PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-1.gif

domingo, 20 de dezembro de 2015

Roberto Costa denuncia baixa qualidade nos serviços de internet oferecidos pela OI

Informações da Assessoria
Dep. Estadual Roberto Costa

“Bacabal tem sido vítima de um absurdo que é a falta de respeito, não só da Oi, mas que todas as operadoras de telefonia móvel e internet têm tido com a população”, disse, em discurso na tribuna o deputado estadual Roberto Costa (PMDB).

“Fazer uma ligação, por exemplo, em Bacabal é um verdadeiro milagre”, criticou. Costa enfatizou sua denúncia nos apagões de internet sofridos pelos assinantes da Oi Velox em Bacabal. A cidade ficou durante quatro dias sem internet na última semana. É o quarto apagão em menos de 12 meses.

“Isto tem prejudicado economicamente a cidade de Bacabal. A internet da Velox toda semana tem dificuldade, tem encerramento na transmissão dos sinais. A cidade não conseguia fazer qualquer tipo de atualização, qualquer tipo de funcionamento de qualquer sistema que dependa da internet”, disse.

Costa também denunciou outro agravante: quando é feita a compra do plano, a empresa entrega a linha, mas a internet não está sendo fornecida, porque, segundo o parlamentar, hoje a capacidade estrutural da OI para fornecer a internet para a população de Bacabal se esgotou. Ainda assim, a empresa continua vendendo esse plano da linha telefônica atrelada à internet e só entrega a linha telefônica.

Outra irregularidade apontada pelo deputado Roberto Costa refere-se ao plano internet de 10 gigas que não é entregue em toda sua totalidade à população. Isto é, o consumidor que adquiriu os 10 megabytes, recebe, no máximo 2. “Na maioria das vezes só se consegue entregar 1 giga. Então mais um desrespeito. Agora o mais grave de tudo isso, é que a conta da OI quando chega à casa do cidadão bacabalense chega com o valor sem descontos”, asseverou.

Para finalizar, o deputado cobrou soluções para o problema e solicitou a atuação do Procon estadual. “O Procon do Maranhão, através do Dr. Duarte Júnior, que tem feito um trabalho brilhante à frente do órgão, realizou acordo com essas operadoras e na verdade esse acordo terminou atendendo a cidade de São Luís com a internet grátis e novas torres das empresas nos municípios maranhenses”, informou.

“Mas, ora, essas novas torres fazem parte do investimento da empresa na sua infraestrutura, é obrigação dela ter essas torres nos municípios, a ampliação para a melhoria do serviço. Agora o que deve também atender as outras cidades, inclusive Bacabal, e que dentro do acordo se garanta também a internet gratuita para a cidade de Bacabal. A OI foi multada também pela má prestação de serviço que presta na cidade de Bacabal. Não podemos admitir que esse desrespeito continue acontecendo com a população”, concluiu.

Resolução Anatel

A resolução da Anatel, nº 574, de 28 de outubro de 2011, e alterada em novembro de 2014, determinou limites mínimos de velocidade da internet ainda mais rígidos para as operadoras. Terminando o cronograma iniciado em 2012, as empresas deverão entregar pelo menos 80% da taxa de transmissão média e 40% da taxa de transmissão instantânea. Para averiguar a qualidade, a Anatel aplica dois parâmetros: a taxa de transmissão média e a taxa de transmissão instantânea.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...