PUBLICIDADE

sobrinho_banner
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNERS-agosto-4.gif

ABAIXO-ASSINADO: Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bacabal pede a saída do secretário de saúde, acusado de assédio moral e de cortar direitos

Com narizes de palhaço, cornetas, faixas e cartazes, dezenas de servidores públicos do município e representantes do sindicato da categoria, com o apoio da Força Sindical, FETRACSE/MA, do SEEMA-Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Maranhão e do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de Bacabal e Região Mearim, realizaram na manhã desta segunda-feira (28) um Ato Público para protestar contra salários atrasados, incluindo o 13º, e fazer reivindicações.

“O natal foi péssimo para nós, minha filha me pediu uma boneca e eu não tive como comprar. Não tive uma ceia descente [...] e nada de pagamento”, disse o agende de endemias, Carlos Ronaldo.
Depois de se concentrarem na Praça Silva Neto, no centro da cidade, onde os representantes sindicais se pronunciaram, os participantes seguiram a pé até ao prédio da Câmara Municipal de Bacabal onde eram aguardados por uma comissão de vereadores. Na sala de reunião do poder legislativo o comando de greve relatou as dificuldades que vêm enfrentando e solicitaram a intermediação dos edis no processo de negociação.
Além do atraso de salário, uma das questões polêmicas abordadas na reunião foi a ameaça de demissão que os servidores contratados/grevistas estavam sofrendo por parte dos gestores da Secretaria Municipal de Saúde. “Muitos não vieram no movimento por medo, então isso tem que acabar. Ninguém vive no mundo de opressão, do gestor, do secretário ou alguém importante chegar e coagir alguém. Não existe isso, a luta é de direito!”, relatou Valdiza Vieira, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bacabal, que também pediu aos vereadores que de fato representem o povo, que fiquem realmente do lado do povo e não do prefeito, porque prefeito passa e o povo continua aí para elegê-los em 2016.
Fora Kelcimar!

Entre as reivindicações incluídas na pauta dos servidores também está a saída do secretário de saúde, Kelcimar Virgino, e para tanto o sindicato recolhe assinaturas em um abaixo-assinado que serão entregues cópias aos vereadores e ao prefeito José Alberto Oliveira Veloso.
Kelcimar Virgino é acusado pela categoria de retirar, dentre outros direitos, a dobra salarial e adicional de insalubridade dos servidores, sem contar com o atraso dos salários e 13º, assim como também assédio moral.

No final da reunião a comissão de vereadores se colocou a disposição dos grevistas e prometeu contactar com as partes envolvidas.
Na amanhã desta terça-feira (29) o salário do mês de novembro dos servidores efetivos foi depositado na conta, porém, o 13º e os vencimentos dos contratados e dos agentes de endemias continuavam pendentes, aguardando a promessa de que seriam honrados antes da virada do ano.
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Arquivo

Rádio Timbira

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BANDEIRA 2

BANDEIRA 2

AGORA BACABAL

AGORA BACABAL

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ALUGADORA VISUAL

ALUGADORA VISUAL

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE