Páginas

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Parceria do blog com o 15º BPM e a confiança dos leitores ajudam a encontrar veículo que havia sido furtado em Santa Inês


Graças primeiramente a presteza dos policiais militares sob o comando do 15º BPM, em especial do Pelotão de Vitorino Freire, e, em seguida, a audiência e prestigio que o Blog do Sérgio Matias tem com seus leitores de toda a região, a proprietária do veículo Chevrolet/Cruze LTZ (semelhante ao da foto acima), pôde reavê-lo após o mesmo ter sido furtado no inicio da tarde do último dia 11 de dezembro, por volta das 14h30, de frente ao apartamento da médica pediatra Graças Soares, esposa do ex-deputado José Genésio.

A médica havia acabado de retornar da casa de uma amiga onde havia ido almoçar, estacionou o veículo na rua do Cordeiro, centro de Santa Inês,  subiu para seu apartamento e minutos depois notou que o carro havia desaparecido.

Leila Mesquita, a amiga com quem a proprietária do veículo tinha almoçado, reside em Santa Inês, e é leitora assídua do blog. Foi ela quem minutos depois do ocorrido me repassou todas as informações e solicitou que fossem publicadas na tentativa de ajudar a saber do paradeiro do Chevrolet/Cruze LTZ.

Às 16h49 do mesmo dia a matéria foi ao ar e nela havia o pedido para quem soubesse de alguma informação, que repassasse a Polícia Militar, através do Disque 190, ou entrasse em contato diretamente com a proprietária por telefone.

Usei as redes sociais para também tecer um comentário alertando que já havia repassado o caso ao tenente-coronel Egídio Amaral que prontamente se colocou a disposição.
Na noite desta quarta-feira (17), menos de uma semana após o furto, o veiculo foi recuperado pela Polícia Militar de Vitorino Freire, justamente uma das cidades que estão sob o comando do 15º BPM.

Os detalhes da operação que resultou na solução do caso ainda não foram repassadas ao blog, mas por toda a manhã desta quinta-feira (18) teremos esses dados.

A médica pediatra Graças Soares, proprietária do veículo, já foi avisada e na noite de ontem (17) saiu de Santa Inês com destino à Vitorino Freire.

Atacante bacabalense está na final inédita da Liga Indiana

O atacante bacabalense Pedro Gusmão, que pertence ao Atlético-PR, pode ser campeão do primeiro torneio da liga de futebol da Índia. Depois de pouco mais de quatro meses jogando no país, sua equipe, o Kerala Blasters, venceu a semifinal contra o time do Chennaiyin FC, que tem entre seus jogadores o meia Elano, e o zagueiro italiano, Marco Materazzi, campeão do Mundo em 2006.

O time que vai enfrentar o Kerala Blasters na final será definido da outra semifinal entre o FC GOA (time de Zico e André Santos) e Atlético de Kolkata. A decisão será disputada na cidade de Mumbai, no dia 20 de dezembro, em jogo único.

- Lutamos bastante e nunca desistimos deste sonho. Estou muito feliz por participar da final da competição. Estamos fazendo história aqui, podemos ser o primeiro campeão da Indian Super League. Será uma grande vitória para todos do clube, mas, primeiro, temos que vencer nosso adversário, disse o jogador via assessoria de imprensa.

Gusmão está no futebol indiano após parceira realizada pelo Atlético-PR com diferentes equipes. No seu perfil do Facebook o atacante bacabalense postou um vídeo agradecendo a torcida dos seus conterrâneos.
video
2014 que começou decepcionante para o torcedor bacabalense que viu sua única equipe profissional ser vergonhosamente rebaixada para  segunda divisão do pobre futebol maranhense, termina pelo menos com boas notícias.

Além de Pedro Gusmão, os também bacabalenses Manoel, zagueiro do Cruzeiro-MG, sagrou-se campeão brasileiro, e o atacante Guilherme ajudou o Atlético Mineiro a conquistar a Copa do Brasil. (Com informações do globoesporte.com).

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

C. E. Leda Tajra premia redações sobre combate às drogas e homenageia comandante do 15º BPM

Alunos que tiveram redações premiadas
O comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, tenente-coronel Egídio Amaral, participou na manhã desta quarta-feira (17), no auditório do Centro de Ensino Profª Leda Maria Chaves Tajra, em Bacabal, de uma palestra sobre drogas. A iniciativa foi da diretoria do colégio, através do professor Jerry Ibiapina, e contou com a presença de alunoes, professores e convidados.

Além do comandante da PM, também ministrou palestra o cabo PM Valderi, integrante do Geape (Grupo Especial de Apoio as Escolas) e Proerd  (Programa Educacional de Resistência  as Drogas e a Violência).

O objetivo foi mostrar aos jovens os malefícios que as drogas lícitas e ilícitas causam. Droga é qualquer substância e/ou ingrediente utilizado em laboratórios, farmácias, tinturarias, etc. Contudo, o termo é comumente empregado a produtos alucinógenos ou qualquer outra substância tóxica que leva à dependência como o cigarro e o álcool, que por sua vez têm sido sinônimo de entorpecente.
Alunos atentos assistindo as palestras
As drogas psicoativas são substâncias naturais ou sintéticas que ao serem penetradas no organismo humano, independente da forma (ingerida, injetada, inalada ou absorvida pela pele), entram na corrente sanguínea e atingem o cérebro, alterando todo seu equilíbrio, podendo levar o usuário a reações agressivas.

Para o comandante do 15º BPM, esta é uma questão que deve ser combatida por toda a população a fim de criar políticas de prevenção ao uso de drogas, instituindo campanhas "antidrogas" para que os adolescentes tenham consciência dos males causados por entorpecentes. “O problema mundial das drogas deve ser confrontado. Precisamos gerar atividades que informem a dimensão do poder destrutivo que a produção, a distribuição e o consumo de drogas ilegais acarretam às sociedades civilizadas”, explicou.
Comandante do 15º BPM recebendo
diploma das mãos do diretor Jerry Ibiapina
No final, o tenente-coronel Egídio Amaral foi homenageado pela direção da escola com um diploma de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados no combate as drogas na cidade de Bacabal.

BACABAL: João Carvalho renuncia ao cargo e Pedro Rocha deverá ser anunciado como novo secretário de Obras

Atualizada às 15h54

Ocupando o cargo desde o início da administração Zé Alberto (PMDB) o engenheiro João Carvalho, sob alegação de cunho pessoal, entregou sua carta renúncia ao prefeito de Bacabal na manhã desta quarta-feira (17).

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Município, o novo secretário que tomará posse será Pedro Rocha.
Ozanan Carvalho Júnior, 45 anos, o Júnior da caçamba, continuará fazendo parte do governo, só que em outra função.

Menor assaltante é apreendido após vítima memorizar placa de veículo utilizado na ação; comparsa continua foragido

Por volta das 16 horas desta terça-feira (16) dois indivíduos de cor morena, pilotando uma motocicleta Honda/POP 100, cor preta, tomaram de assalto na rua Frederico Léda, nas proximidades do colégio Sesi, um aparelho celular da marca Samsung,  pertencente a senhora Maria de Lurdes, residente no bairro Novo Bacabal, que trafegava naquela área.

Mesmo nervosa, a vítima conseguiu memorizar a placa do veículo dos meliantes e ligou imediatamente para a Central de Operações do 15º Batalhão de Polícia Militar.

De posse do número da placa OJC 2954, e após consulta a Rede Infoseg, verificou-se tratar de uma motocicleta licenciada em nome de Edilene dos Santos Pereira (mãe do menor envolvido), com residência no bairro Trizidela, Bacabal. O serviço de Inteligência do 15º BPM foi acionado e conseguiu na madrugada do desta quarta-feira (17) conseguiu apreende-lo.

O celular da vítima foi recuperado e o menor encaminhado a autoridade competente.

O outro envolvido ainda não foi localizado.

O comandante do 15º BPM, tenente-coronel Egídio Amaral, faz um alerta as pessoas que andam com seus celulares expostos, principalmente neste período de final de ano, onde o fluxo de pessoas é maior, e maior também o numero de delinquentes prontos para agir, que conserve seus aparelhos em local seguro e ao fazer ou receber uma chamada, procure um local adequado para atendê-la, evitando a ação de marginais, concluiu.

Acusado de estuprar mulher grávida em Bacabal já fez outras vítimas no Pará

A Polícia Militar prendeu na madrugada de terça-feira (16), no residencial Terra do Sol,  Erivaldo Cortez dos Santos,  acusado de cometer estupro contra duas mulheres, uma delas grávida.

Ele já responde pela mesma prática em outras três cidades do Pará, Estado onde se encontrava preso, mas que foi posto em liberdade em 12 de agosto desse ano, vindo fixar residência em Bacabal.

No Pará, as vítimas de Erivaldo residem em Pacajá, Mosqueiro (Distrito de Belém) e Medicilândia.

A alegação da Justiça para recoloca-lo em meio a sociedade foi que o mesmo sofre de distúrbios psiquiátricos.

Erivaldo Cortez dos Santos já se encontra na Unidade Prisional de Ressocialização de Bacabal(UPR) e a polícia acredita que possa haver outras vítimas do acusado, em Bacabal.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Soldado morre e sargento fica ferido em grave acidente; militares seguiam de São Luís para Açailândia

Um policial militar morreu em um grave acidente ocorrido por volta das 16h desta terça-feira (16) na BR-222, próximo a cidade de Bom Jesus das Selvas.

O sargento Wellington Reis Veloso conduzia o Hyunday/HB20S, cor prata, placas OXQ – São Luís-MA, e de acordo com informações, ‘dormiu ao volante’ fazendo com que o veículo se chocasse na traseira de um caminhão.

Wellington foi socorrido e encaminhado a um hospital, já o outro ocupante do Hyunday, soldado Tiago Roberto Freitasteve morte instantânea.
O corpo do soldado foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Ambos são lotados no 6° BPM da Cidade Operária, em São Luís. (Do Portal Veras).

Assembleia vota Orçamento do Estado nesta quarta-feira (17)

Está prevista para esta quarta-feira (17) a votação do Orçamento do Estado para o exercício financeiro 2015, na Assembleia Legislativa.

Conduzida pelo deputado estadual Roberto Costa (PMDB), a Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle encerrou nesta terça-feira (16) os trabalhos, apresentou o relatório final e disponibilizará a peça para apreciação do plenário na sessão de quarta-feira (17).

Ao todo, o Estado terá um orçamento de R$ 15,8 bilhões, quase R$ 2 milhões a mais do que teve a governadora Roseana Sarney (PMDB) no seu último ano de mandato.

Marcelo Tavares (PSB), futuro chefe da Casa Civil, elogiou o trabalho de Roberto e disse que não há qualquer objeção à peça. Não há qualquer contestação da oposição em relação ao material. O deputado Roberto Costa garantiu que o orçamento foi trabalhado “a quatro mãos”. Ele garantiu a lideranças do futuro governo que participassem ativamente das discussões.

O orçamento, portanto, será de fato apreciado em plenário. (Informações do Blog do Gilberto Léda).

FEDEU! Mulher faz suas necessidades no meio do salão de uma boate luxuosa e expulsa clientes do local

De acordo com as informações publicadas no site Acontece São Luís, após diversos compartilhamentos nas redes sociais, uma frequentadora de uma boate na cidade de Teresina-PI foi alvo de diversas criticas assim que sua foto, usando o salão de festa de uma boate luxuosa para “se aliviar”, foi publicada na internet.

O texto relata que a jovem aproveitou para expulsar os excrementos justamente no momento em que tocavam músicas funk e todas as mulheres desciam até o chão, contudo, ela ao descer permaneceu mais tempo agachada. Foi quando frequentadores mais sóbrios e com o olfato mais aguçado sentiram o forte odor e “soaram o alarme”.

Como o ambiente é fechado e climatizado, nem a utilização de vários aromatizadores foi capaz de cessar a fedentina e evitar que o público fosse embora da boate.

Levantamento mostra que publicidade na internet cresce aceleradamente enquanto na tevê estagna. Previsão é que até 2030 as emissoras de TV terão desaparecido


A era digital acabou com os tempos em que a Globo, ou qualquer empresa tradicional de mídia, podia se dar ao luxo de pagar salários extravagantes a gente que não vai ser aproveitada. A Globo fez isso por anos, décadas, mas agora a realidade é muito mais desafiadora.

A questão dramática, para o futuro da emissora, está na receita publicitária, que é responsável por praticamente 100% de seu faturamento.

Os anunciantes estão migrando em velocidade cada vez maior das mídias convencionais – incluída a tevê – para a internet.

Na Inglaterra, um levantamento mostrou que pela primeira vez na história em 2015 a fatia da internet no bolo da propaganda será maior do que todo o resto junto – jornais, revistas, rádios, tevês, etc.

No mundo, a internet já é a segunda maior mídia em faturamento publicitário, pouco atrás da tevê. A diferença é que a internet cresce aceleradamente enquanto a tevê está estagnada.

Neste ambiente, não surpreendeu uma previsão do presidente da Netflix. Segundo ele, em 2030 a tevê como conhecemos terá desaparecido.

A internet jamais trará à Globo o dinheiro e a influência da tevê: é um meio fragmentado, em que a vantagem competitiva é dos nativos, e não das grandes companhias.

*O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

Trânsito na BR 316 e no centro de Bacabal fazem mais vítimas a cada dia

A pressa e a imprudência são geralmente os dois maiores motivos que causam acidentes nas estradas e no trânsito das grandes cidades. Bacabal com mais de 100 mil habitantes não fica atrás e já se tornou corriqueiro a imprensa local divulgar tragédias que ceifam vidas, na maioria, jovens e adolescentes que se aventuram em dirigir em alta velocidade motocicletas e carros de passeio, colocando em risco suas vidas e as de terceiros.

No último final de semana, por exemplo, pelo menos dois acidentes graves resultaram em morte.

O primeiro aconteceu na tarde do sábado (13) e envolveu um veículo Toyota/Corola, cor branca, placas PAB 4409, de Brasília-DF. Nele estava Ailton Ferreira que trabalhava como motorista do deputado federal Alberto Filho (PMDB-MA).

No caso de Ailton, não houve imprudência, pois segundo laudo médico, ele perdeu o controle do veículo vindo a capotar várias vezes depois que teve um princípio de infarto quando trafegava na BR 316, próximo ao povoado Zé Chicão.
Ailton Ferreira era natural do Distrito Federal e estava vindo a Bacabal.

Falta de atenção mesmo ocorreu com as vítimas de outro acidente, esse ocorrido domingo (14) entre uma motocicleta e veículo Siena, cor vermelha e sem placas, no centro de Bacabal, no cruzamento das ruas Getúlio Vargas e Teixeira Mendes.

A motocicleta era pilotada por Isael Costa Chaves, 22 anos, que trazia na garupa as jovens Alessandra Mendes Costa, de 16 anos; e Vanessa Almeida Sousa, de 19.
De acordo com informações de testemunhas, Isael teria avançado o sinal vermelho.

Socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, as vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro Municipal com várias fraturas. Vanessa, em estado de saúde mais grave em decorrência de ter sofrido um TCE (Traumatismo Craniano Encefálico), não resistiu e veio a óbito.
Alessandra foi encaminhada para o hospital de Presidente Dutra, enquanto Isael, que conduzia a motocicleta e era o único que usava capacete, recebeu atendimento aqui mesmo no Pronto Socorro de Bacabal.

Apesar do registro de mais vidas que se foram, infelizmente, outras terão o mesmo destino se pelo menos o poder público municipal, através do seu departamento de trânsito, não tomar medidas enérgicas no sentido de evitar que motoristas e motociclistas trafeguem sem habilitação, em alta velocidade e sem equipamentos de segurança obrigatórios.

CENAS FORTES!


Veja abaixo vídeos feitos antes e durante a chegada do SAMU ao local do acidente, ainda quando as vítimas estavam deitadas ao solo. Nas imagens é possível notar a gravidade da fratura que Vanessa sofreu em sua perna esquerda.

Projeto de lei que tramita no Senado garante direitos para amante

Pedro* sempre foi atrapalhado com mulheres. Viveu com Julia* e Ana* ao mesmo tempo por nove anos, sem que nenhuma das duas soubesse. Com Julia, com quem era casado, passou 22 anos, mas confessa: gostava mesmo era de Ana. Quando Julia descobriu a traição, Pedro saiu de casa, pagou as contas e foi viver com a amante. Mais tarde, ela também descobriu o jogo duplo. Ela manteve o relacionamento, mas se tivesse decidido largar Pedro, ela poderia ir à Justiça e, quem sabe, teria acesso aos direitos assegurados à ex-mulher de Pedro: pensão alimentícia e até reparação por danos morais.
Passaram-se seis anos. Hoje, Pedro acha que foi covarde com as duas. Mais: acha que ambas as famílias devem ter os mesmos direitos perante a Justiça. Se o Projeto de Lei nº 470/2013, da senadora baiana Lídice da Mata (PSB), passar no Senado, a opinião de Pedro pode virar regra. “Se é justo dar os direitos para as duas famílias? Eu acho. Foi por isso que eu me separei. Eu fui covarde ficando com as duas”, conta Pedro, um comerciante de 49 anos.
Parece mesmo ficção, mas o triângulo amoroso de Pedro é mais comum do que se imagina. Talvez por isso haja tanta polêmica em torno da proposta de Lídice da Mata, o chamado Estatuto das Famílias – assim mesmo, no plural, referência às atuais formações familiares. Entre outros direitos para todos os tipos de formações familiares brasileiras, o estatuto busca assegurar que a amante e a família mantida paralelamente tenham os mesmos direitos da oficial.
O artigo 14 diz que “as pessoas integrantes da entidade familiar têm o dever recíproco de assistência, amparo material e moral, sendo obrigadas a concorrer, na proporção de suas condições financeiras e econômicas, para a manutenção da família”. Essa responsabilidade - e a de danos morais e materiais - se estende a quem é casado ou vive em união estável, mas tem um relacionamento paralelo.
A senadora escapa à polêmica. “Nossa proposta visa, principalmente, reunir num só instrumento legal toda a legislação e jurisprudência atualizada referente à área do Direito de Família”, diz. Não é a primeira vez que tentam elaborar um estatuto do tipo. Projeto semelhante do deputado Cândido Vacarezza (PT-SP) parou de tramitar em 2011.
Para Lídice, as novas formatações de família não decorrem apenas do casamento e tornam a vinculação afetiva mais importante, citando os casos de união estável, homoafetiva e até adoções. Porém, essas novas formas ainda não são protegidas pelas leis do país.
Resistência
O projeto está pronto para ser apreciado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado desde o dia 26 de agosto e tinha parecer favorável à aprovação, mas só deve chegar ao plenário no ano que vem. Isso porque, no primeiro semestre de 2015, serão feitas audiências públicas para discutir amplamente o projeto.
Ele tem 303 artigos e trata de união homoafetiva, paternidade socioafetiva, abandono afetivo, alienação parental, famílias recompostas e utilização do termo “convivência familiar” em vez de “guarda compartilhada”.
A resistência é grande. E a rejeição não vem apenas de pessoas como a vendedora Bianca Ramos, de 23 anos, que não quer nem pensar na possibilidade de ter que dividir o patrimônio do marido com uma amante hipotética dele. “Além de ela destruir meu lar, minha família, ainda vai ter direitos? Que coisa linda! Nunca na galáxia!”, declara.
No meio jurídico, grupos mais conservadores e religiosos chegam a dizer que o projeto da senadora quer institucionalizar a poligamia – proibida no Brasil – e até incentiva relações incestuosas. É o caso da União dos Juristas Católicos de São Paulo (Ujucasp). O presidente, Ives Gandra, enviou ao Senado um pedido de rejeição da proposta e conseguiu que a votação fosse adiada. A Arquidiocese de Salvador foi procurada para comentar o tema, mas não respondeu até o fechamento desta reportagem.
Incorrigível
No documento, endereçado à Comissão de Direitos Humanos da Casa, o presidente da Ujucasp diz que as proposições são “desastrosas” e o texto é “incorrigível” e “inconstitucional”. O último artigo do projeto revoga todo o Livro IV do Direito de Família, do Código Civil Brasileiro.
O texto, assinado também pela presidente da Associação de Direito de Família e das Sucessões (Adfas), Regina Beatriz Tavares, condena que o direito à felicidade seja o princípio fundamental de interpretação do estatuto. No documento também se diz que o projeto é enganoso e que tenta fazer com que as relações paralelas sejam alçadas ao patamar de entidades familiares.
