PUBLICIDADE

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Cargos públicos são tratados como negócio e herança de família na gestão do prefeito de Bacabal Zé Alberto

Eleito com uma expressiva votação, em pouquíssimo tempo Zé Alberto Veloso (PRB) passou de esperança para a maior decepção política de Bacabal, incapaz de manter funcionando com qualidade os serviços básicos. Com exceção de três restaurantes populares, não se encontra nenhuma ação da sua gestão que seja digna de elogio, são hospitais e unidades de saúde onde nada praticamente funciona, falta infraestrutura nas ruas, praças e avenidas e tem uma lista enorme de problemas.

Ex-vaqueiro, deu guinada na vida e se transformou num dos mais ricos pecuaristas na região e, talvez, por isso, agora que é prefeito trate gente como se fosse gado.

Atolada até o pescoço em negócios escusos, a gestão de Zé Alberto também tem peculiaridades. Além do nepotismo reinante, muita gente não se dá conta, mas, seria interessante saber e questionar por quais razões o empresário Manuel Alves de Araújo, proprietário das lojas A Renovar e amigo pessoal do prefeito, é [de direito] o secretário municipal de Administração mesmo sem pisar os pés na prefeitura, já que é o adjunto Raimundo Sirino Rodrigues Filho que responde [de fato] pela pasta.

Em nenhuma administração séria você irá encontrar o cargo de “colaborador”, pessoa que se dedica integralmente a uma função que, no papel, tem outra ocupante. No governo Agora Sim isso acontece e não é de hoje. José Antônio da Silva Feitosa, o Zé Antonio, faz às vezes de Secretário de Desenv. Econômico, Emprego, Renda e Turismo, que, no entanto, tem como ocupante [de direito] uma das suas filhas.

O mais surpreendente mesmo é a dança das cadeiras na Secretaria da Juventude. Frank Oliveira, o primeiro a ocupar o cargo na atual gestão se desligou no início do ano para assumir função no Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) em Pindaré-Mirim. No seu lugar, o que é natural, assumiu o adjunto Marcos Ferreira Silva, o Marquinhos, mas, que, como determina a Justiça Eleitoral precisou se desligar da função para ficar apto a concorrer a vereador nas eleições desse ano. A sua cadeira atualmente é ocupada [de direito] pela sua esposa, muito embora continue sendo ele [de fato] o secretário.

7 comentários:

  1. descazo total. cade a promotoria ? o ministerio publico.
    ainda bem que ja ta acabando.

    ResponderExcluir
  2. Bacabal, terra sem lei, o povo tem que acordar
    e começar a exigir que O certo seja feito,começar
    a abrir os olhos pra toda essa robalheira e descaso
    que a populaçao está sofrendo, porque esses ai só vêem
    o benefício próprio,e não estão nem ai pras pessoas.
    #ACORDABACABAL

    ResponderExcluir
  3. Só nessa foto ai tem dois puxa sacos e sugadores da prefeitura

    ResponderExcluir
  4. Zé Alberto vai passar o mesmo constrangimento que Lisboa vai pegar cadeia pode esperar junto com Kelcimar e outros secretários

    ResponderExcluir
  5. Eu quero que ele abra e concurso pra preencher essas vagas .

    ResponderExcluir
  6. A promotoria aqui de bacabal só se preocupa em Acaba cm as festa e proibir som automotivo mais n presta atençao na robalhera q ta na prefeitura os donos de construtora q era tudo liso q n tem firmaçao de porra nem uma Agora tem construtora Tao tudo pode de Rico nem um é engenhero bands de ladrao era pra ter uma operaçao lava jato aqui em bacabal pra leva esses ladrao tudo preso "promotoria investigem isso e deixa o povo brinca...."

    ResponderExcluir
  7. faça uma denuncia no ministério publico que eles agem. agora acabar com festa até tarde e paredão que inferniza todo mundo tá de parabéns. que continue assim e fiscalize mais ainda. duvido se o intranzigente liga o som na casa dele. só na rua pertubando a paz de todos. quanto a isso parabéns promotoria e justiça.

    ResponderExcluir

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...