Publicidade

BANNER-NOVO-governo-do-estado.gif
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNERS-GERAL-maio-3.gif

Veículo capota em trecho da avenida João Alberto que passa por reforma

Um homem e duas mulheres que estavam em carro Astra GL, cor prata, de placas CSF-8764, São Paulo-SP, por pouco não perdem suas vidas na madrugada deste domingo (31) quando retornavam do povoado Matinha, município de Alto Alegre do Maranhão, para Bacabal, onde moram.

Ao trafegarem pelo trecho da avenida João Alberto que encontra-se com uma das pistas interditadas para o recapeamento asfáltico, foram surpreendidos por outro veículo que seguia em direção contrária. Para evitar o choque frontal, Rafael Gouveia diz que foi obrigado a fazer uma manobra brusca e seu veículo acabou capotando por várias vezes, vindo a parar próximo a uma cerca de arame farpado em uma área de mato ao lado da pista.
Apesar do susto, ele, a esposa e uma terceira pessoa que também estavam no veículo, só sofreram ferimentos superficiais.

O condutor, não identificado, que conduzia o carro que supostamente foi o causador do acidente não teria parado para ajudar no socorro às vítimas que foram encaminhadas para o Pronto Socorro Municipal.

Os primeiros atendimentos foram feitos por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.
.
Compartilhar:

Acusado de mandar matar jornalista Décio Sá confirma ter sido beneficiado na gestão do ex-prefeito de Bacabal

Glaucio Alencar (foto), acusado de ser o mandante da morte do jornalista Décio Sá, em abril de 2012, foi ouvido na manhã desta sexta-feira (29) na Superintendência de Investigações Criminais (Seic), em São Luís. No local, ele prestou declarações sobre o crime de agiotagem, investigado no Maranhão.

Sem a presença do seu advogado, Glaucio falou sobre os benefícios que recebeu em quatro municípios maranhenses na sala de Comissão de Advogados, que investiga os casos de agiotagem no estado. Segundo a Polícia, a presença de Glaucio na sede da Seic é muito importante porque é um confronto de informações do que já foi investigado, até o momento, em quatro municípios do Maranhão, onde várias pessoas já foram presas.

De acordo com o delegado que preside a Comissão, Roberto Fortes, Glaucio foi beneficiado por quatro prefeituras do estado, segundo aponta a investigação. Ele foi favorecido em Dom Pedro, Bacabal, Zé Doca e Marajá do Sena. Ele afirmou que haverá uma acareação para saber mais detalhes sobre a empresa El Berite, beneficiada durante a ex-gestão em Bacabal.

"Após esse interrogatório dele nós iremos acareá-lo com o proprietário da empresa El Berite, que foi uma empresa altamente beneficiada durante a ex-gestão em Bacabal. Ela foi beneficiada em uma vultuosa soma em dinheiro sem nenhuma justificativa, sem licitação e sem contrato", revelou.

Ainda segundo a Polícia, ainda pode acontecer uma acareação entre Glaucio Alencar e o empresário Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como "Pacovan, preso recentemente. As operações contra a corrupção e a agiotagem no Maranhão já atuaram em quatro municípios com prisões de dois prefeitos e quatro ex-prefeitos. (Com informações da SEIC e G1MA).
Compartilhar:

Situação de Marajá do Sena é discutida no Conselho Superior do Ministério Público

Na manhã desta sexta-feira (29) o Conselho Superior do Ministério Público do Maranhão (CSMP) ouviu o promotor de justiça Lindemberg Malagueta Vieira, titular da Comarca de Bacabal. O promotor trouxe informações sobre o município de Marajá do Sena, termo judiciário da Comarca de Paulo Ramos, pela qual respondeu no período de dezembro de 2014 a abril de 2015.

Marajá do Sena é um dos municípios com piores indicadores sociais do país, tendo sido mostrado em reportagens nacionais. De acordo com o promotor, o município foi fundado em 1997 e atualmente tem 8 mil habitantes. Segundo o IBGE, o município tem mais de 50% de sua população analfabeta.

Lindemberg Malagueta afirmou que a sede do município está em um local inadequado, entre chapadas, sem condições de urbanização e crescimento populacional. Diversas obras têm sido feitas a cerca de 5km, em um local para onde se pretende transferir a sede do município.

O acesso ao município também é difícil, pois boa parte da estrada é de terra e passa por um terreno acidentado. Nos períodos chuvosos, o tráfego de veículos fica praticamente impossível. Essa dificuldade de acesso complica a questão do atendimento médico no município. Marajá do Sena conta com um pequeno hospital público, que faz o atendimento básico. Os casos de maior complexidade são transferidos para Lago da Pedra.

Um outro hospital, em construção, está com suas obras paralisadas. Duas construtoras começaram a trabalhar no local mas desistiram dos contratos firmados com o Estado do Maranhão. De acordo com o promotor, há três equipes do Programa de Saúde da Família no município, além de equipe de atendimento odontológico.

