PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-1.gif

domingo, 12 de julho de 2015

Cruz Vermelha desenvolverá ações na zona rural de Bacabal

A Cruz Vermelha tem por finalidade prevenir e atenuar os sofrimentos humanos com toda a imparcialidade, sem distinção de raça, nacionalidade, nível social, religião e opinião política.

Divide-se em duas entidades: Comitê Internacional da Cruz Vermelha, que atende as vítimas de guerra; Federação Internacional da Cruz Vermelha, que atende as vítimas de desastre e atua na prevenção, preparação e resposta às emergências.

Ela conta com 97 milhões de voluntários no mundo e 185 Sociedades Nacionais. Atua em todo o território brasileiro, do Rio Grande do Sul até o Amapá com 52 filiais.

Suas ações têm como principais objetivo: Melhorar as condições de vida das comunidades atendidas através de cursos e palestras sobre educação, saúde básica e saneamento visando o desenvolvimento comunitário; identificar os problemas de educação e saúde e dos recursos locais disponíveis das comunidades e indicar possíveis soluções; proporcionar o retorno social direto do INVESTCAP e da CVB aos mais vulneráveis; dinamizar a comunidade, reunindo as entidades que atuam nas mais diversas áreas e através de ação conjunta, resolverem os problemas mais graves.
Cruz Vermelha em Bacabal

Ações semelhantes às citadas acima, serão desenvolvidas no município de Bacabal, mas precisamente em 21 comunidades camponesas.

A partir do dia 17 de julho uma equipe de 10 voluntários iniciará um mapeamento para detectar as reais condições de vida das comunidades selecionadas. O Raio X começará pelo Povoado Centro do Cirilo que funcionará com o QG central da Cruz Vermelha.

De posse dos dados colhidos, os voluntários irão elaborar e encaminhar um relatório final sobre a situação de cada comunidade e suas necessidades emergenciais (Saneamento, Água, Energia Elétrica, Estradas e etc).

A vinda da Cruz Vermelha a Bacabal foi uma solicitação da Procuradoria Geral do Municipal através da titular da pasta Dr. Monique Veloso que com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Emprego, Renda e Turismo, mapearam as áreas mais vulneráveis a serem visitadas pela instituição.

Além do Centro do Cirilo, com o apoio logístico da Prefeitura de Bacabal que fornecerá alojamento, alimentação e transporte, as comunidades Cajueiro, Bela Vista, Fala Cantando, Sincoral, Terra Santa, Seco das Mulatas, Sobradinho, Vila São Francisco, Campo Redondo e mais 11 localidades também irão receber a visita dos membros da Cruz Vermelha.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...