PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Planejamento estratégico da Polícia Civil inibe a violência no carnaval maranhense de 2016

Foto: Nilson Figueiredo.
O planejamento estratégico visando promover um período carnavalesco mais seguro, da Polícia Civil, disponibilizou um número expressivo de policiais e viaturas. A população contou com 05 plantões centrais na região metropolitana, funcionando 24 horas, incluindo ainda o plantão reforço que aconteceu na Delegacia do Menor Infrator (DAI). Foram engajados 90 policiais civis para trabalharem na capital. Já nos municípios maranhenses  350 policiais, além de 80 viaturas deram suporte a estratégia da Polícia Civil
Das forças policiais fizeram parte delegados de polícia, investigadores e escrivães que atuaram de forma integrada com a Polícia Militar no período momesco, conseguindo estabelecer um modelo de segurança mais presente no sentido de combater a violência e os crimes violentos.
SPCI realizou um serviço preventivo 

O Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI) Dicival Gonçalves informou que, como resultado da estratégia de segurança nos municípios, aconteceram 39 apreensões de armas de fogo, 26 veículos apreendidos, 224 papelotes de crack e maconha, 52 adolescentes aprendidos, 244 pessoas presas por delitos diversos e 134 flagrantes.
O superintende finalizou parabenizando os policiais envolvidos na operação, os servidores da Secretaria de Segurança Pública e agradeceu ao Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela e ao Delegado Geral, o Dr. Laurence Mello, pela atenção e compromisso em sempre se dispor para que a operação tivesse o êxito almejado.
A SPCC dando suporte contra a violência no carnaval

A Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) executou ações articuladas com os demais órgãos de Segurança do Estado, no sentido de salvaguardar a população e garantir a tranquilidade dos foliões. Foram disponibilizados os 05 plantões centrais da região metropolitana e, ainda, o plantão reforço na Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), que foi criado exclusivamente para atender as ocorrências policiais oriundas do circuito de carnaval.
O superintendente da SPCC, Armando Pacheco informou que foi usado um aparato de aproximadamente 90 policiais, dentre delegados, escrivães e investigadores e todas as viaturas disponíveis nas delegacias e plantões.
Apreensões e flagrantes da Polícia Civil na capital

Auto de prisão em flagrante, 50; Auto de Apreensão em Flagrante 05; Auto de prisão em flagrantes por drogas, 04; Termo Circunstancial de Ocorrência, 30; Cumprimento de Mandado de Prisão, 03; TCO por desacato, 09; Morte em confronto policial, 01; Porte ilegal de arma de fogo, 04.
Carnaval de Lava Pratos em Ribamar

A Superintendência de Polícia Civil do Interior repassou que ações idênticas serão adotadas para a temporada momesca no município de São José de Ribamar, com data marcada para os dias 13 e 14 do mês corrente.
Os policiais designados reforçarão os trabalhos da Polícia Judiciária, disponibilizando um plantão reforço para atender as ocorrências policiais decorrentes do carnaval tradicional de São José de Ribamar. (Informações de Mauro Wagner – Ascom SSP).

2 comentários:

  1. Muito bem!!!
    Que essas estratégias ganham força tbm no nosso dia dia,na ida aos nossos trabalhos e escolas...

    ResponderExcluir
  2. Acredito que as nossas polícias, Civil e Militar, possuem profissionais competentes e dispostos a fazerem um bom trabalho em prol da população, esse é um exemplo. Parabéns pela iniciativa, peço que as ações sejam estendidas pra o dia a dia, pois às vezes, qdo se precisa, não conseguimos fazer se quer um BO, principalmente aqui em Bacabal.

    ResponderExcluir

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...