PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

DESINCOMPATIBILIZAÇÃO: Prefeito de Bacabal poderá ser obrigado a mudar metade de seu secretariado até abril desse ano

Assessores de Zé Alberto: Carlos Gusmão, Alex Abreu, Kelcimar Virgínio, Karime Branco, Frank Oliveira, Leonardo Lacerda, Marquinhos Ferreira e Anderson Viana.
Apesar de nunca ter conseguido montar um time entrosado e capaz de alça-lo a bons níveis de popularidade, o prefeito Zé Alberto (PRB) sempre se mostrou avesso a mudanças drásticas em seu secretariado. Todos que deixaram o posto até hoje foi por livre espontânea vontade ou por motivos pessoais e de saúde. É como se dissesse: “Fica quem quer e como quer”.

Mas, ainda assim, o prefeito de Bacabal terá que envidar esforços para fazer uma ampla reforma, principalmente, no primeiro escalão da sua administração antes do próximo mês de abril, já que de acordo com o Superior Tribunal Federal, o prazo de desincompatibilização de funções públicas para quem vai concorrer a cargos eletivos em eleições gerais é de 6 meses antes, no caso das eleições municipais de outubro desse ano, a data limite é 02 de abril.

Dois atuais secretários municipais e adjuntos, pelo menos 7 já demonstraram interesse em entrar na disputa por uma vaga no legislativo bacabalense. São eles: Alex Abreu – Finanças; Frank Oliveira /Marquinhos – Juventude; Anderson Viana – Meio Ambiente; Carlos Gusmão – Educação; Kelcimar Virgíno – Saúde; Karime Branco – Assistência Social.

Se decidirem manter o propósito em concorrer terão que ser afastados.

É o mesmo caso de Leonardo Lacerda, atual diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal (SAAE), que já confirmou que se candidatará a vereador pelo PRTB e deixará o cargo no final de março.

Além dessas mudanças, Zé Alberto também precisará ter bom jogo de cintura para saber lidar com a disputar de espaço politico e de ego de alguns integrantes de sua família que, mesmo não ocupando nenhum cargo na administração municipal, têm influência direta em muitas decisões, como é o caso dos jovens Sobrinho e Danilo Veloso, que declaram, ainda que não abertamente, vontade de entrar na briga.

Dos nomes relacionados acima, a candidatura menos provável de vingar é do secretário Kelcimar Virgíno, porém, certamente usará a estrutura de sua pasta a serviço de algum escolhido.

E Mais

Os servidores e empregados da Administração Pública Direta, Indireta e Fundacional do Poder Executivo que desejarem concorrer a cargo eletivo em eleições gerais será afastado do exercício de seu cargo, com vencimentos e vantagens integrais, da data do registro de sua candidatura pela Justiça Eleitoral, até o dia seguinte ao da eleição.
O não afastamento do empregado, do servidor público e/ou comissionado, do exercício de seu cargo ou função, poderá constituir caso de ilegibilidade, conforme enquadramento previsto no art. 1° da Lei Complementar Federal n° 64, de 18 de maio de 1990.
A desincompatibilização se dará nos prazos previstos conforme tabela abaixo:
1. O servidor candidato que tiver competência ou interesse, direta, indireta ou eventual, no lançamento, arrecadação ou fiscalização de impostos, taxas e contribuições de caráter obrigatório, inclusive parafiscais, ou para aplicar multas relacionadas com essas atividades, deverá ser afastado compulsoriamente de suas funções, observados os prazos estabelecidos conforme tabela acima.
2. O servidor público ocupante somente de cargo em comissão, declarado em lei de livre nomeação e exoneração, será exonerado.
3. O servidor efetivo ocupante de cargo em comissão ou função de confiança deverá ser exonerado do cargo em comissão ou dispensado da função e licenciado do cargo efetivo.
4. O servidor que detenha dois cargos efetivos, de acumulação lícita, deverá solicitar o afastamento em ambos os cargos, no mesmo processo administrativo.
5. O servidor sem atuação funcional no município ao qual pretenda concorrer à candidatura de prefeito ou vereador não está obrigado a desincompatibilização.
6. Terminado o prazo, a reassunção ocorrerá na própria unidade de lotação.

