Informa Maranhão

Contato: (99) 98857-2669 - WhatsApp

CORONA

17 de fev. de 2014

Ladrão pego pela população, mulher agredida a pauladas e briga por motivos passionais agitaram o domingo em Bacabal

Fim de semana é o período em que a maioria da população busca relaxar e renovar as forças para recomeçar a batalha do dia a dia.

Uns se recolhem ao sossego do lar, outros preferem reunir parentes e amigos para se divertir. Entretanto, uma pequena parcela procura fazer justamente o contrário, seja causando baderna ou cometendo atos ilícitos que, geralmente, descambam para a violência.

Em algumas vezes, os autores acabam levando a pior. Esse é o caso de Raimundo Nonato da Silva (foto acima) que foi perseguido e agarrado por populares. O mesmo é acusado de ter tomado de assalto um aparelho celular do mototaxista Caetano Roberto dos Anjos, 57 anos, no Bairro Presídio.
Mesmo tento tentado se evadir rapidamente do local, Raimundo Nonato não conseguiu ir muito longe. Com ele foi encontrado o produto do roubo. Raimundo Nonato foi entregue aos policiais. Na delegacia o mesmo foi apontado como o autor de outro crime praticado na madrugada desse domingo (16), por volta das 2h, no Bairro Trizidela.
A vítima, identificada como Carlos Henrique Ferreira dos Santos (foto acima), teve R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais), aparelho celular e seus documentos pessoais roubados quando retornava da casa da namorada.
Maria Luiza da Silva, de 25 anos, registrou Boletim de Ocorrência contra Reginaldo Neves de Sousa, ambos moradores do Povoado Mata Diana, zona rural de Bacabal.

Segundo Maria, o acusado, que é seu cunhado, por motivos de ciúmes lhe teria agredido na cabeça com pauladas e pedradas. A vítima que é casada com um irmão do acusado, ainda afirmou na delegacia que Cássio da Silva, de 8 anos, filho do casal, também teria sido agredido por Reginaldo ao tentar defender a mãe.
De posse dessas informações uma guarnição da polícia se deslocou até o Povoado onde residem os envolvidos, na tentativa de encontrar e conduzir o acusado até o 1º DP.

Outro caso que foi parar no interior da delegacia foi uma briga entre a titular e a ex-amante de um “garanhão”. As duas se encontraram em um bar na Avenida Mearim e, segundo Glauciocélia Diniz Silva (a esposa), de 38 anos, Elizane da Silva Ramos (a ex-amante), 29 anos, teria zombado da “sua cara”.
Glauciocélia, a esposa
O fato é que as concorrentes trocaram socos, tapas e puxões de cabelo. Por sorte ou azar, uma viatura da Polícia Militar passava pelo local e, após separa-las, deram uma “carona” para ambas até a delegacia.


Depois de se explicarem a autoridade policial de plantão, as duas foram liberadas.