PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 26 de abril de 2016

Deputado Roberto Costa denuncia que pacientes renais do Maranhão sofrem com a falta de medicamento

No pronunciamento desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa, o deputado Roberto Costa apresentou uma agravante situação para os pacientes renais crônicos do Maranhão, que necessitam de tratamento fornecido pelo Ministério da Saúde.

O parlamentar relatou que durante este fim de semana em Bacabal, esteve com representantes da Associação dos Pacientes Renais e Transplantados do Médio Mearim (Apartam); e na ocasião, eles afirmaram que três mil pacientes renais, estão sem receber a medicação fornecida pelo Ministério da Saúde. 

“Fiz uma consulta ao Ministério da Saúde, e realmente, a responsabilidade por essa medicação é do Ministério da Saúde, que, em função de algumas situações, não tem conseguido fazer esse repasse para os estados, e o Maranhão tem sido atingido. É um assunto grave porque envolve vida de maranhense, de pessoas realmente que já vivem numa luta diária em função do seu problema renal, de fazer hemodiálise. E nós temos que buscar uma solução para esse problema”, disse o deputado.

Dos três mil pacientes renais crônicos do Maranhão, 300 são do município de Bacabal. E o deputado confirmou que estará em Brasília na próxima semana, juntamente com o senador João Alberto e o deputado João Marcelo, para viabilizar com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, o restabelecimento do fornecimento da medicação.

“Os pacientes renais precisam urgentemente dessa medicação, caso contrario, eles correm um sério risco de vida E nós temos a responsabilidade de buscar uma solução. 300 deste pacientes estão em Bacabal, são famílias que vivem numa agonia, numa situação de dificuldade em função do tratamento que é delicado e não podemos aceitar que eles fiquem sem essa medicação. E nós precisamos dar uma resposta a todos os doentes renais do Maranhão”,  declarou.

O peemedebista solicitou a relação dos medicamentos que estão faltando na farmácia estadual para a Secretaria Estadual de Saúde.

“O Dr. Carlos Lula, prontamente nos atendeu e reforçou a preocupação do Estado com essa situação, por conta do atraso no repasse do Governo Federal. A medicação que estava faltando é uma chamada Hemax, mas fui informado hoje que também está faltando, o Ferro Endovenoso, e Calcitriol. E sem essa medicação existe uma grande probabilidade de vários pacientes virem a óbito. Isso é um caso preocupante”, lamentou.

Por fim, Roberto Costa, afirmou que não aceitaram que essa situação persista e que os pacientes venham a óbito em virtude da falta de medicamentos que é de responsabilidade do Governo Federal.

“Nós não podemos nos calar porque, como eu disse, são vidas de maranhenses que estão correndo risco muito sério e que nós precisamos, enquanto deputados estaduais, enquanto cidadãos, assumir o nosso compromisso em sair em defesa do nosso estado e da população do Maranhão”, finalizou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...