PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 21 de julho de 2015

Policial Militar atingido por tiro acidental disparado por colega de farda, continua internado

O Cabo da Policial Militar, João Batista Pereira de Sousa Filho (foto), lotado do 15º Batalhão, em Bacabal, que na noite do domingo (19) foi vítima de um tiro acidental disparado pela arma de um colega de farda, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral da cidade de Matões para onde foi transferido no mesmo dia do incidente.

A bala que atingiu Cabo Batista transfixou sua barriga. Ele já foi submetido a uma cirurgia e no momento encontrasse sedado.

O comando do 15º BPM e a direção da Associação dos Policiais Militares da Região do Médio Mearim – ASPOMMEM, estão prestando apoio à vítima, assim também como ao Sargento Sousa, autor do disparo acidental.

Visando que o policial baleado tenha um atendimento ainda melhor, seus colegas de trabalho estão tentando tranferi-lo para o Hospital Municipal de Urgência e Emergência Clementino Moura, o Socorrão II, em São Luís, mesma unidade de saúde onde a também bacabalense Samirys Diniz, 20 anos, vítima de um acidente de trânsito ocorrido no final da tarde deste domingo (19), no centro de Bacabal, está internada em uma UTI lutando pela vida.

Entenda o caso envolvendo os dois PMs

Em entrevista concedida, por telefone, ao apresentador Randyson Laércio (TV Difusora), Sargento Sousa relatou todos os detalhes do incidente, que, segundo ele, aconteceu em frente ao Clude de Reggae “Caroço”, localizado na rua Sargento Maurício, próximo a Ciretran, no bairro da Areia. Ouça abaixo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...