PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Prefeito de Bacabal se diz perseguido e desafia oposição a descer do palanque e ajudar a cidade

Zé Alberto ao lado dos secretários Gusmão (educação)
e Kelcimar (saúde). Foto: Arquivo,
O prefeito de Bacabal José Alberto Veloso (PRB) assumiu as rédeas do município em janeiro de 2013 herdando dividas, inúmeros problemas de infraestrutura, sem falar no rombo financeiro que tempos depois levaria seu antecessor para a cadeia.
Esses fatos eram de conhecimento dele mesmo antes de vencer nas urnas a esposa de Zé Vieira, hoje seu maior aliado e uma espécie de carta na manga.
Quando se esperava que Zé Alberto cumpriria a promessa de campanha, de varrer a sujeira, o atual prefeito fez foi vistas grossas e, inclusive, manteve em seu governo alguns ex-assessores de Dr. Lisboa.
Com o tempo as mudanças aguardadas pela população não vieram e, logo, surgiram as cobranças, com mais tempo também as duras criticas que ele e seus correligionários julgam injustas.
Durante todo esse tempo Zé Alberto, que é avesso a dar entrevistas, sobretudo ao vivo, se manteve calado.
Esta semana, porém, ele aproveitou a visita que o deputado estadual Rigo Teles (PV) fez a Bacabal e, durante uma visita as obras de construção de uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA - em um bairro da cidade, Zé Alberto concedeu entrevista a sua assessoria para cobrar dos seus adversários [leia-se deputado Roberto Costa] que, ao invés de conversar, ajude o município trazendo emendas parlamentares. “Mas o Rigo Teles é diferente, ele chega em Bacabal e vem visitar as obras, olhar, perguntar o que está faltando para nos ajudar com emenda, com trabalho. Não é como muitos deputados que tem aí, que vêm para Bacabal conversar besteira e ser besta”, disse.
Mesmo sem citar o nome do parlamentar, em outro trecho da entrevista ele diz que gostaria que Roberto Costa viesse a Bacabal visitar as obras, olhar o que está sendo feito e não ficar falando do prefeito. “Eu queria que ele viesse me dizer também o que ele deu para nos ajudar. Ele nunca deu um carro de mão, é (sic) uns políticos que querem ser políticos esculhambando os outros”.
Zé Alberto encerra sua entrevista dizendo que tem procurando andar com pessoas que querem ajudar a cidade.

Assista abaixo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...