Bacabalense é preso em flagrante como falso advogado

03/12/2015
Foto: Reprodução/TV Mirante.
Um homem identificado como Ronnyere Fonseca de Amorim, de 35 anos, foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (2), em São Luís, suspeito de praticar estelionato. Segundo informações do delegado Tiago Bardal, da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), Ronnyere se apresentava como advogado para as vítimas.

Conforme o delegado, as investigações sobre o caso foram iniciadas há quatro meses, quando um empresário que estava devendo à Receita Estadual contratou Ronnyere como advogado e, segundo a polícia, começou a ser extorquido pelo o suspeito. O falso advogado, que já tinha um mandado de prisão preventiva decretado pela a Justiça, teve acesso a uma lista de empresas do Maranhão com impostos para restituir ao governo.

De acordo com a polícia, Ronnyere usava uma carteira falsa com a inscrição de um advogado do eEstado do Piauí. Ele teria pago R$ 20 mil pela falsificação do documento. Oito vítimas compareceram à delegacia e denunciaram o homem por diversos golpes, que teriam rendido ao estelionatário cerca de R$ 500 mil.

A polícia afirma que o falso advogado conseguiu enganar até mesmo as autoridades. Ele acompanhou clientes em audiências realizadas no Fórum de São Luís e chegou a se apresentar na sede da Polícia Federal com a carteira falsa da OAB.

Ronnyere Fonseca de Amorim, natural de Bacabal, foi autuado em pelos os crimes de estelionato, falsidade ideológica e extorsão. Ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital maranhense. (Com informações do G1MA).
Faça seu comentário

2 comentários: