Páginas

Palestra

Palestra

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Moradora de Bacabal é vítima do golpe do falso sequestro; bandidos chegaram a pedir R$ 10 mil pelo resgate da filha

Nesta quarta-feira (23), a jovem bacabalense Lúh Mendes, de 24 anos, que há alguns anos mudou-se para o Estado de Santa Catarina, foi surpreendida com a informação que sua mãe, uma senhora de 50 anos de idade que continua residindo em Bacabal, havia sido mais uma vítima dos “telegolpista”. Bandidos que aplicam o golpe do falso sequestro, geralmente de dentro dos presídios espalhados pelo Brasil afora.

Por volta das 10 horas, ela atendeu a ligação que ocultava o número do telefone de onde partia a chamada. Do outro lado da linha um homem que dizia ter seqüestrado sua filha e que pedia R$ 10.000,00 (dez mil reais) pelo resgate.

Em seguida,iniciou uma série de ameaças, pressões e insultos que caracteriza esse tipo de diálogo. Como na maioria desses casos, a vítima que é mãe da jovem bacabalense também ouviu uma voz chorosa pedindo socorro e dizendo: "Mãe eles me pegaram".

Em geral, a pessoa, na tentativa de se certificar se é sua filha (ou filho) que está falando, acaba revelando seu nome. Imediatamente, o bandido entra na linha e redobra as ameaças.

Para conseguir os números das vítimas, os presos se valem de listas telefônicas, agendas de telefones celulares roubados, números anotados atrás de cheques igualmente roubados, ou até mesmo aleatoriamente.

"A capacidade de manipulação dos criminosos é tamanha que, a polícia de São Paulo já recebeu queixas de famílias inteiras que se hospedaram em hotéis por imposição dos bandidos", diz Youssef Abou Chahin, diretor do Deic. Depois de anunciar o falso sequestro de um parente, os criminosos ordenam que os familiares se dirijam a um hotel sob o argumento de que precisam se certificar de que ninguém entrará em contato com policiais. No hotel, a família é orientada a usar apenas o aparelho telefônico do quarto. Só então os bandidos dão início à negociação do resgate do parente supostamente sequestrado.

Eles falam rápido para confundir as vítimas, ligam de normalmente de madrugada, quando as pessoas estão com a capacidade de discernimento alterada, e falam na terceira pessoa do plural, de maneira a mostrar que não estão agindo sós.

Segundo uma ampla reportagem feita pelo jornalista Wanderley Preite Sobrinho e publicada na Revisa Veja, há duas explicações para o fato das pessoas caírem no golpe.

A primeira é que, por menos aceitável que pareça a conversa dos bandidos, para uma enorme parcela dos brasileiros ela está longe de soar como ficção.

A outra explicação tem origem na tortura psicológica imposta pelos bandidos. Eles afirmam às vítimas estar de posse de seus filhos ou, então, cônjuges. 

"São as pessoas com quem temos laços afetivos mais profundos", diz o psiquiatra Eduardo Ferreira Santos, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas e coordenador do Grupo Operativo de Resgate da Integridade Psíquica (Gorip). "A possibilidade de perdê-los faz com que as pessoas entrem no que, cientificamente, chamamos de estreitamento do campo de consciência", afirma. O estado de desorganização mental que se segue a uma notícia de acidente ou sequestro do filho ou cônjuge, diz o psiquiatra, faz com que a vítima entre em um estado de "quase-hipnose.

No caso que ocorreu ontem (23) em Bacabal, apesar do susto e do trauma que fica, felizmente a vítima avisou o esposo que logo percebeu que se tratava de um golpe. Mas como se observa, o raio de ação das quadrilhas especializadas nesta modalidade de crime já se expandiu para as cidades menores. Toda atenção é pouca.

Presidente do PT classifica Flávio Dino de incoerente e oportunista eleitoral

O presidente da Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Raimundo Monteiro, classificou o candidato da coligação "Todos pelo Maranhão", Flávio Dino
(PCdoB), de incoerente e oportunista na disputa eleitoral. Ele analisou o fato de Dino ter admitido - somente agora - que não irá pedir votos para Dilma Rousseff (PT) e mesmo assim, tentar passar a impressão para o eleitor de que a presidente da República estará em seu palanque político. Monteiro assegurou que o PT desautorizou Flávio de usar o nome da sigla e imagens da Dilma em um de seus comitês de campanha, situado na Beira-Mar, e repudiou a tática do comunista, que, segundo ele, tem o objetivo apenas de confundir o eleitorado maranhense.
Flávio Dino tem aliança com o senador Aécio Neves (PSDB) e com Eduardo Campos (PSB), os dois principais e mais agressivos adversários da presidente Dilma na eleição 2014. Mesmo assim, o comunista "divulga" no interior do estado que tem o apoio do PT - oficialmente coligado ao candidato Lobão Filho (PMDB) - e de Dilma Rousseff. A postura de Flávio foi duramente criticada pelo presidente do PT no Maranhão.
Monteiro afirmou que, além de incoerente, Dino é oportunista e trilha um caminho equivocado na política. Levou em consideração, principalmente, o fato de o adversário de seu grupo ter afirmado em entrevista ao blog do Noblat que não pedirá votos para a candidata petista. Lembrou que além de tentar se aproveitar indevidamente da imagem de Dilma, Flávio fez parte de sua equipe de governo, mas depois aderiu à campanha de Aécio Neves.
"Nós, que fazemos o PT no Maranhão, achamos uma postura no mínimo incoerente do Flávio Dino. Ele foi membro do governo [na condição de presidente da Embratur], usufruiu do PT, mas fechou aliança com o PSDB, admite que não fará campanha para Dilma e ainda tenta utilizar a imagem do PT em seu palanque", afirmou.
Monteiro repudiou a postura do comunista e disse lamentar que o candidato que defende a bandeira do "novo e da mudança", tenha escolhido adotar as práticas da velha política, as quais ele tanto condenou, para tentar se eleger governador do Maranhão.
"Ele se diz o candidato mais avançado no Maranhão. No entanto, se liga justamente ao grupo mais atrasado do Brasil, hoje comandado pelo PSDB. Ele, por exemplo, considera o grupo Sarney um atraso, mas sabe que é o que está com a presidente Dilma, por meio do qual ocorre, inegavelmente o maior desenvolvimento do Brasil. Ou seja, Flávio Dino não consegue sustentar o seu discurso e apenas se contradiz a cada momento. É difícil entende-lo", ponderou.
Para Monteiro, o fato de Flávio Dino ter admitido não votar em Dilma é mais uma prova de que o PT não reconhece a sua candidatura. "O PT tem uma aliança nacional com o PMDB e está coligado com Lobão Filho. Flávio Dino sabe disso e mesmo assim tenta utilizar o nome do PT. Essa é mais uma atitude incoerente dele", completou.

Comitê pró-Dino é clandestino

presidente do Partido dos Trabalhadores no Maranhão, Raimundo Monteiro, desautorizou Flávio Dino a utilizar o nome da sigla e as imagens da candidata do partido, presidente Dilma Rousseff (PT) em seu comitê de campanha. Para ele, o comitê inaugurado pelo comunsita é clandestino.
Flávio Dino inaugurou ontem comitê na Avenida Beira-Mar que leva a imagem e o nome da presidente da República. O PT está oficialmente coligado com o PMDB do senador Lobão Filho, candidato a governador da coligação "Pra Frente, Maranhão", que reúne 18 partidos políticos.
"O PT não reconhece aquele comitê de campanha e não autorizou Flávio Dino a se utilizar do nome do partido ou da imagem de nossa candidata. Aquele comitê não é do PT, não faz parte de nossa campanha e não tem a nossa identidade", afirmou.
Ele explicou que a coligação "Pra Frente Maranhão" já ingressou com ação na Justiça Eleitoral para pleitear o desmonte do comitê de Dino que leva o nome do PT e de Dilma e afirmou que aguardará a decisão.
"Estamos acompanhando esse processo e esperamos que o quanto antes seja resolvido”, disse.

Mais

Para justificar o fato de não pedir voto para Dilma Rousseff, Flávio Dino citou um "acordo" que possibilitaria a sua neutralidade na disputa nacional. Ele não explicou, no entanto, as partes que viabilizaram esse acordo. Desta forma, ele pretende ceder palanque para Aécio Neves e Eduardo Campos e utilizar a imagem de Dilma em seu material de campanha sem se comprometer com nenhum dos presidenciáveis. (O Estado).

HUMOR NA NET: Flagrante da dura vida do trabalhador brasileiro

video

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Flavio Dino recebe Carta reivindicatória e de propostas em prol de Bacabal; o documento foi entregue por vereadores, militantes partidários e representantes de classes

Pelos menos quatro, dos dezessete vereadores de Bacabal, já declaram publicamente apoio à candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Maranhão. Supõe-se que outros quatro estão fazendo o mesmo, porém, só nos bastidores.

Nesta terça-feira (22) Fernando Sousa (PP), candidato a deputado estadual, e seus colegas edis Rogério Santos (PPS) e Reginaldo do Posto (PPS) estiveram em São Luís na companhia de alguns militantes da sociedade civil organizada, sindicatos, e membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão.
Durante um encontro que aconteceu no Comitê Central da Coligação “Todos Pelo Maranhão” foi entregue nas mãos de Flávio Dino uma carta reivindicatória e com propostas que visam beneficiar Bacabal em seu eventual governo.

Na sua fala o médico Fernando Sousa fez um relato ponderado e sincero do atual quadro de Saúde de Bacabal. Lamentando especificamente a situação deplorável em que a gestão Estadual fez com relação ao Hospital Regional Laura Vasconcelos, demolindo-o por completo.

Segundo os membros da comissão que foi à nossa capital, Flávio Dino garantiu que ao chegar se eleger, Bacabal terá um melhor tratamento, não só na Saúde, mais em toda sua infraestrutura.

EM TEMPO: Além dos três vereadores que estiveram em São Luís nesta terça-feira, Gilmar Reis (PSB) também declarou publicamente apoio à Flávio Dino.

Ações sociais desenvolvidas e apoiadas por Giselle Velloso beneficiam população carente de Bacabal

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de mulheres em disputa por algum cargo nas eleições gerais deste ano é 46,5% maior do que no último pleito, ocorrido em 2010. No universo de quase 25 mil candidatos em todo o Brasil, 7.407 são do sexo feminino, representando 29,73% do total de concorrentes em 2014.

O aumento da participação feminina na política brasileira é uma causa defendida e incentivada pela Justiça Eleitoral. Em março de 2014, o TSE lançou, com o apoio do Congresso Nacional, a campanha “Mulher na Política”. Pois além de puder contribuir ocupando cargos eletivos, as mulheres também têm cada vez mais assumido papéis de destaque em vários setores da nossa sociedade.

São empresárias, executivas, gerentes de bancos e lojas, jornalistas, professoras, médicas, engenheiras, juízas, advogadas, e tantas outras importantes funções.

No Maranhão, mais precisamente em nosso município, não é difícil encontrarmos exemplos de empreendedoras que já demonstraram reunir condições intelectuais e vigor físico para assumir qualquer desafio.

Para não ser injusto com essas guerreiras, citarei apenas o caso da jovem empresária Giselle Velloso, que mesmo tendo que dividir seu tempo entre os empreendimentos da família e as aulas na universidade, ainda encontra espaço para praticar ações sociais que visam proporcionar bem estar e melhorias da qualidade de vida nas comunidades carentes de Bacabal.

Através das associações de moradores, clubes de mães, movimentos culturais, desportistas, grupos de jovens, de idosos e religiosos, essas ações sociais têm sido feitas.

No álbum de fotos abaixo é possível comprovar alguns dos importantes eventos que há mais de dois anos são organizados ou contam com a contribuição de Giselle Velloso. Já foram tantos que a própria imprensa chegou a especular que a empresária seria candidata a deputada nestas eleições, o que de imediato causou ciumeira entre alguns políticos locais.

Mas o fato é que desde o princípio ela sempre fez questão de garantir que não é esse o objetivo, mesmo não descartando no futuro disputar algum cargo público, o que é direito de todo cidadão.

Grupo com mais de 100 lojas no país vai inaugurar uma unidade em Bacabal; interessados em uma vaga de emprego já podem enviar curriculum

Prevista para inaugurar em Bacabal uma das suas unidades no início de dezembro deste ano, a rede de moda Avenida já conta com mais de 105 lojas espalhadas pelas principais cidades do país. Sempre preocupada em surpreender e encantar o seu cliente, ela segue de perto todas as principais tendências da moda mundial.

Moda masculina, feminina, infantil, calçados, artigos de cama, mesa, banho e decoração: a Avenida oferece tudo isso com muita qualidade, com os melhores preços e as melhores condições de pagamento.
A unidade de Bacabal irá funcionar neste prédio (foto acima) anexo ao Bacabal Shopping. Para se ter uma ideia da grandiosidade deste investimento em nossa cidade e que faz parte da expansão da empresa para a região nordeste, a loja ocupará os três pavimentos.

Criado no Mato Grosso o grupo do ramo de roupas, sapatos, e decorações oferecerá aos seus futuros clientes um ambiente amplo climatizado e com escadas rolantes.

De acordo com a loja, serão gerados aproximadamente 40 empregos diretos e a outra boa notícia é que os interessados em uma das vagas já podem enviar curriculum para: curriculo@lojasavenida.com.br ou clique aqui e preencha seus dados.

Assista abaixo uma das recentes campanhas publicitárias da loja que tem como garoto propaganda o apresentador da Rede Record, Rodrigo Faro.

terça-feira, 22 de julho de 2014

TRE-MA julgou irregular e indeferiu registro de candidatura de Regilda Santos a deputada estadual

Vereadora Regilda Santos, presidenta da
Câmara Municipal de Bacabal
Desde a última quinta-feira (17) a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão julga pedidos de registros de candidaturas relativas às eleições 2014.

Segundo regulamenta a legislação eleitoral, para julgar registros de candidaturas e de impugnações não é necessário publicar pauta no Diário da Justiça Eletrônico.

Na sessão do TRE realizada na tarde desta terça-feira (22) o Registro de Candidatura nº 218-55.2014.6.10.0000 que tem como relator o desembargador Clodomir Sebastião Reis e como requerente ao cargo de deputada estadual Regilda dos Santos Correa (PSD), foi indeferido, ou seja, julgado não regular por não atender as condições necessárias para o deferimento do registro.

Entretanto, a candidata pode interpor recurso contra essa decisão e aguardar julgamento por instância superior.

Na primeira sessão ocorrida no dia 17, foram deferidos (julgados regular, com dados e documentação completos, já apreciados pelo juiz eleitoral) os registros de candidatura os de Flávio Dino de Castro e Costa (governador), Carlos Orleans Brandão Júnior (vice-governador), Roberto Rocha (senador), Pinto da Itamaraty (primeiro suplente de senador), Paulo Henrique Campos Matos (segundo suplente de senador); e dos deputados estaduais Janio Ferreira Abreu, Jesuino Cordeiro Mendes Júnior, Emerson William Correia Neves, Francisco Agnaldo Monteiro, Glalbert Nascimento Cutrim, Ana de Nazaré Pereira Silva Macedo Mendonça, Gracilene Socorro Guterres e Mari Santa Costa Ribeiro.

A qualquer momento novas informações...

Jovem sofre com obesidade e já ultrapassa 300 kg; família de Caxias pede ajuda

Até certo tempo atrás o jovem Ronaldo Rodrigues, 25 anos, levava uma vida normal. Costumeiramente ele era visto ajudando o irmão em uma banca de camelô montada próximo aos Correios. Ele gostava de passear de moto, curtir os finais de semana com os amigos e claro, trabalhar. Hoje, isso não pode mais acontecer.
Ronaldo sofre de Obesidade Mórbida. Ele que pesava cerca de 140 Kg, hoje está com mais de 300 Kg e impossibilitado de andar, ou sair de casa em busca de ajuda.
“A Obesidade mórbida ocorre quando o peso de uma pessoa ultrapassa o valor 40 no índice de massa corporal”. Essa disfunção atinge 35% da população adulta no Brasil. A doença pode ser relacionada a diferentes problemas no ser humano, cuja gravidade pode colocar a vida do paciente em risco.
Por causa dos seus mais de 300 Kg Ronaldo apresenta um quadro de inchaço (edema) muito grave no corpo e muita musculatura em massa magra, o que significa dizer que seu problema está mais suscetível a pressão contida no corpo que acaba prejudicando a circulação sanguínea.
Por conta da gravidade da doença o jovem vive praticamente deitado em uma cama de casal. Ele sente dificuldade para respirar. Até mesmo para fazer necessidades fisiológicas depende da ajuda da mãe, dona Terezinha. Outra preocupação é para que as lesões não transformem em necroses.
Ronaldo diz que já buscou atendimento na rede pública de saúde do município, mas, reclama que o máximo que recebeu foram doses de dipirona e não há leitos apropriados para este tipo de caso, o que fez com que ele retornasse para casa à espera de um milagre.
Mesmo com a obesidade, a última vez que tentou andar, Ronaldo acabou fraturando o pé. Para que ele fosse levado para o HGM, foi montada uma uma megaoperação, com viaturas do SAMU e Corpo de Bombeiros, cerca de 12 pessoas para socorrê-lo por conta do peso.
O rapaz mora com a mãe e o pai que é cadeirante em uma casa alugada na Rua Santa Luzia, no bairro Tamarineiro, em Caxias, e agora a única maneira de manter-se vivo é com a ajuda da sociedade por que os Poderes Públicos até o momento não se mobilizaram a favor da questão.
A mobilização gira em torno da solidariedade das pessoas. Quem se mostrar interessado em ajudar o rapaz devem entrar em contato pelos telefones: (99) 8144-7649 e (99) 8800-8910. Ronaldo no momento necessita de uma cama nova, lençóis, produtos de higiene pessoal, pomadas para assaduras, talco, cestas básicas para manter a família e de algum profissional de saúde que possa intervir no caso. (informações do Portal Noca).

VENDEDOR DE ILUSÕES! Organizador de quadrilha junina vende 'título de madrinha' para a cidade inteira; teve candidata que deu piti e reclamou

Por coincidir com praticamente o mesmo período da Copa do Mundo as festividades juninas de 2014 não tiveram a grande repercussão de anos anteriores. Apesar disso, não faltou animação nos arraiais realizados no Centro Cultural e em muitos bairros de Bacabal.

Aproveitando que este ano também é eleitoral, alguns promotores de eventos voltaram a bater na porta dos políticos e, é claro, foram recebidos de braços abertos e com um largo sorriso no rosto que, dizem, ia de uma orelha à outra.

Sabedor que milagres como esses só voltarão a acontecer em 2016, uma dessas pessoas usou de sua esperteza e fez com os políticos o que eles constantemente fazem com seus eleitores, ou seja, enganam.

Na expectativa que a correria de campanha impedisse que certos candidatos fossem a festa de uma tradicional quadrilha junina, o organizador visitou as casas de alguns deles em busca de ajuda financeira para promover o evento. Para absolutamente todos, as juras de amor eram de emocionar, teve até quem chorasse.

Para pelo menos três senhoras (duas delas candidatas) foi dada a honra de ser a madrinha da quadrilha. Chegado o grande dia, para azar do organizador todas estavam no local devidamente sentadinhas ao lado de seus asseclas aguardando o inicio da festa e, é lógico, as homenagens que toda madrinha merece.

Atordoado, o rapaz até que tentou dá uma de Rolando Lero, personagem do humorístico Escolinha do Professor Raimundo interpretado por Rogério Cardoso, porém, não teve jeito.

Após ouvir o locutor encher o peito e solta a voz para citar o nome da verdadeira madrinha da quadrilha, uma jovem senhora que, apesar do pouco tempo casada com um determinado deputado, já herdou sua ignorância, se levantou bruscamente da cadeira e ordenou que seus asseclas também batessem em retirada.

Querendo acalmar os nervos da jovem o organizador quis se justificar, mas ficou ainda pior. Ouviu poucas e boas na frente dos brincantes e do público presente.

Uma das queixas da candidata e ex-quase-madrinha era que teria sido humilhada, se sentindo uma Penetra na festa.

Responsável por empresa de créditos é preso em Bacabal acusado de estelionato e formação de quadrilha

John Cleiton Maia Sousa (foto), de 22 anos, um dos responsáveis pela empresa Reizinha Créditos, que oferece empréstimos a aposentados e pensionistas, localizada no centro de Bacabal, foi preso em sua residência no Bairro da Esperança.

Maria Edite Machado Aguiar, 40 anos, Cleide Soares dos Santos, 40 anos, e o motorista Sebastião Bezerra dos Santos, também foram detidos quando retornavam de Timon-MA, onde haviam ido fazer saques em agências bancárias daquela cidade se utilizando de carteiras de identidade falsas e cartões clonados que foram apreendidos juntamente com a quantia de R$ 4.198,00.

As duas mulheres e o motorista estavam em um Fiat Uno Mille, cor verde, placas MWB 0783 - Alto Alegre do Maranhão-MA.

Já com John Cleiton o Serviço de Inteligência do 15º BPM, comandado pelo Tenente-coronel Egídio Amaral,  encontrou um notebook que também foi apreendido e será periciado, pois há suspeita que nele podem haver dados importantes sobre as transações da suposta quadrilha.
Segundo o comandante, John Cleiton era quem arregimentava os comparsas e infeccionava a documentação falsa utilizada na prática delituosa.

Ainda de acordo com informações da polícia, ele tem um grande valor de bens móveis e imóveis que estão em nome de terceiros, como, apartamentos, carros, casas, fazendas, gados e etc.
John Cleiton também está sendo acusado de tentar subornar os policiais que efetuaram sua prisão. Assista abaixo imagens exclusivas registradas após as prisões dos acusados.
A qualquer momento novas informações...

Oportunidade de emprego!

A empresa BMO - Marketing e Pesquisa - está precisando de pessoas para trabalhar com pesquisas de opinião. As pessoas (ambos os sexos) interessadas devem ter o segundo grau completo e disponibilidade para viagens.
Enviar curriculum para o email: natinhobrito@Hotmail.com ou entrar em contato pelos fones (99) 8100-1540 - Natinho Brito ou (99) 8124-3350 -Maria José.

Vice-prefeito 'Gatinho' é vítima de falsos vendedores de espetinhos que agiam em micareta

Telmo Ribeiro, um dos acusados
Eliezer Gatinho Arouche Santos, o Lele Arouche, 29 anos, vice-prefeito da cidade de São Vicente de Ferrer-MA, teve seu aparelho celular furtado na sexta-feira (18) quando parou para lanchar em uma das barracas de espetinhos montadas no Centro Cultural, na parte externa onde acontecia o Bacabal Folia.

O aparelho desapareceu de cima da mesa em que o político estava lanchando acompanhado de outras pessoas. Curiosamente, no domingo (20), último dia do evento, Lele Arouche foi abordado por dois homens posteriormente identificados como Telmo Ribeiro Louzeiro, de 39 anos, e  Francisco  Chaves de Sousa  Morais, de  33  anos.

A dupla alegava ter informações de onde estaria o celular que havia sido furtado, mas que pela informação cobraria R$ 400,00 (quatrocentos reais). Após aceitar a proposta a vítima acompanhou os dois até o estacionamento. Ao adentrar em um veículo Pick-up cabine dupla, Lele Arouche reconheceu seu aparelho celular, mas também estranhou que no local havia outros.

Desconfiado, o vice-prefeito acionou o delegado Carlos Alessandro e uma guarnição da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana que veio da capital dar suporte as polícias Militar e Civil, em Bacabal, durante os três dias de festa.

Na delegacia Telmo Ribeiro Louzeiro e  Francisco  Chaves de Sousa  Morais deram justificativas que não convenceram. Em posse dos mesmos foram encontrados dois aparelhos celulares que eles não souberam dizer a procedência, e a quantia de R$ 3.841,75 (três mil oitocentos e quarenta e um reais e setenta e cinco centavos) que, segundo a dupla, era fruto da venda de espetinhos.
Vítima (de camisa laranja) registrando B. O.
Acusados confabulando na delegacia
Celulares encontrados com os acusados
Veículo usados pelos acusados

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Nataniel Farias Filho, que teve corpo queimado pela namorada, foi sepultado em São Luís

Depois de ser velado por parentes e amigos na Central dos Velórios, em nossa capital, o corpo de Nataniel Farias de Aguiar Filho, morto neste domingo (20), foi sepultado hoje (21) no Jardim da Paz, Bairro Anil.

Nataniel Farias estava internado em estado gravíssimo em uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Dr. Clementino Moura - Socorrão II, em São Luís, desde o último dia 7 de julho após ter 80% do corpo queimado.

Sua namorada, identificada como Marcela Martins Silva, é a principal acusada de ser a pessoa que jogou gasolina e ateou fogo na quitinete em que o casal morava.  Nataniel, 41 anos, dormia no quarto e sofreu queimaduras de 1º, 2º e 3º graus.

A acusada se apresentou à polícia, na manhã da sexta-feira (18), em São Luís. Marcela Silva chegou à acompanhada por seu advogado.

Segundo o delegado titular da Delegacia da Cidade Olímpica, Dissivaldo Gonçalves, Marcela negou o ato.

“Ela se apresentou e negou o ato, mas as provas colhidas indicam que foi ela. A vitima ainda contou para o irmão que Marcela estava lá e que a viu correndo após ter tocado fogo", afirma.

Ainda segundo o delegado, o inquérito só estará pronto a 30 dias, mas tudo indica que a prisão preventiva de Marcela possa acontecer antes, caso mais provas do caso sejam encontradas.

Entenda o caso:

Mulher que queimou o namorado vivo se apresenta a polícia. vítima tem familiares em Bacabal

Publicidade

Publicidade