GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Operação comandada pelo Coronel PM Egídio Amaral resulta na prisão de acusados de receptação de fios de cobre da empresa Vale, em São Luís

Operação comandada pelo Coronel PM Egídio Amaral, comandante do Policiamento de Área Metropolitana – 3 (Cpam-3), após denúncias de furto de materiais elétricos da empresa Vale, fez várias incursões no sentido de identificar  os acusados pela prática delituosa.

Por volta das 13h desta terça-feira (15), Foram conduzidos ao 12º DP de Pedrinhas os acusados Robson Ribeiro Tavares, 24 anos, e Iago Reis dos Santos, 19, ambos residentes no Bairro naquele bairro.
A dupla trabalha na Sucata União, onde o material foi encontrado e reconhecido por funcionários da Vale. No local a PM encontrou vários metros de fios e cabos de cobre; 02 (dois) refletores e 01 (uma) bateria.

O furto do material tem causado grandes problemas e transtornos a empresa, uma vez que acontece provoca a paralisação de trens e navios, causando um prejuízo de aproximadamente meio milhão de reais.
Os dois negaram a participação no furto, porém, foram enquadrados como receptadores.

De acordo com o Art. 180, do Código Penal, receptação é: "Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, (receptação própria) ou influir para que terceiro, de boa fé, a adquira, receba ou oculte”, com pena de reclusão, de três a oito anos, e multa.
“Recebemos a denúncia e caímos em campo com o único objetivo de identificar e prender os acusados. Logramos êxito na missão. Materiais recuperados, e esperamos que fatos desta natureza não se repitam. Estaremos atentos para coibir este e quaisquer atos ilícitos em nossa área de atuação”, disse o coronel PM Egídio Amaral.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...