Dominada pela marginalidade Bacabal vive a mercê da própria sorte e homem é esfaqueado em praça pública

01/12/2015
Vítima esfaqueada e aguardando
socorro.
Parte da imprensa local, em especial o Blog do Sérgio Matias, vem há alguns meses batendo insistentemente na tecla da insegurança que toma conta de Bacabal. São inúmeras as postagens relatando assaltos, furtos, execuções, latrocínios e os mais variados tipos de crimes que deixam nossa população entregue a própria sorte e sem que nossas autoridades reajam duramente no sentido de exigir do Governo do Estado ações concretas que mude esse quadro vergonhoso.

Por enquanto, as poucas cobranças que foram feitas pelos representantes políticos não foram levedas a sério.

Nem bem o último mês do ano começou e mais casos continuam sendo registrados, alguns com vítimas fatais, como foi o caso do jovem Adonias Gonçalves dos Santos que tombou numa poça de sangue após ser atingido por dois tiros disparados por uma dupla de assaltantes- Entenda o caso: Jovem morre vítima de latrocínio em Bacabal.

Horas depois, outro rapaz com praticamente a mesma idade, identificado como Silvio Noronha Gomes, foi esfaqueado quando se encontrava na Praça Liberdade, localizada no Bairro Cohab III, onde ele reside.

O autor da tentativa de homicídio teria se aproximado em uma bicicleta e dado o golpe que atingiu o estomago da vítima que foi socorrida por populares e colocada na garupa de uma motocicleta. Como todo e qualquer procedimento cirúrgico está suspenso no Pronto Socorro Municipal de Bacabal, Silvio foi encaminhado às pressas para o Hospital Geral de Peritoró.
Bicicleta deixada para atrás pelo criminoso
que fugiu a pé.
Você pensa que acabou?!

O jovem que pilotou a motocicleta onde Silva foi socorrido, ao retornar para casa, também no Bairro Cohab III, foi abordado na porta de casa por dois elementos armados que estavam em uma Honda/Pop 100, cor preta.

A dupla tentou tomar seu celular, e, por pura sorte, ele conseguiu escapar ileso e com o aparelho.

Dezembro sangrento

A noite desta terça-feira, primeiro dia do mês de dezembro de 2015, escancarou ainda mais aquilo que só os responsáveis por promover a segurança da população não querem enxergar, ou seja, Bacabal hoje é dominada pela marginalidade.

Leia também

Next
Faça seu comentário

4 comentários: