PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 28 de março de 2017

BACABAL: Decisão do STJ não tira Zé Vieira do cargo e julgamento no TSE não tem data para acontecer


Na última quinta-feira (23) as redes sociais, sobretudo grupos do aplicativo WhatsApp com participantes de Bacabal, foram inundadas com a informação dando conta de decisão do ministro Napoleão Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferindo embargos da defesa do prefeito de Bacabal considerando transitada em julgado ação em que ele foi condenado por improbidade administrativa.

No entanto, foram acrescidos detalhes inverídicos no intuito de confundir a opinião pública e causar alvoroço.

Reproduzido também em alguns blogs, o texto fabricado pela assessoria do candidato a prefeito derrotado Roberto Costa (PMDB) diz em um dos trechos: “Por enquanto, assume o vice-prefeito, Florêncio Neto (PHS), pelo menos até uma decisão sob o ponto de vista eleitoral”.

Chamou a atenção o fato de decisão tão relevante não ter sido destacada na grande imprensa, mas também pudera. A parte que induz o leitor/eleitor a acreditar que Zé Vieira “caiu” não se sustenta na verdade, é engodo semelhante ao que garantia que o peemedebista assumiria como segundo colocado, condição que deixou de ser difundida depois de ser descartada pelo próprio Tribunal Superior Eleitoral.

Na realidade, Zé Vieira permanece no cargo e só em caso da confirmação do seu indeferimento pelo pleno do TSE é que ele deixará o cargo para que seja marcada uma nova eleição.


O julgamento do recurso ainda não tem data para acontecer e até lá tudo segue seu curso normal, ou seja, o município sendo administrado por quem venceu a disputa no voto. O mais é choro de mau perdedor.

Avenida Francisco Marques (Bambu) tem registrado muitos roubos e furtos de motocicletas em Bacabal


Modelo semelhante.
(Foto: ilustrativa).


Racyus Inácio da Silva, residente na rua Padre Mohana, centro de Bacabal, teve furtada sua motocicleta Honda/CG FAN 150, cor preta, placa OJF-7505. O veículo estava estacionado, na noite do último sábado (25), em frente a uma casa de show localizada na Avenida Francisco Marques (Bambu), onde têm sido registrados vários furtos e já merece, por parte da polícia, uma atenção redobrada.

O proprietário diz haver um amassado no tanque da sua motocicleta e quem souber de qualquer informação repassar à Polícia Militar pelo Disque 190 ou pelos números: (99) 98216-1285 / 98103-5386 / 99174-9276.

Honda/Pop100

No final de semana anterior três indivíduos tomaram de assalto uma motocicleta Honda/Pop 100 (Chassi: 9C2JB0100HR508398), cor preta, seminova que sequer havia sido emplacada.

O proprietário conta que foi abordado na esquina da avenida Francisco Marques (Bambu) com a rua Teixeira de Freitas, no centro da cidade.

Um dos três assaltantes empunhava arma de fogo e todos aparentavam ser menores de idade.

Quem souber de qualquer informação sobre o paradeiro desse veículo deve informar à Polícia Militar pelo Disque 190 ou diretamente ao proprietário através dos números: (99) 98182-4859/ 981824859 / 991074383 / 981280112.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Temporal deixa ruas e avenidas de Bacabal alagadas e população cobra atitude da classe política


O forte temporal que caiu em Bacabal na tarde desta segunda-feira (27) talvez tenha sido o maior deste inverno rigoroso que, apesar de ter seu lado positivo, castiga bastante a infraestrutura do município, isso, fruto do pouco caso com que a classe política há anos e anos tratar o assunto e, também, em decorrência da falta de consciência da própria população.

Somos sabedores que é comum o descarte de lixo nas calçadas e no meio das ruas, resultando no entupimento de bueiros e no consequente alagamento das vias.

Como visto nas fotos abaixo que foram publicadas pelos internautas nas redes sociais, ruas e avenidas, principalmente na área comercial, ficaram cheias. Carros e motocicletas estacionadas foram arrastados e algumas lojas e residências invadidas pelas águas.
Sempre que isso acontece ressurgem as mesmas indagações: Afinal, de quem é a culpa e o que é preciso fazer para que esse pesadelo não volte a acontecer?

No que tange aos nossos políticos, descer do palanque, unir as forças, cessar as falácias e agir de fato já seria um ótimo começo, pois, na prática, Bacabal não tem tido de absolutamente ninguém a atenção merecida.

Deputado federal Alberto Filho integra comitiva que foi à China tratar sobre a retomada da exportação da carne brasileira


Deputado Alberto Filho (terceiro da esquerda para a direita) é o único parlamentar maranhense a fazer parte da comitiva oficial que foi ao país asiático.
Com o objetivo principal de garantir o retorno da parceria entre Brasil e China na exportação da carne brasileira que estava suspensa devida a operação “Carne Fraca” que apura várias denúncias contra empresas fornecedoras de carnes e derivados, uma comissão de parlamentares brasileiros viajou até a China para negociar com o governo daquele país a imediata retomada da compra de carne vinda do Brasil, durante vários dias estão sendo realizadas inúmeras reuniões e encontros para se debater o assunto, parlamentares do Brasil, entre eles o bacabalense Alberto Filho (PMDB-MA), fizeram apresentações sobre a qualidade da carne brasileira.

China decide voltar a importar carne brasileira

A boa notícia veio nesta segunda-feira (27) quando o governo Chinês resolveu acatar os argumentos dos deputados brasileiros e confirmou que irá suspender os embargos da compra de carnes e derivados de origem brasileira o trouxe alivio para o mercado desses produtos que movimenta R$ 167,5 bilhões por ano e gera 7 milhões de empregos.
Reunião da comitiva de parlamentares brasileiros com autoridades chinesas.
O setor produz 9,5 milhões de toneladas, sendo 7,6 milhões destinadas ao mercado interno e 1,8 milhão exportadas para mais de 140 países, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A comercialização de carne bovina cresceu 737% em 14 anos, passando de US$ 779 milhões, em 2000, para US$ 6,4 bilhões em 2014. Não é correto nem prudente generalizar o ocorrido, pois existe um rígido controle para a exportação desses produtos, ocorrendo a mesma rigidez na recepção dos mesmos nos países de destino.

Para Alberto Filho, único parlamentar maranhense que faz parte da comitiva, essa decisão é fundamental para manter o crescimento do mercado de carne bovina e de seus derivados no Brasil. “Estamos satisfeitos por ter ajudado nosso pais a ter de volta a confiança dos importadores dos nossos produtos, e tenho certeza que em breve tudo isso será esclarecido e todo mercado mundial voltara a consumir a melhor carne do mundo, a carne brasileira”, disse o deputado que permanece na China aonde cumpre agenda oficial pela Câmara dos Deputados.

domingo, 26 de março de 2017

Consumir sal em excesso traz riscos à saúde



O consumo de sal (cloreto de sódio) está cada vez maior, este excesso pode trazer sérios danos à saúde, como por exemplo a hipertensão e cálculo renal. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o consumo de sal seja de até 5g por dia, porém os brasileiros estão consumindo o dobro da quantidade recomendada.

Algumas medidas devem ser adotadas para diminuir esse consumo, como retirar o saleiro da mesa, diminuir o consumo de produtos industrializados e prontos para consumo, como nuggets, lasanhas congeladas e embutidos (salsicha, linguiça, presunto) e caldos prontos, e passar a utilizar mais temperos naturais.

Consulte um nutricionista e descubra quais ervas podem substituir o sal de mesa para melhorar sua saúde e prevenir a Hipertensão.

Sigam no Instagram: @nutricionistaanaelzacosta
(99) 99210-5289 / 3621-7780


sábado, 25 de março de 2017

MISSA DE 1 MÊS


Familiares de Ricarte de Normandia Rodrigues de Castro, 51 anos, conhecido como "Viega", comunicam que a Missa de 1 mês da passagem de sua morte será celebrada neste sábado (25), às 19 horas, na Igreja São Francisco, em Bacabal.

LEIA TAMBÉM:

Morre Viegas, pintor que lutava contra o câncer

sexta-feira, 24 de março de 2017

A SAGA DOS DOIS GAÚCHOS: Bacabal, onde todo forasteiro ganha moral


Foto da internet.
Informações atualizadas

O blog não tem conhecimento se alguma das supostas vítimas tenha registrado algum boletim de ocorrência ou se confirma o que desde quinta-feira (24) se comenta na cidade de Bacabal. Me refiro a Churrascaria Gaúcha, localizada na Praça Catulo da Paixão Cearense e uma das mais frequentadas.

Segundo setores da imprensa local, Carlos Sabadin - natural de Constatina, Rio Grande do Sul - proprietário do estabelecimento, desapareceu da cidade da noite para o dia deixando fornecedores no prejuízo.

No entanto, o blog manteve contato com ele que negou ter saído da cidade às escondidas. Carlos relatou que permaneceu à frente da churrascaria como gerente, mas, porém, as obrigações com  fornecedores é de responsabilidade do verdadeiro proprietário que é seu sogro e, inclusive, já negocia sua venda.

Carlos também informou que o pagamento dos funcionários foi acertado para até o final do mês de março, mesmo o estabelecimento já estando fechado. Ele alega que deixou Bacabal para buscar emprego em outra cidade e, que, em nenhum momento, pensou em causar prejuízo aos fornecedores ou a quem quer que seja.

Artigo

Diante da repercussão do caso o cantor e compositor bacabalense Zé Lopes, por exemplo, escreveu um artigo em que diz ter testemunhado muitos casos semelhantes e critica a forma com que as pessoas de fora são tratadas em detrimento aos filhos da terra. (leia baixo).

Estou em Bacabal e nada de novo no front. A cidade esburacada, pessoas descontentes, muita reclamação e tudo d'antes como no Quartel de Abrantes. O povo hospitaleiro, muitos amigos revistos, e ..... o trivial sem nenhuma variação.

Aproveitando uma carona do meu amigo Osvaldino Pinho, cheguei ontem a noite, viagem cheia de chuva. O objetivo da minha vinda foi para resolver uns problemas imobiliários da família, coisas cartoriais, documentos, assinaturas, reconhecimento de firma e coisas afins.

A noite pude ver o quanto Bacabal parou no tempo, ou melhor, retrocedeu. As ruas escuras e vazias, um silêncio de doer os ouvidos, as casas trancadas e um ou outro carro com seus faróis acesos, sem um destino certo.

Depois do futebol dei uma volta rápida com meu sobrinho Raimundo Máximo, os bares vazios, passamos em todos que funcionam na quinta-feira, aportei no bar do Luizão onde encontrei o meu amigo, o autônomo Geraldo Albuquerque bebendo com outro amigo, o apresentador de TV e locutor de Rádio José de Ribamar Gomes, o famoso Jota Erry, o garotinho do bigode de ouro.

Conversamos por um bom tempo, em meio ao som que vinha da casa do lado, onde a Fofa do Forró e seu esposo Rikelmy, tocavam e cantavam os enfadonhos sucessos do momento cheios hás, uis, ais, ôis, ôôô. tá,tá,tá e outros lepos.

Tudo convergiu para que lembrássemos de um Bacabal de uma vida noturna fluente, segura, atrativa, com muitas casas que funcionavam e estavam sempre cheias. Falamos de nomes, professores, doutores, atletas, artistas e mais, muito mais personagens que fizeram a historia de Bacabal e que hoje a própria cultura fez questão de enterrar a história e estórias do próprio autor.

E é sobre esse esquecimento que eu quero falar, ou melhor, sobre a moral que se dá a quem chega aqui aventurando. O final dessa historia é sempre a mesma, o raio caindo duas vezes no mesmo lugar, e o "otário" continua sendo os filhos da terra que tanto querem um apoio e nada conseguem.

Lembro aqui agora de um mineiro que veio para botar uma churrascaria na extinta EXPOABA - Exposição Agropecuária de Bacabal, e como era bom no que fazia, ganhou o apelido de Gaúcho Falso. Gostando do mercado, mudou-se para a cidade onde tocou seu comércio de forma séria, fez um bom nome, mas lhe enganaram, trocando em miúdos, muitos compraram fiado e não lhe pagaram e ele teve que mudar de praça, e em um acidente, perdeu a sua vida.

Saí agora pela manhã e aproveitei para pesquisar junto a amigos que encontrava, nomes de Zés bacabalenses, já que estou compondo uma canção falando deles. Resolvi fazer uma visita ao meu amigo, agora Secretário Municipal da Cultura, o poeta Paulo Campos, e ao chegar na praça me deparei com o comerciante Jean que ligava para toda a imprensa dando conta de que o Gaúcho, que alugara seu estabelecimento para botar uma churrascaria, tinha anoitecido mas não tinha amanhecido, como se diz em Bacabal, "Tirou pra fora", deixando todo mundo no prejuízo.

O que acontece em Bacabal, é que todo forasteiro ganha moral, ostenta riquezas aos olhos complacentes das autoridades e, os pobres filhos que aqui querem vencer, são rechaçados. Isso é um fato, diuturnamente vê-se isso nas redes sociais e ninguém toma nenhuma providência.

Policiais, amigos, imprensa, agora estão todos lá, mas pra fazer o que? Essa saga de ganhar dinheiro e sair no cagar dos pintos com a mala cheia, é uma máxima na vida de Bacabal e comparando os dois Gaúchos pude ver quanto antagonismo.

O Gaúcho Falso era verdadeiro e o Gaúcho verdadeiro, esse sim, é falso. Mas Bacabal está à espera do próximo. O final nós já sabemos.

Zé Lopes

ABEJ: Empresa responsável por Processo Seletivo para estudantes esclarece que não tem ligação com dupla de golpistas que lesou idosos em Bacabal


Equipe responsável pela distribuição do material de divulgação da ABEJ e o veículo utilizado para percorrer a cidade, diferente da cor e modelo utilizado pelos golpistas.
A ABEJ - Associação Brasileira de Encaminhamento ao Jovem - esclarecer sobre o assunto que está circulando com o nosso material (panfleto abaixo) nas redes sociais na cidade de Bacabal, que não temos nenhuma participação com essa dupla que se faz passar por funcionários do Armazém Paraíba para aplicar golpes.

A ABEJ repudia esse e qualquer tipo de fraude e enganação. Queremos deixar claro que somos uma empresa séria e de responsabilidade com mais de 10 anos no mercado de trabalho.

Agradecemos a Bacabal por nos acolher de braços aberto.

Reforçamos também o convite a população, que o Processo Seletivo será neste Sábado dia 25/03, na Escola Casimiro Soares (Minhocão).
ENTENDA O CASO:

Dupla se faz passar por funcionários do Armazém Paraíba para aplica golpe em idosos, em Bacabal

quinta-feira, 23 de março de 2017

QUEBRA CHICO! Cantor Byzyl presta homenagem a fã assassinado em Bacabal


Um vídeo postado pelo cantor Byzyl nas redes sociais deixa evidente o carinho e a atenção que os amigos e colegas dedicavam a “Chico Papelão”, morador do Parque Manoel Lacerda, em Bacabal.

Como todo fã que se preza ele era presença certa nos shows da banda bacabalense Beijo Quente e, da mesma forma, passou a fazer após o vocalista Byzyl decidir seguir carreira solo.

Foi numa dessas apresentações que o cantor demonstrou reciprocidade. Cantando o “Quebra Chico” ele fez o público requebrar seguido os passos de Francisco Vieira dos Santos, verdadeiro nome de "Chico Papelão", de 30 anos, que nesta quarta-feira (22) foi covardemente assassinado durante tentativa de assalto nas proximidades da agência do Banco da Amazônia, na rua Getúlio Vargas, centro de Bacabal.
Seu corpo foi velado na residência dos pais e sepultado na tarde desta quinta-feira (23) no Cemitério da Mangueira.

Ficou a tristeza, mas também recordações como essas imagens que eternizarão a alegria que a vítima transbordava quando estava na companhia de pessoas boas como ela.

ENTENDA O CASO:

Homem morre durante tentativa de assalto, em Bacabal

Mulher que confessou matar companheiro a facada em Bacabal tem prisão decretada


A Justiça decretou e a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio de agentes da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, efetuou no final da tarde desta quinta-feira (23), a prisão de Valdenizia Matos dos Santos, acusada de matar a facada seu companheiro Francisco das Chagas, conhecido como “Chico Mingau”, crime ocorrido na noite do dia 18 de fevereiro desse ano, na avenida Dom Bosco, bairro Novo Bacabal, na residência do casal.
Quatro dias após cometer o crime, Valdenizia, acompanhada do seu advogado, prestou depoimento e, em segunda, seguiu para sua residência em um táxi, entretanto, foi seguida por conhecidos da vítima que ameaçavam lhe agredir fisicamente.

Temendo o pior, ela desceu do veículo e invadiu a recepção do Pronto Socorro Municipal onde permaneceu aguardando a chegada da polícia. REVEJA.
Confissão

Neste mesmo dia a acusada confessou a autoria do crime, mas alegou legítima defesa. Ela respondia ao processo em liberdade.

Com a prisão desta quinta-feira deverá ser encaminhada ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Ao ser levada para a viatura, Valdenizia Matos foi ouvida pelo repórter Romário Alves, o "menino de ouro" que não perde um detalhe. 
No programa Bandeira 2, a partir das 6h15 desta sexta-feira (24), você terá a reportagem completa.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...