PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 11 de março de 2016

VÍDEO: Cabeleireiro define como palhaçada aprovação de doação de terreno público feita por vereadores de Bacabal

As redes sociais são há muito tempo o meio mais utilizado pela população para expressar suas ideias e pensamentos. Através delas o cidadão, mesmo que seja desprovido de recurso financeiro, tem total liberdade de demostrar seus sentimentos, seja ele qual for, sem necessitar se curvar a vontade de terceiros e poderosos.

Assim fez o cabeleireiro Ivan Delgado, de 41 anos de idade, que em sua página no site de relacionamento Facebook se mostrou completamente indignado com a atitude da maioria dos vereadores de Bacabal que na última sessão ordinária, realizada na quarta-feira (9), aprovou Projeto de Lei que dispõe sobre a doação de terreno no Distrito Agroindustrial da cidade.

O que poderia ser um fator positivo para o município acabou se transformando em uma enorme celeuma devido a vereadora Natália Duda (PMDB), única a votar contra a doação, ter denunciado na tribuna que a empresa beneficiada, Seixomix (Usina de Britamento de Pedras e Outros Materiais), que presta serviços para a Prefeitura de Bacabal, na verdade pertencer a um dos genros do prefeito Zé Alberto, mas que estaria em nome do empresário Hartur Sandes Bastos.

Na sessão, não estavam presentes os vereadores Florêncio Neto,  (PHS), Melquíades Neto (PMDB) e Edvan Brandão (PP). A votação teve 13 votos a favor da doação e apenas um contra.

Ex-membro da bancada governista na câmara, o vereador peemedebista Serafim Reis foi um dos que aprovaram a doação, mesmo deixando claro, em reportagens concedidas à imprensa local, que não conhece o histórico da empresa beneficiada. Na sua justificativa ele alegou que a iniciativa irá gerar mais empregos na cidade.

A empresa Seixomix não se manifestou publicamente até o momento sobre a denúncia feita na Câmara.


Uma palhaçada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...