GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

domingo, 20 de setembro de 2015

Bispo de Bacabal é homenageado com o Título de Cidadão Maranhense

A Assembleia Legislativa realizou, na manhã desta sexta-feira (18), Sessão Solene para a entrega do Título de Cidadão Maranhense ao bispo da Diocese de Bacabal, Dom Armando Martin Gutierrez. Na abertura da sessão, presidida pela deputada Valéria Macedo (PDT), o autor da homenagem ao bispo, o deputado Roberto Costa (PMDB), proferiu um emocionado discurso, na tribuna, ressaltando a importância do reconhecimento do trabalho realizado pelo bispo Dom Armando Gutierrez na Diocese de Bacabal.

“Estou há quase 10 anos nesta Casa e, poucas vezes, senti a emoção que sinto agora, neste ato de celebração em que se reconhece, publicamente, em Sessão Solene, em nossa Assembleia Legislativa, os relevantes serviços prestados pelo bispo Dom Armando ao povo do Maranhão, especialmente aos municípios que estão na jurisdição da Diocese de Bacabal”, discursou o deputado.
Na solenidade, que contou com a presença de diversas personalidades representativas da sociedade de Bacabal e de outros municípios da região do Médio Mearim,  Roberto Costa destacou a trajetória de vida de Dom Armando, salientando que se trata de um homem profundamente sensível às questões sociais. “Dom Armando é um homem simples, de paciência, de Deus e de Misericórdia. Repito: é um homem do povo! E com certeza foram estas dentre tantas as qualidades que o fizeram ser eleito bispo desta terra maranhense, que já o ama como pai e amigo. É merecedor de uma das maiores honrarias desta Casa Legislativa”, declarou Roberto Costa.

No mesmo tom, o senador João Alberto (PMDB), que também fez questão de participar da Sessão Solene, afirmou que Dom Armando Gutierrez tem realizado inúmeros trabalhos que visam o resgate e a valorização da pessoa humana em toda a região de Bacabal.
O senador destacou a personalidade do bispo. “Posso dar meu testemunho de que o bispo Dom Armando é merecedor desta homenagem porque ele faz um trabalho formidável, buscando despertar a solidariedade, não apenas entre os cristãos católicos, mas em toda a sociedade da região do Médio Mearim, em relação aos problemas que atingem a todos e buscando soluções concretas para resolução destes problemas. Ano após ano, ele realiza um trabalho que foi criando vulto e hoje se faz conhecido e respeitado por todos os segmentos da sociedade de Bacabal e de toda aquela região”, afirmou o senador João Alberto.
A Sessão Solene contou também com a presença do professor Domingos Ferreira Silva, na condição de representante da Secretaria de Estado da Educação (Seduc); da vereadora Natália Duda, representando a Câmara Municipal de Bacabal; do padre Lauro Henrique, da Catedral de Santa Terezinha; dos empresários João Luís Ribeiro e Luís Neto (foto acima), representando a classe empresarial de Bacabal e de diversas personalidades ligadas a paróquias, pastorais, entidades religiosas e comunitárias de cidades da região do Médio Mearim.

Agradecimento

Após o discurso proferido pelo deputado Roberto Costa, o bispo de Bacabal, Dom Armando, ocupou a tribuna, manifestando sua gratidão pela homenagem que lhe fora concedida pela Assembleia Legislativa: “Agradeço a todos, não pensei que um dia receberia uma honraria tão grandiosa quanto esta. Porém devo dizer que esta homenagem é feita não somente a mim, mas a uma multidão de pessoas que sonham por um Maranhão melhor, e que inspiram todo o nosso trabalho”, afirmou Dom Armando.

Ao encerrar a cerimônia, a deputada Valéria Macedo, que presidiu a Sessão Solene, declarou-se imensamente honrada por ter sido escolhida para conduzir os trabalhos, fazendo questão de lembrar que a homenagem ao bispo de Bacabal foi aprovada por unanimidade pelos deputados da Assembleia Legislativa do Maranhão: “Foi uma honra para mim presidir esta cerimônia, fico feliz, muito honrada e agradecida por esta Casa poder fazer este justo reconhecimento ao trabalho do bispo Dom Armando”, afirmou Valéria Macedo.
Trajetória

Dom Armando Martín Gutiérrez, que nasceu em 16 de dezembro de 1954, em Madrid na Espanha, frequentou os estudos de primeiro e segundo grau no colégio Amore Misericordioso, em Lujua, Espanha e os cursos de Filosofia e Teologia no Instituto Teológico Marchigiano, na cidade de Fermo, Itallia.

Fez mestrado em Teologia Moral na Pontifícia Academia Alfonsiana de Roma. Emitiu a primeira profissão na Congregação dos Filhos do Amor Misericordioso em 08 de setembro de 1974 e a Perpétua em 1978.

No dia 6 de outubro de 1979, Dom Armando Martín Gutiérrez foi ordenado sacerdote, em Spinaceto, Roma. A partir daí exerceu os seguintes ministérios: na Itália, era responsável pelo Seminário Menor da Congregação em Collevalenza, Perugia, Itália; vice-reitor da Casa do Clero de Perugia; vice-mestre dos noviços em Matrice, Campobasso, Itália.

Em 1988 veio para o Brasil, onde exerceu na Diocese de Mogi das Cruzes (SP), os cargos de mestre dos noviços (1988-2002); professor de Ética, no Seminário Diocesano e de Teologia Moral, no Instituto de Filosofia e Teologia Paulo VI (1992 -2002); superior de comunidade (1993-2002). Na diocese de Juiz de Fora foi mestre de juniorado, superior de comunidade e vigário paroquial (2003-2005);

Em 2 de novembro de 2006, Sua Santidade o Papa Bento XVI o nomeou Bispo da Diocese de Bacabal, sucedendo a Dom José Belisário da Silva que foi nomeado pela Santa Sé, Arcebispo Metropolitano de São Luís do Maranhão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...