo corpo; menor homicida é um dos envolvidos

Ednaldo de sousa sofreu uma palada
e várias facadas.
Menor homicida que estava sob custódia da sua genitora é apontado como um dos três elementos que tentaram contra a vida de Ednaldo de Sousa Costa, de 18 anos de idade, morador do bairro Coelho Dias, em Bacabal, que foi vítima de paulada e várias facadas.

A tentativa de homicídio aconteceu por volta de 1h30 da madrugada de sábado (02), no bairro da Areia, em uma esquina nas proximidades do Bar do Lula.

A vítima, mesmo falando com muita dificuldade, chegou a relatar para o repórter Romário Alves (TV Difusora) que estava ingerindo bebida alcoólica quando um dos agressores, identificado como Deivison, lhe convidou para cheirar loló, e a alguns metros do bar foi cercado pelo próprio Deivison, o menor homicida “Taboquinha”, e outro elemento vulgarmente conhecido como coco.
O trio teria lhe aplicado uma paulada e vários golpes de faca. A vítima diz não ter conhecimento da motivação.

Socorrido, Ednaldo de Sousa foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal de Bacabal onde foi submetido a procedimento cirúrgico e continua internado. Seu estado de saúde ainda requer bastante cuidados e não é descartada sua transferência para uma unidade de saúde de outro município.
"Taboquinha" (à direita) e Alna Carlos,
morto por ele em abril desse ano.
O menor “Taboquinha”, apontado como um dos autores da tentativa de homicídio, havia sido apreendido durante operação policial montada dia 11 de junho desse ano com o intuito de coibir práticas delituosas. Ele se encontrava foragido desde o último dia 25 de abril, quando homicidou Alan Carlos Oliveira, de 24 anos de idade,  com disparos de arma de fogo, crime ocorrido na na área do bairro Frei Solano (Mutirão).

Na revista feita nos cômodos da casa onde foi localizado, na travessa Dom Bosco (próximo ao residencial Bela Vista), bairro Novo Bacabal, foram encontrados vários objetos: cachimbo, balança, tesoura, linha e uma quantidade de substância aparentando ser maconha que “Taboquinha” relatou pertencer a um indivíduo chamado Alison, proprietário do imóvel, e que fugiu do local antes da chegada dos policiais.
O menor, juntamente com todo material apreendido, foram apresentados na Delegacia do 1º Distrito Policial.
Na manhã seguinte ele prestou depoimento ao delgado plantonista na presença de conselheiras tutelares e ficou sob custódia da sua genitora até que a justiça acatasse ou não o pedido de sua apreensão por 90 dias.

Em entrevista concedida ao repórter Samuel David (TV Difusora) o menor disse ter homicidado Alan Carlos Oliveira porque vinha sendo ameaçado pela vitima.

Cidade sangrenta

O caso ocorrido na madrugada do último sábado (02) com Ednaldo de Sousa Costa por pouco não faz dele a quarta vítima a perder a vida em decorrência da violência desenfreada que voltou a transformar Bacabal numa das cidades mais violentas do Maranhão.

Rolando no chão

Para se ter uma ideia, na madrugada seguinte, a suspeita do furto de um aparelho celular também acabou em confusão, dessa vez, em frente ao Bar da Tia Preta, localizado à margem da rodovia BR-316, e onde que concentra grande número de pessoas aos finais de semana.
Foto: Reprodução/TV Difusora.
Uma mulher identificada como Luana teria iniciado uma discussão com um rapaz que, segundo a mesma, teria furtado seu celular. No bate-boca os dois acabaram indo a vias de fatos e rolado pela pista que, inclusive, envolveu uma terceira pessoa.

TV Difusora

Quando a guarnição da Polícia Militar chegou ao local os ânimos dos envolvidos estavam mais calmos e ninguém foi conduzido para delegacia, porém, a equipe de reportagem da TV Difusora – Romário Alves e Acelino Barros (Vovó) -, já havia registrado toda a cena que irá ao ar nesta segunda-feira (04), a partir do meio-dia, no programa Ronda na Difusora (canal 2), apresentado por Randyson Laércio. 

4 comentários:

  1. Esse Taboquinha vai ter o mesmo rumo do galego!esses conselheiro tutelar são pessoas despreparadas p esse cargo.eu vi uma situação onde eles ao invés de questinarem a conduta desses menores eles fazem é da proteção e com isso eles entendem que é incentivo e se sentem fortalecidos p praticarem delitos.que são menores p trabalhar mas p matar roubar e fazer o que não presta eles tem as titias do conselho p livrarem eles.isso é vergonhoso.p ser conselheiro tutelar não tem nenhum requisito basta ser candidato e ser eleito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso e verdade esses jovem precisam ter leis mais severas e lamentável essa polícia despreparada esses governante isso ta precisando de intervencao da federal saude educacao segurança nao tem nesse lugar meu Deus

      Excluir
  2. .... Por isso e comum se dizer bandido bom e bandido morto. Mas agora pergunto e ps crimes cometidos por pessoas que são pagas para proteger a sociedade o dizemos sobre eles os usam armas os alugam seus serviços pas mais fortes economicamente quem julga eles com qual justiça.

    ResponderExcluir
  3. isso é verdade. disse tudo. mas é lei que esses politicos irresponsáveis e despreparados que a maioria elegem sem saber qual o seu verdadeiro objetivo ao chegar lá, se é trabalha para o povo ou para roubar.

    ResponderExcluir

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...