PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Líder de seita acusado de castrar três jovens maranhenses é preso em sala de aula no Rio de Janeiro

Foi preso na noite da última terça-feira (26), no Estado do Rio de Janeiro, Donato Brandão Costa, de 45 anos, condenado a 37 anos de prisão pela castração de três jovens em São Luís. Ele é fundador da seita Mundial, por meio da qual forçava seguidores a praticarem atos libidinosos.
Os crimes foram cometidos na capital maranhense, em 1994, e Donato foi condenado pela Justiça do Maranhão a cumprir pena em regime fechado. Após 10 anos, ele foi beneficiado com a progressão de regime fechado para aberto.
O acusado já estava no 9º período de Direito em uma faculdade de Petrópolis (RJ). A Vara de Execuções Penais do Maranhão determinou, então, a regressão do regime para semiaberto e solicitou à Justiça do Rio a expedição de mandado de prisão.
Donato foi preso em sala de aula. Ele morava com 15 pessoas, muitas maranhenses e seguidoras da seita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...