Portarias do 15º BPM obriga policiais a concederem entrevista à imprensa e proíbe parcialmente uso do gás de pimenta nas ações

01/10/2015
Quando num rompante o comando do 15º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão e parte dos apresentadores de TV de Bacabal resolveram sentar na mesma mesa e selar o fim do imbróglio que durante dias gerou troca de acusações e ofensas – entenda o caso -, eles devem ter imaginado que a relação PM/Imprensa voltaria a ser como antes e, por isso, até bebemoraram.

Todavia, na prática absolutamente nada mudou.

Depois disso as poucas informações que chegaram à imprensa sobre o resultado das ocorrências policiais, mais precisamente em Bacabal, foram repassadas pelo próprio Tenente-coronel Miguel Neto, já que sua tropa tem sido enfática em afirmar que não compactua com a decisão por ele tomada e que continuaria se negando a conceder entrevistas.

Em razão disso, nesta terça-feira (29) o comandante baixou portaria determinando aos oficiais que estiverem a frente das operações policiais, e no encargo de Coordenador do Policiamento da Unidade (CPU), na sede do batalhão ou nos destacamentos em outros município pertencentes à área abrangida pelo 15º BPM, que atendam os profissionais de imprensa, prestando os esclarecimentos a respeito das ocorrências.

O COMANDO DO 15º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR (15º BPM), no uso de suas atribuições legais e de acordo com a Portaria nº 065 – DP/2, de 14 de janeiro de 2015.

Abaixo as considerações:

1.   Considerando a necessidade de fornecer informações para a população, através dos órgãos de imprensa, no âmbito da área do 15º BPM;

2.   Considerando a necessidade de disciplinar e atribuir responsabilidade aos detentores de informações policiais de interesse público;

3.   Considerando que é interesse do comando da UPM estabelecer uma linha de ação que aproxime a força policial da população, divulgando as ações de interesse do público, o que pode ser favorecido através dos órgãos de imprensa;

4.   Considerando, finalmente, que é fundamental criar mecanismo de interatividade com os meios de comunicação da área do 15º BPM, pois na estrutura organizacional da unidade não existe uma seção de relações públicas.

O documento finaliza destacando que: Incorrerá em transgressão disciplinar aquele(a) que deixar de cumprir o que determinado na portaria.

Em outra portaria baixada no mesmo dia o comando determina que qualquer espécie de gás de uso permitido pelo Comando da Polícia Militar, e constante na carga do 15º BPM [como o spray de pimenta] somente poderá ser utilizado em operação de Controle de Distúrbio Civil (CDC) e mesmo nesta situação, por tropa especializada.

Dessa forma deveremos ter capítulos extras dessa novela, pois, de acordo com informações repassadas por policiais, a associação que representa a categoria irá buscar medidas legais que lhes garantam o direito de permanecer agindo da mesma forma, no que tange a imprensa.

Já em relação a proibição parcial da utilização de qualquer espécie de gás de uso permitido a PM, os policiais alegam que a determinação atropela o - Uso de Progressiva Força – regra que consiste na seleção adequada de opções de força pelo policial ou agente de segurança, em resposta ao nível de ação do indivíduo suspeito ou infrator da lei a ser controlado. E, praticamente, os abriga em alguns casos a fazer uso da arma de fogo ou de força letal que se constituem em medidas extremas, somente justificáveis para preservação da vida.  

Leia também

Next
Faça seu comentário

9 comentários:

avatar

Esse é um país democrático que obriga você ada entrevista, a vota, tenente-coronel miguel neto não obrigue ninguém ada entrevista você tá ferindo a democracia, a não se os polícias vão receber direito de imagem. Outra coisa tenente-cornel neto não baixe a cabeça pra esses mercenários da imprensa televisiva de bacabal.

avatar

So basta agora o comandante ter autoridade suficiente para fazer seus subordinados cumprir o que foi escrito e assinafo por ele. Você acredita que eles cumprirão?

avatar

Eu quero é ver quem nesse mundo vai me obrigar a dar entrevista

avatar

é melhor usar o spray de pimenta do q usar a pistola em determinadas situações.daqui a pouco o criminoso é q vai conduzindo a viatura e o policial vai algemado denttro do camburão kkkkkkk

avatar

PARABENS CORONEL...

avatar

Esta, era a hora de alguém da imprensa, se fosse inteligente, se aproximar dos PMS , que são as fontes de informações, e acabarem com este clima que não é bom pra ninguém, acredito que não existe nada legal que obrigue os policiais a darem entrevistas, existem vários atalhos que podemos usar, sem desobedecer as ordens do cmt e continuar no silencio

avatar

Quero que alquem mi responda por que não se estoura bocas de fumo como se estourava. Quando major Egídio tava em Bacabal???

avatar

Boca de fumo tem lá as suas vantagens...

avatar

Quando os que comandam perdem a vergonha, os que obedecem perdem o respeito.

Denúncias, críticas, reclamações e/ou sugestões devem ser enviadas para o email blogdosergiomatias@gmail.com ou via aplicativo whatzApp (99) 8217-3212.