PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

domingo, 17 de janeiro de 2016

SÃO MATEUS DO MARANHÃO: Polícia Militar conduz a delegacia dois homens acusados de perturbação do sossego público e desacato. vídeo mostra parte da confusão

De acordo com a 2ª Companhia da Polícia Militar, em São Mateus do Maranhão, uma guarnição que fazia rondas naquela cidade, por volta das 19 horas deste sábado (16), avistou um Golf com o porta-malas aberto e com o som automotivo ligado. O veículo estava estacionado em frente a um bar, localizado  na avenida da Rodoviária.

Ainda segundo informações repassadas à imprensa, os policiais solicitaram que o condutor Antônio Carlos Dias Barreto, conhecido como “Toinho da Band”, desligasse o som e estacionasse de forma correta, pois em São Mateus do Maranhão não seria permitido som automotivo em via pública, visto o número elevado de ocorrências decorrentes de bebedeiras. Entretanto, o mesmo se recusou a atender a solicitação.

A polícia também afirma que o acusado estava visivelmente alterado pelo consumo de bebida alcoólica e no momento que a guarnição teve que se ausentar para atender outra ocorrência, ele teria mantido o som ligado e insuflado populares contra a PM, que chegou a ser vaiada.

Ao retornarem novamente ao local, os policiais encontraram “Toinho da Band”, já na companhia de várias pessoas e, novamente, teria se recusado a desligar o som do seu veículo, fazendo com que fosse necessário mobilizar outra guarnição policial que se deslocou da cidade de Alto Alegre do Maranhão.

Durante a revista pessoal “Toinho da Band” ofereceu resistência e teve que ser contido com uso de força necessária e algemas, juntamente com outra pessoa identificada como Adão Machado de Araújo.

“Despreparada’, “corrupta”, “truculenta” e “perseguidora”, foram algumas das acusações que os dois teriam feito contra a polícia antes de serem conduzidos.
O veículo e o som não foram apresentados na delegacia devido a ausência de reboque na cidade, mas foram entregues ao filho do proprietário.

A guarnição era composta por capitão Araújo, sargento J. Amorim, cabo Arimatéia, Soldado Rafael e policiais de Alto Alegre do Maranhão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...