PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 24 de maio de 2016

Precariedade na saúde de Bacabal é denunciada na tribuna da Assembleia Legislativa

Na quinta-feira (19) o pronunciamento do Deputado Roberto Costa foi de revolta.  O parlamentar subiu a tribuna e, mais uma vez, elencou  situações em que a população se expõe às péssimas condições de saúde do município de Bacabal. Afirmou que, em meio às negligências da gestão municipal, o corpo de profissionais de saúde tem se esforçado para oferecer atendimentos minimamente decentes, contudo não tem sido amparado em razão da falta de condições de trabalho nos hospitais locais.

O deputado acrescentou que isso teria sido justamente o que oportunizou  a denúncia  feita  pelo médico cirurgião, Dr. Raimundo Salazar, que em meio a tanto descaso se viu obrigado a expor em uma rede de televisão local os reais motivos que levaram a óbito por infecção uma jovem parturiente no município: todas as precárias condições de trabalho oferecidas pela secretaria de saúde de Bacabal. “O Dr. Raimundo Salazar afirma em sua denúncia que não existe o mínimo de condições para se fazer qualquer  tipo de procedimento.  Mostra fotos, inclusive. Segundo o médico, falta um imprescindível medicamento para o pós operatório: ocitocina. Faltam roupas, luvas e máscaras, pro pé. E as luvas que lá existem estão contaminadas. Os médicos que lá operam  fazem suas cirurgias em meio às moscas.  Não tem soro nos hospitais, as caixas d’agua dos hospitais estão contaminadas e os antibióticos prescritos aos pacientes precisam ser comprados pelos mesmos” expôs o deputado.

Indignado, o pemedebista completou que crianças e mulheres têm morrido na hora do parto em virtude da negligência da atual gestão e nada tem acontecido para responsabilizar a prefeitura por essas mortes. “Não posso me calar em função dessas irresponsabilidades, desses atos criminosos contra a população, se eu me calar estarei sendo conivente. Não fugirei de minhas atribuições, enquanto representante da cidade, para denunciar esses descasos”, assegurou Costa.

Em meio à gravidade das denúncias, o deputado estadual, Levi Pontes, se pôs à disposição do peemedebista para que, junto à Comissão de Saúde, do qual é membro, possam cobrar explicações ao Conselho Municipal de Saúde. “Gostaria de colocar a comissão de saúde à disposição para que possamos ajudar nesse relato de extrema gravidade”, garantiu Levi.

Roberto Costa terminou seu pronunciamento solicitando ao Ministério Público a abertura de uma investigação contra a secretaria de saúde da prefeitura de Bacabal.  “Muitas vidas tem sido punidas e ninguém tem sido responsabilizado. O prefeito não deu nenhuma satisfação a respeito da denúncia que o médico fez em uma tv local,  Dr. Salazar deu uma declaração de mais de 20 min contando tudo aquilo que a população de Bacabal já sabe, as pessoas entram doentes na esperança de se curar e estão morrendo pela irresponsabilidade do prefeito e do secretário de saúde, alguém tem que ser responsabilizado por essas mortes”  cobrou o peemedebista.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...