Para a advogada Alane Virgínia, que possui atuação na área de Direito de Família e Sucessões, é difícil dizer se o texto é inconstitucional, até porque há outros pontos polêmicos, que não apenas a questão das famílias paralelas. Por isso, ela acredita que a solução seja ampliar o debate.
“É indiscutível que as relações extraconjugais existem, que fazem parte da vida em sociedade, ainda que nosso ordenamento jurídico condene de maneira expressa a poligamia”, analisa. “Entendo que a intenção do texto está muito mais em preservar os direitos das pessoas do que institucionalizar efetivamente a poligamia. Mas o direito não vive de intenções, e sim de efeitos. E aí é que mora o perigo”, alerta.
Moralismo
Se, de um lado, há quem abomine o projeto, também há defensores, como o presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFam), Rodrigo da Cunha Pereira, que prestou consultoria para o projeto. Para Rodrigo, a legislação atual não traduz a realidade brasileira.
“A legislação de hoje foi concebida na década de 1970 e ela fala de uma realidade completamente diferente. Naquela época, (a família) era singular, era homem, mulher e casamento. Hoje, ela é plural, tem muitas representações sociais da família”, argumenta.
Rodrigo rebate as críticas da Ujucasp e da Adfas. “Ou eles não leram, ou estão mentindo deslavadamente. Nós estamos apenas querendo responsabilizar uma família paralela. Do jeito que está hoje é que incentiva. Eu posso ter quantas famílias quiser que não vou ter que dividir nem o patrimônio. Isso é moral hipócrita”, diz.
A senadora Lídice da Mata afirma que há uma tentativa de mistificar o projeto. “O que se pretende, sim, é garantir que filhos e filhas, companheiros e companheiras de quaisquer tipos de núcleos familiares tenham seus direitos preservados. E, nesse caso, sempre, as crianças e adolescentes são e devem ser os que exigem maior cuidado e amparo”, afirma. Colaborou Thais Borges. *Nomes fictícios.
Tribunais de Justiça do país têm concedido direitos às amantesConsultor do projeto apresentado pela senadora Lídice da Mata (PSB), o advogado Rodrigo da Cunha Pereira, presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFam), diz que o estatuto vai beneficiar as mulheres. “É ela que é marginalizada, que é a invisível. Essas pessoas (contra o projeto) querem deixar na invisibilidade jurídica e social essas famílias. Se fosse assim, haveria até hoje filhos ilegítimos, o que graças a Deus não existe desde 1998”, argumenta.
Foi o que aconteceu com a família do monitor de turismo Jocemar Cacemiro, 49. Antes de se casar com a mãe dele, o pai de Jocemar viveu com outra mulher, com quem teve dois filhos. O pai acabou deixando essa primeira mulher e se casou com a mãe de Jocemar, mantendo o relacionamento duplo por um tempo.
“Quando ele faleceu, ela veio na Justiça tentar ter os mesmos direitos, pelo tempo de ficaram juntos. Eles não tiveram direito a nada, a lei acabou favorecendo minha mãe, porque ela era casada legalmente com ele”, conta. Segundo o presidente do IBDFam, é cada vez mais comum mulheres que viveram em relacionamentos extraconjugais buscarem direitos na Justiça. “A jurisprudência tem concedido cada vez mais pareceres favoráveis”, diz Rodrigo.
A advogada Alane Virgínia, da área de Direito Familiar, conta que os tribunais têm concedido direitos às amantes. “Em uma relação paralela, há sentimentos envolvidos também. E ainda que a legislação em vigor não resguarde essas situações, a jurisprudência, que é a forma mais ágil de adequar o direito à realidade social, já dá passos no sentido de proteger o direito dos indivíduos em relações extraconjugais”, diz.
Projeto de lei que tramita no Senado garante direitos para amante

VII Cantata Natalina "Um Natal de Luz" acontece neste sábado (20), em Bacabal


Está chegando a sétima edição da Cantata Natalina "Um Natal de Luz", na cidade de Bacabal. Neste sábado (20), às 19h, no largo da Paróquia São Francisco das Chagas, será apresentado mais um espetáculo em louvor à chegada do Menino Deus.

A programação conta com um cortejo de abertura, apresentação da Filarmônica Edilson Baldez (SESI), do Coral São Francisco e do show "Canções de Luz" com Emanuel de Jesus e convidados. O show conta com a participação do grupo de Teatro da cidade, sob a direção de Dalva Santos. Participe e colabore com a campanha "Natal Solidário".

Durante toda a semana e no dia do evento, a Igreja São Francisco receberá roupas e alimentos. Ao final da cantata haverá o "Fest Massas".