PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 22 de abril de 2016

SAAE de Bacabal ultima recuperação e colocação de bomba principal em funcionamento

Da Assessoria
SAAE/Bacabal

A estação de captação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal (SAAE) ainda opera apenas fazendo uso da sua bomba sobressalente, em razão da pane que sofreu o seu equipamento principal, fato que causou inúmeros e sérios problemas para os consumidores que são servidos pela ETA, que moram no chamado centro antigo da cidade, com ramificações em bairros também antigos, a exemplo do Ramal, Trizidela e parte do bairro da Areia, o que representa cerca de 30% dos seus usuários.

Por essa razão a direção da autarquia tem se empenhado no sentido de recuperar a sua bomba principal, uma vez que, utilizando somente o equipamento de reserva, o abastecimento do centro fica comprometido por sua pouca capacidade de processamento.

SAAE/Caxias

Conforme foi explicitado em nota, quando o SAAE de Bacabal sofreu o colapso de suas duas bombas da estação de captação, entre as alternativas colocadas para a recuperação imediata do seu sistema, estava a solicitação de equipamentos similares para sistemas coirmãos, a exemplo do SAAE de Caxias.

Caxias respondeu de forma imediata a solicitação feita pelo diretor Leonardo Lacerda, encaminhando para Bacabal duas bombas que se encontravam fora de uso na unidade, no objetivo solidário de socorrer o sistema coirmão.

Quando da chegada dos dois equipamentos a Bacabal, e após avaliação feita pelas equipes técnicas do SAAE, ficou constatado que a bomba de maior porte não poderia ser aproveitada porque o transformador da subestação de energia da estação de tratamento não possui capacidade suficiente para colocá-la em operação.

Em razão desta incompatibilidade técnica a opção feita pelas equipes de manutenção do SAAE foi devolver o equipamento para Caxias, o que foi feito por ofício recebido.
No tocante a bomba de menor porte enviada pelo SAAE de Caxias, a avaliação feita pelos técnicos do SAAE de Bacabal mostrou que a mesma está queimada e, que a sua recuperação demandaria muito tempo.

Como havia a necessidade de uma solução urgente para o grave problema, uma vez que os consumidores do SAAE de Bacabal sofriam transtornos imensuráveis, a opção da direção da autarquia foi pela imediata recuperação da bomba sobressalente da própria estação de captação de Bacabal, porque os danos que a mesma sofreu foram bem menores.

Mesmo com a segunda, e menor bomba enviada por Caxias, não podendo ter sido aproveitada para resolver o problema de Bacabal, a direção do SAAE optou por mantê-la aqui, e, incorporá-la ao seu patrimônio para, depois que a bomba principal de Bacabal for recuperada, também trabalhar o seu recondicionamento e deixá-la a disposição para uma eventualidade futura.
Roberto Costa

Por desconhecer a realidade do problema enfrentado pelo SAAE de Bacabal o deputado estadual Roberto Costa anunciou da tribuna da assembleia legislativa que teria conseguido, via presidência da Casa, a solução para o problema que a população bacabalense sofria, através da doação de uma bomba.

Costa buscou auferir dividendos políticos da difícil situação que o povo de Bacabal vivia, desdenhou das equipes técnicas do SAAE e duvidou da capacidade da gestão da direção do órgão, incitando publicamente, através do seu canal de televisão, a população de Bacabal a ir às ruas protestar e cobrar solução para um problema que ele anunciou já ter resolvido.

A atitude do deputado estadual provocou, dentro do SAAE, profundo descontentamento e grande decepção, em razão do extremo esforço e empenho que era desenvolvido no sentido de solucionar a situação.

Novo Sistema de Captação

Hoje o SAAE de Bacabal opera com a sua bomba de menor capacidade de produção enquanto trabalha, para o menor espaço de tempo possível, a recuperação e colocação em funcionamento do seu equipamento principal, cujas peças estão sendo fabricadas artesanalmente.

Em paralelo o diretor Leonardo Lacerda realizou a compra de um novo equipamento de captação flutuante, que utiliza o sistema de balsas. Moderno e eficaz o novo sistema vai, também, dobrar a capacidade da estação de captação, que hoje é de 280 mil litros por hora. Lacerda, também, convoca o deputado estadual Roberto Costa, que recentemente solicitou oficialmente informações sobre o projeto de operação do SAAE, a se engajar e se envolver nessa nova ação em favor do povo de Bacabal, a quem ele afirma ser protetor e defensor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...