GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Se dizendo 'possuído', marido ameaça esposa e quebra tudo em casa; ele se recusa a trabalhar e quer viver à custa do Bolsa Família

Um homem identificado como Raimundo Mendes Veras, 21 anos de idade, está sendo acusado de ameaçar de morte sua esposa, Edilene Rodrigues, de 26 anos.

O fato ocorreu na noite de domingo (23), no povoado Santo Antônio dos Vieiras, zona rural de Bacabal.

Raimundo teria ficado revoltado após sua esposa insinuar que queria colocar um fim na relação, entretanto, o clima só esquentou mesmo depois que ele saiu e, horas depois, retornou bêbado para casa dizendo estar possuído por espíritos malignos e se recusando a aceitar a separação.

Armado com uma faca, Raimundo segurou em um dos braços de Edilene que, por sorte, conseguiu se desvencilhar e correr em direção à casa de vizinhos, enquanto seu marido dava início a uma quebradeira que incluiu aparelho de TV, mesa, armário e outros móveis e objetos.
Até partes das paredes da casa foram derrubadas com um machado.
Com medo de ser morta, Edilene acionou a Polícia Militar de Bacabal, porém, ela alega que foi orientada a entrar em contato com o Destacamento da cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão, já que apesar de pertencer a área territorial de nossa cidade, as ocorrências policias na localidade que ela reside, são atendidas por lá em função da proximidade. Enquanto isso o acusado empreendeu fuga e, até por volta do final da tarde desta terça-feira (25), Edilene não havia comparecido na Delegacia Especial da Mulher para ser ouvida.
Para a imprensa ela relatou que a motivação do seu pedido de separação é porque o acusado pretendia continuar vivendo apenas à custa do beneficio do ‘Bolsa Família’ que o filho do casal recebe do Governo Federal. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...