Donos de empresa que fez parte de esquema que desviou R$ 4,5 milhões dos cofres da Prefeitura de Bacabal foram presos em São Paulo

27/11/2015
Foto: Reprodução/TV Mirante.
O casal Charles da Silva Viegas e Maria José Viegas foi preso em São Paulo (SP) durante operação conjunta com as Polícias Civis do Maranhão e de São Paulo nesta quinta-feira (26). Eles são donos da construtora El Berite, que deu nome à operação que investigava o desvio de recursos públicos da saúde e educação sem qualquer tipo de contrato com a prefeitura da cidade de Bacabal.

A prisão do casal foi articulada pela Polícia Civil do Maranhão e operacionalizada pela Polícia Civil de São Paulo. Charles e Maria José Viegas já tinham residência estabelecida na capital paulista e eram alvos da investigação, que os localizou e prendeu. Eles responderão, dentre outros crimes, por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e ocultação de bens.

A investigação da Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor) constatou que a empresa El Berite desviou R$ 4,5 milhões e pulverizou o dinheiro para agiotas, servidores públicos e vereadores. A operação foi concluída com a prisão preventiva de nove pessoas envolvidas.

Na operação, já foram presos o ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Nonato Lisboa; os ex-secretários da prefeitura, Aldo Araújo de Brito (também ex-presidente da comissão de licitação) e Gilberto Ferreira (ex-tesoureiro); a esposa de Pacovan, identificada como Edna Maria Pereira; e o filho da ex-prefeita da cidade de Dom Pedro, Eduardo José Barros Costa. (Informações do G1MA).
Faça seu comentário

4 comentários: