28 de fev. de 2015

EU JÁ DIZIA: Sem mandato, Zé Vieira pode perder o PROS e já planeja tomar 'no grito' o PP

De acordo com o jornalista e blogueiro Abel Carvalho, seria o ex-deputado federal e ex-prefeito de Bacabal, José Vieira Lins, o cabeça da articulação para derrubar o odontólogo e empresário Gilberto Lacerda do comando da comissão executiva municipal provisória do Partido Progressista (PP) de Bacabal.

O ex-deputado teria traçado o plano para a retomada da legenda durante sua estada em Bacabal no período momesco.

Esse comportamento é fruto do desprestigio político e moral que Zé Vieira passou a ter depois de acumular inúmeros insucessos nas urnas e nas barras da Justiça.

Eleições 2014

‘Ficha suja’, o ex-prefeito que já teve seus tempos áureos na cidade, sequer conseguiu dar a sua atual esposa uma votação que possa ser considerada razoável para uma candidata a deputada estadual apoiada por um político, até então, considerado transferidor de votos.

Foram apenas 6.704 obtidos em Bacabal.

Por um triz

Sem o status do mandato de deputado, cargo que Zé Vieira perdeu no início do mês, o ex-candidato ao senado Gastão Vieira (PMDB) passou a se movimentar em Brasília no sentindo de assumir o diretório estadual do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) no Maranhão, atualmente presidido por Zé Vieira.

Como Gastão tem na manga do paletó o aval do ministro da educação Cid Gomes, também filiado ao PROS, é pouco provável que o ex-osso duro de roer continue no comando da legenda, e com isso ele já busca abrigo em outro partido.

Com o pretexto de ter profundo apego pelo Partido Progressista, legenda por onde se elegeu duas vezes a prefeito, Zé Vieira tenta desesperadamente uma reaproximação com o deputado federal Waldir Maranhão, controlador estadual do PP.

Waldir Maranhão foi o responsável por tirar o partido do controle do ex-prefeito passando-o para as mãos do deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) e depois para Gilberto Lacerda, com quem Zé Vieira também não tem uma relação muito próxima.

Metendo o bedelho

Nessa guerra de bastidores ainda está envolvido o nome do vereador pepebista Erivelto Martins.

Segundo o blogueiro Louremar Fernandes, durante a visita de cortesia que Waldir Maranhão fez a Gilberto Lacerda, no último sábado (21), ninguém quis comentar sobre a história dando conta que poucos dias antes o vereador havia se deslocado para São Luís com uma pasta debaixo do braço na intenção de assumir o controle do PP em Bacabal

A iniciativa teria fracassado por dois motivos: primeiro o vereador se atrapalhou na sua investida e não se reportou às pessoas certas, tratando do caso com figuras do segundo escalão dentro do PP regional. Em um segundo momento, mesmo que tivesse tratado direto com o presidente Waldir Maranhão, a iniciativa dificilmente vingaria, já que não faz parte da história do deputado federal decisões no sentido de descredenciar diretórios municipais legalmente constituídos.

O final de semana promete novidade e vai ser tenso politicamente.