18 comentários:

  1. Taí!
    Pior do que tá,ainda pode ficar...O sangue de Jesus tem poder!

    ResponderExcluir
  2. Eu no caso desses aii.ficava mantendo meu salario pq p vereador nenhum desses aii merece nem meu voto nem da minha familia mostra c quem tu andas que eu direi quem tu és.se apoiam o prefeito se piores do que ele.

    ResponderExcluir
  3. Juntando todos ai nao da nenhum, ou seja, o povo nao tao mais besta nenhum ai se elegem nem o proprio prefeito, nem esses ai sanguesungas!

    ResponderExcluir
  4. Eita terra p gente ver coisa so cx prego mesmo rsrsrsrsds esses aiiii são candidatos?

    ResponderExcluir
  5. O mais preparado e o kelcimar.voto nele

    ResponderExcluir
  6. Gusmão 422 votos pq tem muitos dele na secretária de educação.
    Leonardo 563 votos vai gastar 500$ mil e vai perder por 7 votos na coligação.
    Karime 96 votos pq deve todo mundo e não tem caráter nem para pedir voto.
    Alex Abreu 239 votos pq só sabe ir no pagode e não dança.
    Frak 127 votos só por causa do reis magos.
    Kelcimar 321 votos só deles em dias na saúde.
    Anderson 279 votos da família do prefeito e dos catadores de lixo.
    Marquinhos 96 votos dos que jogam pedra com a mão esquerda.

    ResponderExcluir
  7. Tudo lixo,procurem votar com consciência,não porq recebeu dez,vinte,cinqüenta ou cem reis em troca do seu voto,pra depois vc chorar e não poder dizer nada porq vc foi o culpado dessas pessoas não fazerem nada pela cidade,pensem bem na hora de votar,não se vendem.

    ResponderExcluir
  8. Tbm e vai ser eleito cabra bom da peste

    ResponderExcluir
  9. Deveriam cada um ficar no seu cargo porq nenhum é eleito ..pra mim o mais provavel é o Leonardo pq Dr Gilb tem pra gastar.porq hj o voto vai muito de quem dar mais

    ResponderExcluir
  10. Todos fracos esse Kelcimar é o que faz mais inimizades não sabe ser político!

    ResponderExcluir
  11. SÓ MALA SEM ALÇA KKKKK NÓS MERECEMOS.

    ResponderExcluir
  12. procurem votar com consciência,não porq recebeu dez,vinte,cinqüenta ou cem reis em troca do seu voto,pra depois vc chorar e não poder dizer nada porq vc foi o culpado dessas pessoas não fazerem nada pela cidade,pensem bem na hora de votar,não se vendem.

    ResponderExcluir
  13. Utilidade pública : Eis aí alguns dos secretários do prefeito, responsáveis pelo caos que hoje vive. Muito bom ve-los . Assim como a câmara de vereadores . Calados e complacentes com a administração, fecham os olhos diante de tanta patifaria.

    ResponderExcluir
  14. Uns dois aí estão preparados financeiramente para a campanha.

    ResponderExcluir
  15. A destruição de Bacabal passa pela incompetência do prefeito, pelas ausências dos vereadores que deveriam fiscalizar,cobrar,mais ficam calados,cegos,surdos e mudos e também pela total falta de competência, desses secretários que só sabem é usufruir do cargo para comprar mansões,carrões, viajar e curtir com nossas caras,votem em gnt que merecem não se vendem, esses aí, só incompetentes.

    ResponderExcluir
  16. Só quem merece voltar para a Câmara é aquele que não apoia a irresponsabilidade do prefeito que não paga funcionários em dia.
    Não tem coisa pior do que passar o mês trabalhando e nao receber nada no final do mês.

    ResponderExcluir
  17. Discordo de alguns comentários acima. Não associem a má administração de Zé Alberto a alguns secretários! O professor Frank Oliveira é um excelente profissional, muito bem preparado para o mundo político.. Já trouxe vários benefícios para a juventude de Bacabal juntamente com Marcos Oliveira, pessoa de Boa índole, que a meu ver merece um lugar na Câmara de vereadores também! Anderson também fez um bom trabalho e faz. Uma Boa pessoa. Esses 3 nomes me representam e eu não estou ganhando um centavo pra postar esse comentário.

    ResponderExcluir

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...