Ainda de acordo com Lindemberg Vieira, faltam serviços básicos como Correios, casa lotérica e agência bancária. Benefícios sociais, que representam a forma de subsistência de boa parte da população, precisam ser sacados em Paulo Ramos.
No âmbito da Promotoria de Justiça de Paulo Ramos, existem atualmente nove procedimentos administrativos em tramitação. A maior parte deles trata da execução de obras e convênios, além de investigações de improbidade administrativa. Na Justiça da Comarca há 31 ações civis públicas propostas pelo MPMA em tramitação. A maior parte delas é relativa a casos de improbidade administrativa.

Os membros do CSMP agradeceram pelas informações prestadas pelo promotor, ressaltando a importância da presença do Ministério Público não só na sede das comarcas, mas também nos Termos Judiciários. A posição foi ratificada pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional da Educação, Paulo Silvestre Avelar Silva, que colocou o órgão de apoio à disposição dos promotores de justiça na busca por soluções para Marajá do Sena.

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, também enfatizou a necessidade dos promotores de justiça de todo o estado interagirem com a comunidade em suas comarcas e de assumir o compromisso de defesa da sociedade.

Convocação de Promotores

Após a veiculação, no início de abril, da reportagem, que tratou do drama da fome e da miséria em municípios maranhenses, o Conselho Superior decidiu convocar todos os promotores de justiça cujas comarcas e termos judiciários foram enfocados. O objetivo dos membros do colegiado é conhecer, com mais detalhamento, a realidade de cada município, verificar que providências já tinham sido tomadas pelo Ministério Público, caso isso já tenha sido feito, e cooperar com mais ações em favor das populações dessas localidades.

Liberação

Ainda na sessão desta sexta-feira, o Conselho Superior decidiu, por unanimidade, pela liberação do promotor de justiça José Osmar Alves, titular da 26ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica, para assumir o cargo de diretor geral de Reforma e Regularização Fundiária do Estado do Piauí. O cargo é equivalente ao de secretário de estado.
Compartilhar:

Deputado João Marcelo entrega presentes para mães em Bacabal

Um dos momentos festivos mais tradicionais de Bacabal é a Festa das Mães, momento que homenageia as mamães bacabalenses com a entrega de presentes e o sorteio de eletrodomésticos durante o mês de maio.

Ao lado do deputado estadual Roberto Costa, o deputado federal João Marcelo Souza (PMDB/MA), esteve no município para fazer a distribuição de presentes e prestigiar as mães. Durante quatro dias, as comunidades dos bairros Pedro Brito, Terra do Sol, Vila São João, Areia, Madre Rosa, Trizidela, Novo Bacabal e os povoados Boa Vista da Tábua e Brejinho foram visitadas, recebendo, no total, mais de dez mil prêmios, além do sorteio de Tvs, Geladeiras e Fogões.
O deputado João Marcelo fez questão de lembrar que a expectativa gerada pela Festa das Mães, reforça a necessidade de manter a tradição do evento: "essa é uma festa que começou há décadas, numa iniciativa do meu pai, senador João Alberto; levar a festa até as comunidades é uma forma de estar mais perto da população, a cada ano a festa cresce, o que nos deixa alegre e motivados em passar dias nessa realização", destacou João Marcelo.
Compartilhar:

FECHANDO O CERCO: Ex-prefeito de Zé Doca presta depoimento sobre envolvimento com agiotagem

Na manhã desta quarta-feira (27) o ex-prefeito de Zé Doca, Raimundo Nonato Sampaio, compareceu à 1ª Promotoria de Justiça da Comarca, onde prestou informações no inquérito civil que apura sua participação no esquema de agiotagem comandado pelo grupo de Gláucio Alencar Pontes Carvalho, acusado de ser um dos mandantes da morte do jornalista Décio Sá.

Em depoimento à promotora Simone Chrystine Santana Valadares, Natim (como é conhecido o ex-prefeito) negou envolvimento no esquema de agiotagem que envolvia diversos municípios maranhenses, inclusive Zé Doca. O ex-gestor afirmou que apenas recebeu ajuda de Gláucio Alencar para a sua campanha eleitoral em 2008, no valor de R$ 100 mil. Desses, R$ 50 mil seriam a título de empréstimo e o restante como ajuda de campanha, a ser paga com o fornecimento de merenda escolar para o município.

Ainda de acordo com o ex-prefeito, uma das empresas ligadas a Gláucio Alencar forneceu merenda escolar para o Município de Zé Doca por um período de pouco mais de um ano. Natim afirma que sofreu ameaças de morte após rescindir o contrato, tendo em vista que a merenda escolar fornecida era de péssima qualidade e não cumpria o percentual de pelo menos 30% de produtos produzidos no próprio município, pelo programa da agricultura familiar.

De acordo com Simone Valadares, desde abril de 2012, quando assumiu a 1ª Promotoria de Justiça de Zé Doca, já foram propostas 25 ações cíveis e criminais somente contra o ex-prefeito Raimundo Nonato Sampaio. Diversos outros procedimentos administrativos e inquéritos civis sobre desvios de verbas do erário por agentes públicos continuam em tramitação na promotoria.
Compartilhar:

Operação ‘Cayenne’ prende suspeitos de desviar quase R$ 34 milhões da Universidade Virtual do Maranhão

 A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (27) a Operação “Cayenne”, que prendeu quatro suspeitos de integrarem uma quadrilha acusada de desviar R$ 33, 78 milhões na Universidade Virtual do Maranhão (Univima), entre 2010 e 2013. As investigações começaram a partir do resultado de auditorias realizadas pela Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC), que revelaram desvio de verbas públicas, no governo passado. Os presos na operação “Cayenne” foram apresentados pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública. A Operação ‘Cayenne’ envolveu diversos entes do Estado.
Entre os presos estão Paulo Giovanni Aires Lima, José de Ribamar Santos Soares, Inaldo Damasceno Correa e Valmir Neves Filho. Eles são suspeitos de desviar aproximadamente R$ 34 milhões da Univima. Na ação, foram apreendidos carros de luxo; joias, estimadas em mais de meio milhão de reais; e relógios de luxo, alguns deles superando R$ 20 mil. As buscas e apreensões foram realizadas em mansões na cidade de São Luís.
Auditores do Estado realizaram serviços de auditoria na Univima e desvendaram um esquema de desvio de recursos públicos do órgão através de fraude no sistema financeiro do Estado, o Siafem.
O esquema fraudulento funcionava da seguinte forma: os ordenadores de despesa do órgão realizavam pagamentos normais aos credores do órgão, que tinham contratos em vigor e que apresentaram faturas a serem pagas. Depois da emissão das ordens bancárias e de confirmar o pagamento pelo banco, o responsável pelo setor financeiro cancelava o pagamento no sistema Siafem e lançava novo pagamento, dessa vez, para empresas fantasmas, usadas apenas para desviar os recursos públicos. A fraude foi realizada durante três anos. Nesse período, os órgãos foram comandados pelos ex-secretários Olga Simão e José Costa.
“Ao receber o relatório de auditoria apontando a fraude, instauramos um procedimento na Corregedoria Geral do Estado para investigar os fatos e depois compartilhamos as provas e relatórios com a Polícia Civil. Ainda não é possível afirmar o envolvimento de servidores de alto escalão, mas a Corregedoria Geral do Estado, vinculada à Secretaria de Transparência, aprofundará as investigações”, destacou o secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, ressaltando que um dos compromissos da atual gestão é a transparência e o combate à corrupção.
O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, destacou o trabalho sério e imparcial realizado pelo governo Flávio Dino no combate ao desvio de recursos financeiros no estado. “A operação visa o combate à corrupção em todas as suas formas. Esses desvios não atingem apenas o patrimônio de forma individual, mas lesa a coletividade. O sistema penal não deve olhar nomes, sobrenomes e cargos. Foi o que foi feito”, pontuou.
O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, destaca que a operação deflagrada nesta manhã é o cartão de apresentação da nova superintendência. “A operação visa investigar desvios na monta de R$ 34 milhões da Univima, a partir de ordens de pagamentos bancários feitos de forma fraudulenta e com vistas à simulação de pagamento de fornecedores”, destacou. O delegado acrescentou a importância da parceria existente entre a Polícia Civil e o Ministério Público, que tem promovido resultados expressivos nas ações desencadeadas no combate ao desvio de verbas. “A partir dessa colaboração, foi viável essa ação. É importante salientar que a operação está apenas em sua 1ª etapa, e ainda não podemos dimensioná-la. Mas, é certo que as investigações vão prosseguir, e em breve, provavelmente, teremos fatos novos” explicou.
O promotor de justiça José Osmar Alves frisou o trabalho em parceria desenvolvido pelas instituições. “A parceria entre o Ministério Público e a Polícia Civil está dando certo e vai continuar dando muitos resultados em curto espaço de tempo. Estamos cumprindo a lei. O poder judiciário com apoio do aparato policial vai responsabilizar quem estiver envolvido em esquemas fraudulentos, independente de quem seja”, pontuou.
O delegado Ricardo Moura, que preside o inquérito, informou que os desvios investigados na Univima ocorreram entre 2010 e 2012. “Com a operação deflagrada nesta quarta-feira (27), conseguimos obter várias provas. Os funcionários presos na ação apresentavam patrimônio incompatível com a s rendas declaradas por eles”, afirmou.
O balanço da ação foi apresentado na tarde desta quarta-feira (27), em uma coletiva de imprensa, realizada no auditório da Secretaria de Segurança Pública. Estiveram presentes, o secretário de segurança pública, Jefferson Portela; o secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago; o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros; o delegado Ricardo Moura, da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção; e o promotor de justiça José Osmar Alves.
Combate à corrupção
Tratadas como prioridade pela gestão Flávio Dino, as ações de combate à corrupção já apresentaram diversos resultados nestes cinco primeiros meses de gestão. Em apenas cinco meses, a Comissão de Investigação de Agiotagem e a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em ações conjuntas com o Ministério Público Estadual já deflagraram operações como a ‘Imperador’, ‘Mahajara’, ‘El Berite’ e ‘Morta Viva’, que revelaram desvios na ordem de R$ 100 milhões.
As ações integram o plano de metas estabelecido pelo governador Flávio Dino para garantir o combate à corrupção e controle social das contas públicas no Estado. Também com este intuito, o atual governo criou a Secretaria de Transparência e Controle (STC), com a missão de assistir direta e imediatamente no âmbito da defesa do patrimônio público. “O objetivo primordial é o combate à corrupção, narcotráfico e homicídio, haja vista que este tripé, de forma direta, infelizmente, é responsável por grande parte da violência do estado”, enfatizou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portella. (informação da SSPMA).
Compartilhar:

Três anos sem Elvio Filho

Neste dia 28 de maio, a família Xavier & Araújo lembra com saudades do primogênito Elvio Filho. Nesta data, completa exatamente 3 anos sem sua presença. Para marcar esse momento, a família convida parentes e amigos para a celebração eucarística na Matriz de São Francisco das Chagas, a partir das 19h.

Fiéis à Palavra do Mestre quando trata da ressurreição, a celebração quer ressaltar a crença na vida eterna e o desejo da família em manter viva a lembrança dessa pessoa tão importante para todos.  
Compartilhar:

Presidente da Assembleia Legislativa e Roberto Costa acertam retomada de obras de hospital e atendimento a pacientes renais

Agência Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), e o deputado Roberto Costa (PMDB) estiveram com a secretária ajunta de Saúde do Estado, Rosângela Curado, nesta quarta-feira (27), buscando resolver dois dos principais problemas enfrentados pela população de Bacabal na área de saúde.
Roberto Costa agradeceu ao presidente Humberto Coutinho por haver intermediado o encontro com a subsecretária e elogiou Rosângela Curado por haver dado garantias de que os problemas serão resolvidos o mais rápido possível. O primeiro será a retomada das obras de construção do hospital regional Laura Vasconcelos e o segundo, a ampliação do número de atendimento a pacientes renais.

No caso do hospital regional, Roberto Costa disse que a subsecretária informou que o governador Flávio Dino (PCdoB) determinou que o problema seja resolvido logo, com a liquidação de uma dívida com a empreiteira e que a unidade subirá de 46 para 50 leitos, para garantir que seja cadastrado no Ministério da Saúde.

O deputado do PMDB informou que o hospital está com 50 por cento das obras executadas e que o ritmo será acelerado para ser entregue o mais rápido para a população.

O outro problema grave enfrentado pela população de Bacabal, de acordo com Roberto Costa, é em relação à quantidade de leitos oferecidos aos pacientes renais. São atendidos 190 provenientes da regional do Mearim, mas existe um fila extra de 50 pacientes precisando de hemodiálise. Rosângela Curado informou que a Comissão Bipartite de Saúde já autorizou a abertura de dez novos leitos e que os outros serão também contemplados com atendimento.

Roberto Costa reiterou o agradecimento ao presidente Humberto Coutinho e à secretária adjunta, na resolução desses problemas. “São apoios importantes e a população agradece porque os pacientes passam por muitas dificuldades, tanto os pacientes renais como outros tipos de doentes, principalmente porque Bacabal não possui atendimento de urgência”, explicou Roberto Costa.
Compartilhar:

Em uma ‘conversa de comadre’ na TV, ex-prefeito preso pela SEIC se diz vítima de perseguição política, mas não soube explicar por que e nem por quem

Ex-prefeito falou por quase duas horas na mesma cadeira e estúdio
que o proprietário da emissora usou por várias vezes para dizer que
não mandava recursos para Bacabal porque Dr. Lisboa era corrupto.
Assim que saiu da cadeia o médico Dr. Raimundo Nonato Lisboa foi orientado a não continuar confinado em sua mansão como fazia desde quando deixou o comando da Prefeitura de Bacabal. Daquela época até uma semana atrás, quando foi preso, o ex-prefeito só saia de casa para trabalhar em sua clínica particular ou cumprir plantões em unidades de saúde do estado em cidades como São Mateus do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão e Tuntum.

Solto na amanhã de sábado (23), no dia seguinte ele esteve visitando povoados da zona rural e nesta terça-feira (26) passou aproximadamente duas horas em uma emissora de TV local tentando se justificar e encontrar culpados para sua prisão.

Avesso a conceder entrevista ao vivo, coisa que praticamente não fez durante os oito anos que foi prefeito, Dr. Lisboa se comportou como todos imaginavam. Calmo e sereno relacionou inúmeros benefícios e ações feitas durante sua gestão. Deu grande destaque ao Bacabal Esporte Clube e as obras de infraestrutura, que comprovadamente foram pontos positivos que contribuíram muito para sua reeleição.

A entrevista, que poderia ter surtido melhor efeito para o próprio ex-prefeito, acabou se transformando em uma ‘conversa de comadre’, tietado pelo apresentador que passou o programa inteiro rasgando elogios e lendo mensagens enviadas por telespectadores, mas claro, todas de correligionários de Dr. Lisboa.
Telespectador (no centro), o único aliás que foi até o estúdio da emissora
cumprimentar o ex-prefeito e o apresentador.
A novela ensaiada só teve de interessante o primeiro capitulo, do segundo adiante o ex-prefeito usou as mesmas justificativas toscas da sua tropa de choque, como a balela que sua prisão teve motivações políticas e não se fazia necessária. O que o ex-prefeito em nenhum momento conseguiu explicar foi, afinal, de quem teria partido essa tal orquestração para desmoraliza-lo.

Se utilizando de subterfúgios, o ex-prefeito relembrou da grande contribuição que o saudoso ex-governador Jackson Lago deu a Bacabal, direcionando para nossa cidade um montante incalculável de recursos que lhe possibilitaram, inclusive, através de convênios com a Secretaria de Estado da Infraestrutura, asfaltar praticamente 100% das ruas da cidade e muitas localidades da zona rural do município, como, por exemplo, a famosa Estrada do Leite que passa por diversas comunidades da populosa região do Brejinho.

Sua extensão (32 km aproximadamente) foi completamente asfaltada, mas, como diz a Justiça, teve mais de 4 milhões de reais de seu recurso desviados por meio de notas frias e transferências bancárias indevidas.

Dr. Lisboa também tentou dar a entender que esse valor foi aplicado na pavimentação asfáltica, construção de sarjeta e meio-fio de todos os povoados daquela região, já que se recusou a devolvê-lo aos cofres do estado.

Desviando o foco

O ex-prefeito alegou que “seus adversários”, na intenção de desmoraliza-lo, só lhe fizeram assinar a intimação quando já estava em São Luís e preso na cela. Ficando subentendido que os policiais da SEIC estavam a serviço de alguém ou eles mesmos são esses tais adversários. Uma acusação grave.

Jogo de cena

Dr. Lisboa, querendo atingir o emocional dos telespectadores, reclamou por não ter sido autorizado a tomar banho antes de te-lo colocado na mala da viatura e que a atual esposa teve uma metralhadora apontada para sua cabeça. Ele apelou novamente ao dizer que na operação montada para lhe prender, a SEIC usou quase 100 agentes e que chegaram a arrebentar seu portão. O ex-prefeito só não disse que resistiu a prisão ao não permitir a entrada dos policiais no interior de sua mansão, o que os obrigou a forçar o acesso.

A concluir sua fala, o ex-prefeito foi instigado pelo apresentador a rebater o que blogs e outros programas haviam publicado sobre sua prisão, acusado de desvios de verbas públicas e formação de quadrilha, porém, Dr. Lisboa sabiamente saiu pela tangente. Ele sabe que diferentemente dos seus poucos bajuladores, na imprensa local ainda tem quem não se submete a passar a mão na cabeça de criminoso.
Compartilhar:

Polícia Civil do Maranhão recaptura dupla suspeita de integrar quadrilha especializada em roubo a banco; Metralhadora da FAB e outras armas foram apreendidas

Operação conjunta desencadeada pela Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, e Serviço de Inteligência da Polícia Militar do Maranhão, coordenada pelos Delegados Tiago Bardal e Carlos Alessandro, e Major Sampaio, efetuou a prisão de Fernando Machado Vasconcelos, vulgo “Geléia”, e Antônio Anderson Miranda Araújo, vulgo “Tim”, suspeitos de serem integrantes de uma quadrilha especializada em roubos a bancos, quando se encontravam homiziados na rua 16, bairro São Benedito, município de Timon.

Por ocasião da prisão desses indivíduos, que ocorreu na madrugada desta terça-feira (26), foram encontrados: uma metralhadora calibre 45; uma espingarda calibre 12; quatro coletes balísticos, sendo 2 da PM do Pará e 2 da empresa de segurança Cefor; 122 bananas de dinamite e farta munição. Sendo que a metralhadora apreendida pertence a força aérea brasileira.
Os presos eram foragidos de justiça com mandados de prisão em aberto na capital do Piauí e nas cidades maranhenses Santo Antônio dos Lopes e Joselândia.
Compartilhar:

A CULPA É DA PRESIDENTA DILMA! Garante homem que se diz traído pela ex-esposa em Bacabal

O vendedor de frutas e verduras Inácio Alves, este senhor da foto, foi conduzido até a Delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal após Dona Célia, sua ex-esposa, lhe denunciar à polícia o acusando de ter sequestrado dois dos três filhos menores do casal. Já ele se defende dizendo que não é a primeira vez que vai busca-los para passar alguns dias em sua residência e que sua ex, sequer, vai visita-los.

Quando questionado qual teria sido o motivo da separação ocorrida há 8 meses, ele foi curto e grosso: “Ela me meteu chifre... Todo mundo sabe. Ali na rodoviária todo mundo sabe disso!”.

Depois de soltar cobras e lagartos pra cima da sua ex-esposa, o homem que se diz traído também demonstrou profunda revolta com a presidenta Dilma Housseff, é isso mesmo. Para ele a mulher mais poderosa do país só dar razão para as companheiras do mesmo sexo e por essa razão essas coisas acontecem.

Dona Célia, a ex-esposa difamada, também contou sua versão para os fatos. Ela diz que Inácio Alves, mesmo depois da separação, não a deixou em paz e constantemente retorna bêbado a sua residência, localizada no bairro Presídio, com o pretexto de ver as crianças.

Tenente Nóbrega, comandante da guarnição que atendeu a ocorrência, disse à imprensa que a primeira informação dava conta que o pai estaria agredindo as crianças, mas ao chegar ao local foi constatado que essa denúncia não procedia e que, inclusive, as mesmas demonstraram o desejo de permanecer ao lado do pai.

Sendo assim, todos foram conduzidos à delegacia e o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente contactado para acompanhar o caso.
Compartilhar:

César Brito e correligionários visitam zona rural e participam de evento esportivo

César Brito dando o pontapé inicial da decisão.
Da Assessoria
O empresário César Brito, que também preside o diretório municipal do Partido Popular Socialista (PPS),  esteve durante toda a tarde de domingo (24) visitando diversos povoados da zona rural de Bacabal, e, participou também, da final do tradicional campeonato de futebol de Barraca do Açude, evento que patrocina há anos.

O empresário estava acompanhado de sua esposa Dayana Brito, do ex-prefeito de Bacabal Dr. Lisboa, do ex-vice-prefeito Júnior do Saae, de vereadores e lideranças comunitárias.
No povoado São Paulo Apostolo a comitiva esteve praticamente em todas as residências cumprimentando os moradores. "César Brito é homem de valor, esse sim vai ajudar nossa Bacabal, e vai cuidar de nós de São Paulo Apostolo", afirmou entusiasmada uma moradora.
Em Barraca do Açude o evento se transformou, com o andamento da partida, em uma grande festa popular que contou com música ao vivo e muita diversão para comemorar o sucesso da competição que teve o time de São Paulo Apostolo como o grande campeão.
Compartilhar:

Deputado Zé Inácio prestigia congresso municipal do PT em Bacabal

O deputado Zé Inácio (PT) participou no último domingo (24) do V Congresso Municipal do PT em Bacabal. Por ter participação de representantes de vários municípios, o evento em Bacabal foi considerado como um Encontro Regional. Estiveram presentes, lideranças de Bacabal, Pedreiras, Lago da Pedra, São Luís Gonzaga do Maranhão, Dom Pedro, Vitorino Freire, Conceição do Lago Açu e Bom Lugar.

O parlamentar destacou que a realização de encontros como estes fortalece o partido municipal, fazendo com que todos tenham um alinhamento político. “O Encontros municipais servem para se ter unidade para pautar as lutas em defesa do município e do nosso próprio partido”.

O Encontro é um preparatório para o Encontro Estadual que tem como objetivo analisar a conjuntura política nacional e estadual, as ações do governo e a organização partidária.  O mesmo irá acontecer 29 e 30 em São Luís, na Assembleia Legislativa.
Compartilhar:

"CADÊ O DINHEIRO QUE TAVA AQUI?" pode ter chegado a São Luís Gonzaga do Maranhão

Atualizada às 06h06 26/05

MONTAGEM! A fotografia acima em que aparece um veículo Fiat/Doblô com adesivos da Rede Globo, e do quadro “Cadê o Dinheiro Que Tava Aqui?”, exibido aos domingos no programa Fantástico, circula nas redes sociais desde o início da tarde desta segunda-feira (25) é uma montagem.

VERDADE! A cidade atualmente é administrada por Emanuel Carvalho e em março desse ano o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) suspendeu a aplicabilidade da Lei Municipal nº 463/12 e da Resolução nº 005/12, que aumentaram os valores dos salários dele, do vice-prefeito e vereadores, para o quadriênio 2013/2016.

A concessão de medida cautelar em Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) atendeu pleito do Ministério Público do Maranhão (MPMA), que considerou a alteração dos subsídios dos candidatos já eleitos uma violação aos princípios da anterioridade, moralidade e impessoalidade. O MPMA citou decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) para declarar inconstitucional a modificação dos subsídios após as eleições municipais. Em sua defesa, a Câmara Municipal de São Luís Gonzaga afirma que não legislou em causa própria, uma vez que somente três vereadores foram reeleitos para o quadriênio 2013/2016.Dos 11 parlamentares eleitos, nove estariam em primeiro mandato e não votaram o Decreto Legislativo.

Voto – Para autorizar a Ação Direta de Inconstitucionalidade, o relator do processo, desembargador Kleber Carvalho, citou o artigo 29 da Constituição Federal, que estabelece limites temporais para a modificação dos subsídios de prefeitos e vereadores, cujo texto foi reproduzido na Constituição Estadual do Maranhão (artigo 153). Com base nesse preceito constitucional, o magistrado entendeu que não é permitida a modificação dos subsídios dos cargos políticos no período imediatamente subsequente aos resultados das eleições e do início da nova legislatura.

O desembargador ressaltou ainda que a medida cautelar em Ação Direta de Inconstitucionalidade é cabível em situações graves de instabilidade e insegurança jurídica, tornando o aumento concedido em grave violação à ordem pública, por onerar os cofres públicos.

Cadê o dinheiro que tava aqui?

Entretanto, apesar de não faltarem motivos, já se sabe que o registro fotográfico acima é uma montagem, mas, de qualquer forma, você pode ajudar o programa fazendo sua denúncia, seja de qualquer cidade.
Clique AQUI e faça valer o seu direito!
Compartilhar:

É DIREITO! Cemar terá que indenizar proprietários de residência destruída por incêndio

A Companhia Energética do Maranhão (Cemar) terá que pagar indenização de R$ 41.150,36  – por danos morais e materiais – a dois consumidores do município de Paço do Lumiar, cuja residência foi destruída por incêndio decorrente de problemas na instalação elétrica, após serviço de manutenção feito pela concessionária.
A decisão é dos membros da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), que acompanharam voto da desembargadora Maria das Graças Duarte relatora do processo.
Ao analisar os autos, a magistrada enfatizou que a ocorrência do incêndio foi comprovada, tendo a Cemar o dever de indenizar os consumidores pelos danos (material e moral) causados em razão da destruição total do imóvel em que residiam, conforme registros em fotografias, protocolo de atendimento e boletim de ocorrência.
Para a magistrada, tais fatos – somados à presunção de veracidade, a falta de impugnação específica e das provas apresentadas pelos consumidores – demonstram a existência do dano e o nexo de causalidade. (Informações do TJMA).
Compartilhar:

Vigilante recorre ao suicídio por não conseguir se livrar do vício das drogas

O vigilante Paulo Sérgio da Silva Lima, 31 anos, recorreu ao suicídio ingerido forte dose de veneno por volta das 13 horas da última sexta-feira (22). Segundo informações, o mesmo era usuário de crack e há aproximadamente quatro meses tentava se livrar do vício, como não conseguiu, deu cabo da própria vida na cidade de Pio XII, onde residia e trabalhava na escola municipal Paulo Freire.

Paulo Sérgio era casado com a professora Vera Lúcia e deixou um filho ainda bebê. Seu corpo foi sepultado na tarde de sábado (23). (Com informações do repórter Zé Luís/TV Pio XII/Meio Norte).
Compartilhar:

ZOMBARIA! Livre temporariamente da cadeia, ex-prefeito de Bacabal é recepcionado por pré-candidatos e vereadores

Ex-prefeito preso acusado de desvio de verbas e formação de quadrilha
e o presidente do poder legislativo bacabalense.
Durante toda a última semana a notícia mais comentada em todo o estado foi a prisão do ex-prefeito de Bacabal e de mais quatro pessoas acusadas de desvio de verbas públicas e formação de quadrilha que só no caso da “El Berite” teria surrupiado dos cofres da Prefeitura de Bacabal mais de R$ 4,5 milhões, isso sem somar os outros valores, como os R$ 7,5 milhões que investigação da Polícia Federal constatou que foram desviado do setor da saúde e, que, certamente, mais cedo ou mais tarde, devolverão Dr. Lisboa para trás das grades, lugar, aliás, que ele terá como segundo lar a partir de agora.

Na manhã de sábado (23), após cumprir a prisão temporária, o médico e ex-prefeito foi posto novamente em liberdade e, finalmente pode retornar a desfrutar do conforto de sua mansão em Bacabal de onde saiu na caçapa da viatura diretamente para a sede da SEIC e, em seguida, para a minúscula cela da delegacia do bairro Cidade Operária, em São Luís.
Ex-prefeito atrás das grades.
Enquanto aguardavam sua saída da prisão, alguns de seus correligionários políticos se movimentavam no sentido de organizar um mega evento para recepciona-lo na entrada da cidade e fazer uma carreata pelas principais ruas, mas, não houve nenhuma coisa nem outra. A comemoração se resumiu a uns comes e bebes no interior da mansão com direito a muitas fotos.
Carros em frente a mansão do ex-prefeito.
Eram pouco mais de trinta pessoas, entre familiares, amigos, empresários, pecuaristas e agiotas. Algumas se prestaram ao papelão de posarem sorridentes ao lado do ex-prefeito fazendo um “L”, que pode ser interpretado de várias formas: Liberdade, Livre, Lisboa Larápio e Ladrão.
Grupo de simpatizantes que recepcionou o ex-prefeito
após sua saída da cadeia.
Mas, vergonhoso mesmo foi ver que pelo menos quatro dos 17 agentes políticos que fazem parte do poder legislativo municipal, escolhidos pela população para serem seus representantes, também fizeram parte da zombaria.

Como mostra a primeira foto desta postagem, lá estava Manuel da Concórdia (PSB), presidente da Câmara, como também Reginaldo do Posto (PPS), Rogério Santos (PPS) e Peregrino Dias Neto (PSDB). Coincidentemente, três deles não compareceram a última sessão realizada na quarta-feira (20), um dia após as prisões. Apenas Rogério Santos se fez presente e mesmo assim para protestar contra a ação policial.
Vereador Perí, ex-prefeito Dr. Lisboa e empresário Régis.
Na mansão ainda marcaram presença alguns que se auto-intitulam pré-candidatos a prefeito e vereador.
Vereadores Rogério e Reginaldo fazendo moldura para o ex-prefeito
e o pré-candidato a prefeito César Brito.
Advogado e pré-candidato a prefeito Bento Vieira, Dr. Lisboa e
simpatizante.
Uns, como o vereador Rogério Santos, até tentaram se esquivar dos flashes, outros fizeram questão de se mostrar. Esses pelo menos assumiram quais são seus verdadeiros interesses e de que lado estão.

De todo essa confusão, indiretamente, o atual prefeito até que saiu ganhando, afinal, boa parcela dos políticos seus opositores perdeu o discurso. Talvez seja por isso que a maioria dos que opinaram na última enquete respondeu que gostaria de ver o restante da classe política local fazendo companhia ao ex-prefeito na cadeia. De fato, quase nenhum tem moral...
Compartilhar:

Corruptos são tratados conforme manda a lei, transcende a questão política. Independentemente de partidos e alianças

... Ainda há quem chore de pena ao ver um político corrupto ser levador (sozinho) na mala de uma viatura.

Blog do Raimundo Garrone

Ao priorizar o combate a agiotagem, o governador Flávio Dino age contra quadrilhas que se apropriaram dos recursos públicos dos municípios com apoio dos antigos governantes do Estado. Trata-se de um gesto que combate a corrupção, o crime organizado e ao mesmo tempo ajuda a dar fim a desvios de recursos que deveriam ser investidos em saúde, educação, saneamento básico.

Durante a conferência extraordinária do PCdoB do Maranhão, realizada na semana passada, o governador Flávio Dino chamou a atenção para um assunto que ajuda a explicar como a corrupção no estado culminou com a situação de extrema pobreza de parte significativa da população.

Dino pontuou que a agiotagem infiltrada nos municípios maranhenses se perpetuou durante muito tempo porque políticos e agiotas que desviavam dinheiro público para financiar campanhas e enriquecimento ilícito, eram protegidos pelo Palácio dos Leões.

Não por acaso, os primeiros a serem presos durante operação da Polícia Civil, foram o prefeito e ex-prefeito de Marajá do Sena, Edvan Costa e Perachi Roberto Moraes, respectivamente.

Marajá do Sena é a segunda cidade mais pobre do país. Quase 54% da população vive na extrema pobreza, a maior parte dela é dependente do programa Bolsa Família.

Importante lembrar que a prisão de políticos envolvidos no esquema, transcende a questão política. Independentemente de partidos e alianças, corruptos são tratados conforme manda a lei, o que no Maranhão é algo inédito.
Compartilhar:

Deputado João Marcelo participa de Audiência Pública com Ministro da Cultura

Durante audiência pública ocorrida na quarta feira (20), pela Comissão de Cultura, o Ministro Juca Ferreira afirmou que é preciso criar critérios para que se possa distribuir recursos para todo Brasil.

O Ministro também defendeu a reformulação da parceria via Lei Rouanet a fim de evitar o aprofundamento de assimetrias regionais. Segundo ele, 80% do orçamento do governo para financiar as políticas culturais vêm das deduções fiscais da lei, no entanto o investimento em projetos culturais concentram-se  principalmente no eixo Centro-Sul.

Para o Deputado Federal João Marcelo Souza (PMDB/MA), membro da Comissão de Cultura, o Brasil precisa investir mais em cultura, no cinema nacional e nas culturas regionais de cada estado.

É desanimador você indicar suas emendas parlamentares e não conseguir ver a aplicação do dinheiro nos projetos. Para João Marcelo, “o estado brasileiro nunca olhou para a cultura como realmente deve ser olhado”, afirmou o parlamentar.
Compartilhar:

Saúde de Bacabal, só vai se for no tranco!

A cena registrada por uma equipe de reportagem da TV Difusora de Bacabal seria cômica se não fosse trágica e escancarasse o desleixo que a atual gestão municipal tem com o setor da saúde. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que retornava do bairro Trizidela com um homem que havia acabado de ser esfaqueado, acabou dando ‘prego’ e parando no meio da rua.

Para evitar o pior foi necessária uma força tarefa que mobilizou enfermeiros, populares e até o repórter Romário Alves para ajudar a empurrar o veículo que só pegou no tranco e seguiu com a vítima para o Pronto Socorro Municipal.

O acusado de cometer a tentativa de homicídio teria fugido em direção ao Residencial Terra do Sol onde a Polícia Militar faz diligencia no sentido de prendê-lo.
Informações preliminares dão conta que os dois teriam se desentendido em razão de drogas e essa não teria sido a primeira vez. A reportagem completa dessa aberração você acompanha na segunda-feira (25) no programa Ronda na Difusora (canal 2), apresentado por Randyson Laércio, a partir das 12h30.

Veja abaixo a cena deprimente protagonizada pelo Governo Agora Sim.
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Arquivo

Rádio Timbira

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ZEZO EM BACABAL

ZEZO EM BACABAL

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

ALUGADORA VISUAL

ALUGADORA VISUAL

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BANDEIRA 2

BANDEIRA 2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS DA HORA

NOTÍCIAS DA HORA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE