PUBLICIDADE

sábado, 4 de junho de 2016

Boca de fumo é estourada por acaso durante busca por arrombador de residência, em Bacabal

Policiais militares na porta da residência usada para
comercializar drogas, no bairro Pedro Brito.
Por Volta de 5h30 da manhã deste sábado (4) uma guarnição da Polícia Militar comandada pelo sargento B. Costa deteve várias pessoas que estavam em uma residência na rua das Flores, bairro Pedro Brito, em Bacabal, onde descobriu-se a existência de uma “boca de fumo”.

Os policiais chegaram ao local por acaso, quando faziam incursão a procura do autor de um arrombamento ocorrido horas antes em uma casa na rua Santa Teresinha, bairro da Areia, de onde foram subtraídos dois capacetes e uma mochila com vários pertences, além de outros objetos.
Proprietária do imóvel arrombado no bairro da Areia.
De acordo com Kátia Machado, proprietária do imóvel, a intenção do meliante era furtar uma motocicleta que estava em um cômodo, porém, uma de suas filhas teria se levantado para ir ao banheiro e se deparou com a ação.

Assustado com os gritos de socorro, o mesmo empreendeu fuga deixando o veículo para trás. Foi aí que quando procurava localizar o autor desse arrombamento os policiais avistaram um homem com as mesmas características informadas pela vítima. Antônio de Matos Morais, conhecido como “Bizil”, batia na porta da residência de Larissa Brenda Gomes, de 20 anos de idade, que já tem passagem pela polícia.
Ao revistarem a casa os policiais encontraram maconha, vários papelotes prontos para a venda, tesouras, relógios e celulares.

Além de Larissa e “Bizil”, também acabaram sendo conduzidos para a delegacia as demais pessoas que se encontravam no local: Jociele da Silva Andrade, Edielson Severiano Silva e Raimundo Nonato da Silva.
Larissa Brenda autuada por tráfico de drogas.
Após serem ouvidas, apenas Larissa foi presa e autuada por trafico de drogas, enquanto as outras pessoas foram lideradas, inclusive, Antônio de Matos Morais, o Bizil, que, segundo a proprietária do imóvel arrombado no bairro da Areia, nada tinha a ver com o caso.

Buracos e atoleiros

Durante a ação, as viaturas policiais e o carro de reportagem da TV Difusora, que acompanhou o caso com exclusividade, tiveram dificuldades para trafegar pelas vias cheias de buracos e lama. Na rua das Flores, por exemplo, dois veículos atolaram e foi preciso usar uma corda para tira-los do lameiro.
Sargento B. Costa auxiliando para desatolar viatura.
Carro de reportagem que caiu em buraco.
EM TEMPO: A polícia ainda não conseguiu identificar o autor do arrombamento.

Um comentário:

  1. Esse tipo de matéria tá muito difícil. serar por que. aquir voltando ao passado quase todo dia estourava uma boca de fumo

    ResponderExcluir

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...