GOVERNO DO MARANHÃO

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

EMPÓRIO CHURRASCARIA E CERVEJARIA

PUBLICIDADE

BANNERS-DEZEMBRO-2.gif

terça-feira, 25 de agosto de 2015

"Ela tem um quadro de hipertensão e depressão, chegou a desmaiar antes da ação da Polícia Federal", diz advogado da prefeita de Bom Jardim

De acordo com publicação do jornalista Diego Emir, Lidiane Leite, prefeita de Bom Jardim, foragida e procurada pela Polícia Federal, já tem novo advogado. O escritório de Carlos Sérgio Barros foi contratado e assumiu o caso a partir desta segunda-feira (24). Em seu blog o jornalista diz que manteve contato com o advogado, que revelou estar entrando na manhã desta terça-feira (25), com um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça para que Lidiane se entregue e não fique presa.
Segundo Carlos Sérgio Barros, não existem provas que incriminem a prefeita e ela também estaria disposta a contribuir nas investigações da Polícia Federal, “diante dessa situação não faz sentido prender a Lidiane”, explicou o advogado.
O advogado afirmou que não manteve contato com a prefeita que segue foragida, porém foi informado que ela está muito mal fisicamente e psicologicamente. “Ela tem um quadro de hipertensão e depressão, ela chegou a desmaiar antes da ação da Polícia Federal na última sexta-feira (21)”, contou o representante jurídico da gestora que também garantiu não saber onde está escondida a chefe do executivo municipal de Bom Jardim.
Sobre a questão do município ficar sem prefeito, Carlos Sérgio disse que precisaria saber o que dispõe a Lei Orgânica do município, mas geralmente o chefe do executivo não pode se ausentar do cargo sem justificativa por mais de 15 dias, no entanto, ele lembra que a operação da PF pode ser um atenuante para o caso de Lidiane e assim talvez a consiga mantê-la no cargo, mesmo após o prazo.
Por fim, Carlos Sérgio Barros descarta que a prefeita de Bom Jardim possa se entregar na manhã desta terça-feira (25) e que isso só deve ocorrer quando ele tiver uma resposta do pedido de habeas corpus feito no STJ. “Acredito que até o final dessa semana teremos um desenrolar desta história”, sentenciou o advogado. Ele ainda lembra que caso seja negado o habeas corpus ou ocorra a captura de Lidiane Leite, ela pode ser conduzida ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, porém por conta do seu estado de saúde, a prefeita pode ficar presa em outro local como a carceragem da Polícia Federal, no bairro Cohama, ou no Quartel da Polícia Militar, no bairro Calhau.
Lidiane Leite (PP), de 25 anos, é suspeita de desviar dinheiro da educação no município e a Polícia Federal lançou um alerta no último fim de semana: quem estiver ajudando a prefeita a se esconder vai ser tratado como integrante de organização criminosa. “Pelo tempo que ela está desaparecida, é muito provável que ela esteja recebendo o auxílio de outras pessoas. Isso pode fazer com que essas pessoas sejam incluídas na organização criminosa que se investiga", diz o superintendente da PF no Maranhão, Alexandre Saraiva.

A expectativa da PF é conseguir prender Lidiane ainda nesta semana. "A população tem ajudado com outras informações, nós estamos montando esse quebra-cabeça”, afirma Saraiva. (Com informações do G1MA).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...